Dourados – MS domingo, 01 de agosto de 2021
Dourados
23º max
12º min
Mundo

Acusação pede para manter prisão do chefe do FMI no caso de abuso

16 Mai 2011 - 15h35
Jornalistas diante do prédio do tribunal ao qual Dominique Strauss-Kahn compareceu nesta segunda-feira - Crédito: Foto: APJornalistas diante do prédio do tribunal ao qual Dominique Strauss-Kahn compareceu nesta segunda-feira - Crédito: Foto: AP
A acusação pediu nesta segunda-feira (16) que a prisão do diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, seja mantida, no caso de abuso sexual em que está envolvido.

Os procuradores argumentam que há indícios de que Strauss-Kahn tenha se envolvido em casos semelhantes antes, o que faz crer que uma investigação é necessária. Eles disseram temer que ele fuja para a França caso seja solto.

O pedido foi feito a um tribunal em Nova York, onde a principal autoridade do organismo internacional compareceu nesta segunda, dois dias após ser preso acusado de ter abusado sexualmente de uma camareira.

A defesa insistiu na tese em que Strauss-Kahn não estaria no hotel na hora do suposto abuso, e afirmou que tem uma testemunha de que ele não \"fugiu\" do local.

Os advogados do francês -que era cotado para concorrer à Presidência de seu país em 2012- também afirmaram que ele está cooperando com as investigações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mundo

OMS afirma que China deve fornecer dados sobre origens da covid-19

15/07/2021 17:00
Mundo

Suspeitos de assassinato do presidente do Haiti são mortos a tiros

08/07/2021 11:00
Mundo

Covid-19: anticorpos podem durar até 12 meses após infecção

08/07/2021 10:00
Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê
Mundo

Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê

07/07/2021 07:30
Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê
Mundo

Onda de calor recorde nos EUA e Canadá mata 45 no Estado do Oregon

01/07/2021 17:30
Últimas Notícias