Dourados – MS sábado, 08 de maio de 2021
Dourados
26º max
12º min
Mundo

'Exército vai fiscalizar conclusão do metrô de Salvador

24 Mar 2011 - 19h15
Trens do metrô de Salvador foram instalados em agosto do ano passado, mas nunca circularam com passageiros - Crédito: Foto: Mila Cordeiro/AgecomTrens do metrô de Salvador foram instalados em agosto do ano passado, mas nunca circularam com passageiros - Crédito: Foto: Mila Cordeiro/Agecom
A obra de conclusão do metrô de Salvador deve ser fiscalizada pelo Departamento de Engenharia e Construção do Exército, segundo informações da Casa Civil da Prefeitura Municipal de Salvador. O acordo foi anunciado durante uma reunião de João Leão, secretário da pasta, com o general de divisão Rosalvo Leitão de Almeida, na tarde desta quinta-feira (24). A corporação militar deve concluir, em 4 de abril, o relatório de auditoria da obra já realizada.

O projeto, iniciado em 2000, está embargado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por problemas na prestação de contas, o que suspendeu o repasse de verbas, que já atingiu cerca de R$ 600 milhões. A malha prevista inicialmente para o transporte era de 12 quilômetros de extensão, mas apenas seis quilômetros foram concluídos até o momento.

De acordo com Leão, o objetivo da participação do Exército é facilitar o encerramento do embargo da obra, na tentativa de garantir que o meio de transporte fique pronto no segundo semestre de 2012. \"O TCU, através do ministro relator Maurício Sherman, determinou que o Exército fizesse uma auditoria e um levantamento detalhado sobre o que foi feito durante a obra do metrô até agora. Esse trabalhou está sendo executado pelo Exército há cinco meses\", disse o secretário municipal.

#####Contrato em 30 dias
O próximo passo, ainda segundo Leão, é apresentar um contrato para que o Departamento de Engenharia e Construção efetue o acompanhamento da continuidade da obra. \"Tenho 30 dias para fazer isso. Além desse contrato com o Exército, teremos de apresentar um aditivo de contrato para a concessionária Metrosal, responsável pela construção do metrô. Os valores serão computados de acordo com o levantamento feito pela auditoria do Exército. Caso a concessionária não aceite, o Exército assume o restante da obra\", afirmou o secretário da Casa Civil de Salvador.

Segundo a Secretaria de Planejamento (Seplan) da Bahia, a obra do metrô é de responsabilidade das três esferas de poder (município, governo e união). As paralisações ocorridas no curso da obra foram em decorrência da falha de prestação de contas. A proposta é que o Exército assuma a conclusão da obra e o TCU reavalie o embargo da liberação de verbas.

\"A finalização da primeira etapa da obra prevê um gasto de R$ 86 milhões. Os carros estão prontos e nos trilhos, resta fazer a capacitação de pessoal para operacionalizar o metrô, que deve ser feito em conjunto com a Transurb e a CBTU, no Rio Grande do Sul, além da energização da linha, construção das seis estações já previstas e uma sétima parada, em Brotas\", disse João Leão.

De acordo com ele, a participação do Exército estaria direcionada à fiscalização da obra do trecho que já está construído, de seis quilômetros. \"Para a conclusão total da obra, serão necessários mais R$ 460 milhões\", disse o secretário municipal. Segundo ele, a ideia é a de que o metrô seja integrado com outros sistemas de transporte público, como o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) - modelo ainda em discussão -, ou com o BRT (Bus Rapid Transit), também chamado de VLP (Veículo Leve sobre Pneus).

O TCU não se pronunciou sobre a participação do Exército na fiscalização da obra do metrô de Salvador e sobre o embargo da construção. O consórcio Metrosal informou, por meio de nota, que apenas a contratante (Companhia de Transporte de Salvador) pode falar sobre o assunto. O Exército informou que só poderá comentar a participação na obra quando estiver com o contrato de cooperação assinado.

#####Tentativa de funcionamento
Em agosto do ano passado, seis trens do metrô começaram a ser levados para a Estação do Acesso Norte, na Rótula do Abacaxi. Os veículos estavam armazenados em Simões Filho (BA). Cada trem, composto por quatro vagões, tem capacidade para transportar 1.250 passageiros. A estimativa da Companhia de Transporte de Salvador (CTS) era a de iniciar o funcionamento no primeiro semestre de 2011.

O governador Jaques Wagner disse, em seu programa diário de rádio, que é prioridade relacionar os projetos de mobilidade urbana de Salvador aos investimentos para a Copa do Mundo de Futebol 2014. “A participação da Bahia só existirá se condicionada à integração do sistema ônibus, a nova mobilidade urbana e o metrô - que precisa ser completado, porque nós não podemos ter um metrô incompleto, como até hoje ele está”.

#####Problemas recentes na obra
Um dos operários da obra do metrô de Salvador morreu depois de uma explosão ocorrida no local, em fevereiro deste ano. O homem, de 36 anos, foi internado no Hospital Geral do Estado (HGE), na capital, e apresentava queimaduras em mais de 50% do corpo. Outros dois operários ficaram feridos.

O Consórcio Metrosal, responsável pelas obras, informou que as circunstâncias da explosão ainda estão sendo investigadas.

(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19
Saúde

Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19

30/04/2021 18:30
Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19
Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno
Mundo

Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno

26/04/2021 14:12
Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno
Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping
Olimpíada

Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping

15/04/2021 10:00
Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping
Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro
mundo

Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro

14/04/2021 13:15
Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro
Índia tem recorde de casos; Mumbai prepara novo lockdown
COVID-19

Índia tem recorde de casos; Mumbai prepara novo lockdown

14/04/2021 12:03
Índia tem recorde de casos; Mumbai prepara novo lockdown
Últimas Notícias