Dourados – MS sexta, 14 de dezembro de 2018
Anuncie aqui
Anuncie aqui
ONU MULHERES

Estrela de ‘Pantera Negra’ é nomeada embaixadora da ONU Mulheres

05 Dez 2018 - 14h39Por da Redação
Estrela de ‘Pantera Negra’ é nomeada embaixadora da ONU Mulheres - Crédito: Ryan Brown/ONU Mulheres Crédito: Ryan Brown/ONU Mulheres

A atriz e dramaturga Danai Gurira, conhecida por interpretar a personagem General Okoye nos filmes “Pantera Negra” e “Vingadores: Guerra Infinita”, foi nomeada no domingo (2) embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres. A artista vai dar apoio e visibilidade ao trabalho das Nações Unidas em prol da igualdade entre homens e mulheres.

Gurira recebeu o título honorário da Organização durante o Festival Global Citizen Mandela 100, realizado em Joanesburgo, na África da Sul. “Como autora, artista e ativista em busca do empoderamento feminino e da igualdade de gênero, com seu olhar aguçado para os direitos humanos, ela está unicamente qualificada para comunicar e inspirar”, afirmou a diretora-executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka, ao anunciar a nomeação.

A chefe da agência das Nações Unidas acrescentou que a artista é um exemplo influente, tanto em sua vida pessoal quanto profissional. A dirigente disse estar ansiosa para ver Gurira em seu novo papel, impulsionando ações em todo o mundo em favor da igualdade de gênero.

“Minha paixão pelas mulheres e meninas (sempre) foi o foco das narrativas que eu crio, bem como dos papeis que consegui interpretar”, afirmou a atriz, de origem norte-americana e zimbabuense.

“Sempre busquei romper os limites e contar as histórias daqueles que são frequentemente marginalizados e ignorados. Estou muito feliz em me unir à ONU Mulheres para amplificar muitas outras histórias de todo o mundo e para dar voz aos que estão trabalhando incansavelmente para tornar a igualdade de gênero uma realidade.”

A artista foi nomeada embaixadora em meio às atividades da ONU para os 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Neste ano, a campanha tem o tema #HearMeToo (#MeEscuteTambém, na tradução em português), com um chamado de solidariedade e inclusão para as sobreviventes de agressões. Essas vítimas são frequentemente excluídas das discussões sobre gênero e violência na mídia e nas redes sociais.

Na África do Sul, Gurira e Mlambo-Ngcuka vão se reunir com mais de 200 jovens mulheres da Academia Africana de Liderança, a fim de discutir os desafios e experiências das ativistas na instituição. O encontro também vai debater meios para acabar com a violência de gênero.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ganhadores do Nobel da Paz pedem justiça contra abusos sexuais
Nobel da Paz

Ganhadores do Nobel da Paz pedem justiça contra abusos sexuais

10/12/2018 16:30
Ganhadores do Nobel da Paz pedem justiça contra abusos sexuais
Aos 70 anos, Declaração Universal dos Direitos Humanos é mais importante do que nunca
Direitos Humanos

Aos 70 anos, Declaração Universal dos Direitos Humanos é mais importante do que nunca

10/12/2018 13:30
Aos 70 anos, Declaração Universal dos Direitos Humanos é mais importante do que nunca
Pacto Global para Migração da ONU é aprovado por mais de 150 países
Imigração Segura

Pacto Global para Migração da ONU é aprovado por mais de 150 países

10/12/2018 09:10
Pacto Global para Migração da ONU é aprovado por mais de 150 países
Uma campanha mundial procura um tipo raro de sangue para uma menininha de 2 anos
Campanha Mundial

Uma campanha mundial procura um tipo raro de sangue para uma menininha de 2 anos

06/12/2018 10:36
Uma campanha mundial procura um tipo raro de sangue para uma menininha de 2 anos
Cientistas chineses alertam para grande presença de plástico no fundo do mar
Meio Ambiente

Cientistas chineses alertam para grande presença de plástico no fundo do mar

05/12/2018 14:00
Cientistas chineses alertam para grande presença de plástico no fundo do mar
Últimas Notícias