Dourados – MS quarta, 21 de outubro de 2020
Dourados
34º max
21º min
Influx
Mundo

Cochilos de controladores derrubam diretor de tráfego aéreo dos EUA

14 Abr 2011 - 15h35
Hank Krakowski, o funcionário demissionário - Crédito: Foto: APHank Krakowski, o funcionário demissionário - Crédito: Foto: AP
Um funcionário de alto escalão da aviação civil dos Estados Unidos renunciou nesta quinta-feira (14) após uma série de casos nos quais controladores de tráfego aéreo foram encontrados \"fazendo a siesta\" em horário de trabalho em aeroportos de todo o país.

O chefe da Administração Federal de Aviação (FAA), Randy Babbitt, disse que aceitava a renúncia de Hank Krakowski, diretor do gabinete da agência que gere a organização nacional de tráfego aéreo.

Sua saída ocorre após uma série de casos potencialmente perigosos nos quais os controladores de tráfego aéreo cochilavam enquanto os aviões sobrevoavam a região aguardando autorização para pousar, em alguns casos obrigando as aeronaves a aterrissar sem receber instruções da torre de controle.

Durante as últimas semanas, vimos exemplos de conduta antiprofissional por parte de alguns poucos indivíduos que, com razão, fizeram com que o público que viaja questione sobre nossa capacidade de garantir sua segurança\", disse Babbitt em um comunicado.

\"Esta conduta deve parar imediatamente. Comprometo-me a manter o mais alto nível de confiança da população e isso começa com uma forte liderança\", disse.

Babbitt disse que nomeou de forma interina no cargo de Krakowski o assessor principal da FAA, Dave Grizzle, enquanto um substituto é buscado.

\"Seguirei fazendo as mudanças necessárias para garantir que nos concentremos em manter o público que viaja seguro\", disse Babbitt.

A renúncia foi a última das consequências do escândalo provocado pelas \"siestas\" dos controladores aéreos.

A FAA suspendeu um controlador em Boeing Field, em Seattle, por dormir durante seu turno na manhã de segunda-feira.

E em um incidente na terça-feira, no aeroporto internacional Reno-Tahoe, em Nevada, um controlador dormiu enquanto um voo que levava um paciente doente se preparava para pousar.

A aeronave, em comunicação com o radar de Controle do norte da Califórnia, pôde finalmente aterrissar com segurança, mas sem a ajuda de um controlador.

A FAA suspendeu no mês passado dois funcionários por outras falhas em um controle aéreo, ocorrido no dia 29 de março em Lubbock, Texas (sul).

Em outro incidente na semana anterior, as autoridades de aviação dos EUA suspenderam um controlador de tráfego aéreo suspeito de dormir durante o trabalho e de obrigar dois aviões a aterrissar sem um guia no aeroporto nacional Reagan de Washington.

\"Estou totalmente indignado com estes incidentes\", disse o secretário de Transporte dos Estados Unidos, Ray LaHood, em um comunicado recente.

\"O público americano confia em nós para executar um sistema seguro\", disse.

sDurante as últimas semanas, vimos exemplos de conduta antiprofissional por parte de alguns poucos indivíduos que, com razão, fizeram com que o público que viaja questione sobre nossa capacidade de garantir sua segurança\", disse Babbitt em um comunicado.

\"Esta conduta deve parar imediatamente. Comprometo-me a manter o mais alto nível de confiança da população e isso começa com uma forte liderança\", disse.

Babbitt disse que nomeou de forma interina no cargo de Krakowski o assessor principal da FAA, Dave Grizzle, enquanto um substituto é buscado.

\"Seguirei fazendo as mudanças necessárias para garantir que nos concentremos em manter o público que viaja seguro\", disse Babbitt.

A renúncia foi a última das consequências do escândalo provocado pelas \"siestas\" dos controladores aéreos.

A FAA suspendeu um controlador em Boeing Field, em Seattle, por dormir durante seu turno na manhã de segunda-feira.

E em um incidente na terça-feira, no aeroporto internacional Reno-Tahoe, em Nevada, um controlador dormiu enquanto um voo que levava um paciente doente se preparava para pousar.

A aeronave, em comunicação com o radar de Controle do norte da Califórnia, pôde finalmente aterrissar com segurança, mas sem a ajuda de um controlador.

A FAA suspendeu no mês passado dois funcionários por outras falhas em um controle aéreo, ocorrido no dia 29 de março em Lubbock, Texas (sul).

Em outro incidente na semana anterior, as autoridades de aviação dos EUA suspenderam um controlador de tráfego aéreo suspeito de dormir durante o trabalho e de obrigar dois aviões a aterrissar sem um guia no aeroporto nacional Reagan de Washington.

\"Estou totalmente indignado com estes incidentes\", disse o secretário de Transporte dos Estados Unidos, Ray LaHood, em um comunicado recente.

\"O público americano confia em nós para executar um sistema seguro\", disse.

sg/ma

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil e banco americano assinam acordo de US$ 1 bi em investimentos
Mundo

Brasil e banco americano assinam acordo de US$ 1 bi em investimentos

20/10/2020 14:51
Brasil e banco americano assinam acordo de US$ 1 bi em investimentos
Conmebol confirma calendário 2021 para Copa América, Libertadores, eliminatórias e Sul-Americana
Futebol

Conmebol confirma calendário 2021 para Copa América, Libertadores, eliminatórias e Sul-Americana

04/10/2020 13:21
Conmebol confirma calendário 2021 para Copa América, Libertadores, eliminatórias e Sul-Americana
EUA: presidente e primeira-dama têm teste positivo para covid-19
Covid-19

EUA: presidente e primeira-dama têm teste positivo para covid-19

02/10/2020 11:35
EUA: presidente e primeira-dama têm teste positivo para covid-19
Pesquisadores da UFPR descobrem mais quatro espécies de formiga
Insetos

Pesquisadores da UFPR descobrem mais quatro espécies de formiga

29/09/2020 07:38
Pesquisadores da UFPR descobrem mais quatro espécies de formiga
Brasil

Governo libera entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do país

25/09/2020 12:01
Últimas Notícias