Dourados – MS sábado, 18 de maio de 2024
18º
Mundo

Campanha global busca incentivar jovens a entrarem para a política

70% das pessoas no mundo dizem que a juventude tem que participar das decisões

11 Mai 2022 - 21h45Por ONU News
Ativistas jovens fazem protesto em Toronto Canadá - Crédito: © Unsplash/Lewis ParsonsAtivistas jovens fazem protesto em Toronto Canadá - Crédito: © Unsplash/Lewis Parsons

Está sendo lançada nesta quarta-feira a campanha “Seja Visto e Ouvido”, uma colaboração entre a enviada especial da ONU para a Juventude, Jayathma Wickramanayake, e a marca de cosméticos The Body Shop.  

Segundo as Nações Unidas, é preciso ampliar a participação na vida pública das pessoas abaixo dos 30 anos, especialmente num momento de vários desafios: crise climática, conflitos e desigualdades. 

Baixa representatividade  

Os jovens representam quase metade da população mundial, porém apenas 2,6% dos parlamentares do globo tem menos de 30 anos. Na realidade, a idade média de um líder é: 62 anos.  

Ao ampliar as vozes dos jovens na esfera pública, a campanha busca criar mudanças estruturais nos processos de decisão, para que sejam mais inclusivos. 

Em conjunto com a iniciativa, é lançado o relatório “Ver e Ser Ouvido: Entendendo a Participação Política dos Jovens”, baseado numa pesquisa feita pela The Body Shop no ano passado com mais de 27 mil jovens de 26 países.  

Maioridade eleitoral  

A pesquisa mostra que 82% das pessoas que participaram concordam que os sistemas políticos precisam de reformas drásticas. Além disso, 84% acreditam que os políticos são motivados por interesses próprios e 75% acreditam que os políticos são corruptos. 

Outro dado do documento: três quartos das pessoas com menos de 30 anos sentem que políticos e líderes empresariais “estragaram as coisas” para as pessoas e o planeta. 

A maioria concorda ainda que a idade ideal para poder começar a votar é entre 16 e 18 anos, enquanto na maioria dos países, somente é possível votar após completar 18 anos.  

Mudanças com reflexos a longo prazo 

Os participantes da pesquisa também defendem que deveria haver mais oportunidades para os jovens terem uma voz no desenvolvimento político ou que seria benéfica uma mudança no sistema político.  

A enviada da ONU para Juventude declarou que “as lacunas em influência e confiança estão entre os maiores desafios da atualidade”. Jayathma Wickramanayake afirma que a campanha é uma oportunidade para mudar a situação, com políticas que reflitam as prioridades dos jovens e que “falem sua língua”.  

O relatório mostra que a participação dos jovens nas decisões públicas poderia, a longo prazo, contribuir com a redução da idade em que se é permitido votar, com o aumento dos jovens em conselhos, parlamentos e comitês e melhorar ainda as habilidades de liderança entre o grupo.  

A campanha começa a ser divulgada em 2,6 mil lojas da The Body Shop em 75 países e mais detalhes estão no site www.beseenbeheardcampaign.com 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ONU diz que 85% dos Estados-membros criminalizam atos contra a vida selvagem
Legislação e prevenção de crimes

ONU diz que 85% dos Estados-membros criminalizam atos contra a vida selvagem

18/05/2024 20:30
ONU diz que 85% dos Estados-membros criminalizam atos contra a vida selvagem
ONU confirma chegada de alimentos em Gaza via doca flutuante
Ajuda humanitária

ONU confirma chegada de alimentos em Gaza via doca flutuante

18/05/2024 19:30
ONU confirma chegada de alimentos em Gaza via doca flutuante
Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento
Desenvolvimento econômico

Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento

17/05/2024 22:30
Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento
Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão
Paz e segurança

Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão

17/05/2024 21:15
Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão
Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis
Paz e segurança

Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis

17/05/2024 20:15
Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis
Últimas Notícias