Dourados – MS quinta, 05 de agosto de 2021
Dourados
26º max
14º min
Mundo

Berlusconi propõe à esquerda pacto para reativar crescimento na Itália

31 Jan 2011 - 21h35
O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi,
em 20 de janeiro - Crédito: Foto: Tony Gentile/ReutersO primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, em 20 de janeiro - Crédito: Foto: Tony Gentile/Reuters
O chefe de governo italiano, Silvio Berlusconi, cercado pelo escândalo sexual \"Rubygate\" e cuja maioria está por um fio, propôs nesta segunda-feira (31) à oposição de esquerda um pacto para reativar o crescimento econômico e reduzir a enorme dívida pública do país.

Em uma carta enviada ao jornal Corriere della Sera, Berlusconi propõe a Pier Luigi Bersani, líder do Partido Democrata, principal força da oposição de esquerda, \"agir de forma conjunta no Parlamento para discutir sem preconceitos e sectarismo um grande plano para o crescimento da economia italiana\".

Berlusconi, que repudia categoricamente por considerar \"injusta e ineficaz\" a recente proposta do ex-premier de esquerda Giuliano Amato de aplicar um imposto ao patrimônio dos italianos para reduzir a dívida, quer levar o crescimento a mais de 3% ou 4% em cinco anos, contra 1% atualmente.

Esses números de crescimento permitiriam reduzir de forma mecânica o endividamento, que alcança cerca de 120% do PIB (Produto Interno Bruto).

Segundo Berlusconi, um impulso à economia passaria pela venda de uma parte do patrimônio imobiliário público, uma \"ampla destributarização a favor de empresas e jovens\" e a reforma do artigo 41 da Constituição, proposta há meses, para afirmar a liberdade de iniciativa privada.

\"Faz falta uma economia mais livre, um país mais estável\", destacou Berlusconi, pegando o exemplo da Alemanha, que \"efetuou este salto de liveralizações e reformas\", cujos \"resultados estão à vista de todos\".

O PIB (Produto Interno Bruto) da Alemanha, a principal potência econômica europeia, cresceu 3,6% em 2010. Para 2011, o governo espera uma expansão da economia de 2,3%.

######Esquerda repudia proposta
A esquerda italiana repudiou a proposta de Berlusconi, que \"chega tarde demais\" e demonstra \"o desespero\" do chefe de governo que busca \"distrair\" a atenção, declarou o vice-secretário do Partido Democrata, Enrico Letta.

Para Italo Bocchino, um dos partidários do presidente da Câmara de Deputados Gianfranco Fini, o ex-aliado e agora adversário de Silvio Berlusconi, este chamado da oposição esquerdista é um \"sinal evidente da fragilidade\" de Berlusconi.

Ao contrário, a influente chefe dos empresários italianos, Emma Marcegaglia, considerou \"positivo que se fale de crescimento\", depois de ter denunciado na semana passada um \"governo completamente paralisado\".

Berlusconi está atualmente envolvido em um dos piores escândalos de sua carreira política, após ter sido acusado em 14 de janeiro, pela promotoria milanesa, de prostituição de menores de abuso de poder.

O chefe de governo é investigado pelo caso da jovem marroquina Karima El Mahroug, conhecida como \"Ruby rouba corações\", suspeita de ter mantido relações sexuais mediante pagamento com ele quando ela ainda era menor.

(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mundo

OMS afirma que China deve fornecer dados sobre origens da covid-19

15/07/2021 17:00
Mundo

Suspeitos de assassinato do presidente do Haiti são mortos a tiros

08/07/2021 11:00
Mundo

Covid-19: anticorpos podem durar até 12 meses após infecção

08/07/2021 10:00
Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê
Mundo

Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê

07/07/2021 07:30
Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê
Mundo

Onda de calor recorde nos EUA e Canadá mata 45 no Estado do Oregon

01/07/2021 17:30
Últimas Notícias