Dourados – MS sábado, 19 de setembro de 2020
Dourados
30º max
20º min
Estadual

Sete vence por 2 a 1 e sai na frente na decisão

02 Mai 2016 - 06h00
Momento em que Peu e os demais jogadores comemoram com a torcida o primeiro gol do jogo marcado logo aos 7 minutos da primeira etapa; torcedor fez a parte dele e lotou o espaço disponível. - Crédito: Foto: DivulgaçãoMomento em que Peu e os demais jogadores comemoram com a torcida o primeiro gol do jogo marcado logo aos 7 minutos da primeira etapa; torcedor fez a parte dele e lotou o espaço disponível. - Crédito: Foto: Divulgação
O Sete de Setembro de Dourados venceu a primeira partida da final do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol por 2 a 1 e reverteu a vantagem do Comercial de Campo Grande na decisão. Agora é o Sete quem sai campeão com o empate no jogo de volta no Jaques da Luz, na Capital. Resultado igual ou qualquer vitória comercialina dão o título ao time de Campo Grande.


O jogo no estádio Frédis Saldivar, o Douradão, foi marcado pela festa da torcida. Sete mil e novecentas pessoas estiveram presentes para apoiar a equipe da casa na primeira partida da decisão. A última grande festa para o futebol no estádio foi protagonizada justamente pelo Sete, em 2005, quando mais de 2 mil pessoas assistiram ao acesso da equipe para a Série A.


Ontem, eram 6900 pagantes e mil convidados para uma renda de R$ 63 mil, segundo divulgou a organização.
Os gols do Sete foram marcados por Peu, aos 7 minutos do primeiro tempo, e Tite, aos 7 da segunda etapa. Pelo Comercial, Aloísio saiu do banco para marcar aos 48 minutos de cabeça.


Autor do gol do Comercial, o veterano Aloisio Chulapa lamentou o segundo gol do Sete. "Treinamos o dia todo, mais de 50 bolas paradas, como que deixamos o time adversário nos surpreender desse jeito", disse, parabenizando Dourados pelo estádio e presença do ótimo público.


Autor do primeiro gol da final, o meia Peu exaltou o resultado em si do jogo e agradeceu aos torcedores. "Revertemos a vantagem que era deles. Agradecer o torcedor que faz a diferença, nos dá força para dar o pique a mais. A cidade de Dourados merece o povo de Dourados merece", disse.


O treinador Chiquinho salientou que a partida foi muito difícil e o Sete foi eficaz. "O adversário é forte, agora é manter o equilíbrio e tentar fazer um bom resultado lá [em Campo Grande]", disse.


O treinador ainda falou da torcida. "A torcida dá um exemplo. O esporte de Dourados vive este entusiasmo. Jogamos porque o torcedor é nosso termômetro e encaramos todos os jogos como uma decisão", finalizou.
O próximo jogo é domingo que vem, Dia das Mães, às 15h. no meio da semana o Comercial enfrenta a equipe do Joinville em Santa Catarina pelo jogo de ida da Copa do Brasil, em partida que foi adiada da semana passada.



O jogo


O Sete de Dourados iniciou a partida com todo o gás e foi para cima do Comercial nos minutos iniciais no Douradão. Com trocas rápidas de passes e fazendo a bola rodar por todo o setor ofensivo, o Sete envolveu a defesa comercialina, que recuou e sofreu sufoco nos primeiros minutos.


Nestas investidas, o Sete foi surpreendido e a primeira grande chance de gol do jogo, aos 5 minutos, foi do time do Comercial. Andrinho finalizou com a meta aberta, mas o zagueiro Bruno evitou o gol já com o goleiro Fernando Hilário batido.


Dois minutos depois, um cruzamento da equipe do Sete para a área, o goleiro Martins não afastou e Peu ficou com a sobra para cabecear e abrir o placar e levar à loucura os mais de 7 mil torcedores presentes no Douradão.


Após abrir o placar, o Sete diminuiu a intensidade e o Comercial conseguiu equilibrar a partida na metade da primeira etapa. O primeiro tempo terminou com algumas jogadas de ataque de ambos os lados, mas sem levar perigo ao gol.


Na segunda etapa, o Comercial parece ter entrado desligado em campo e o Sete se aproveitou disto para ampliar a vantagem. Uma falta marcada na intermediária foi cobrada com rapidez e a bola chegou para Tity. Com a defesa do Comercial desarrumada, ele arriscou de longe e mandou na gaveta do goleiro Martins, aos 7 minutos.


Em campo um bom resultado e nas arquibancadas o apoio maciço de 7,9 mil torcedores no Douradão, mas o Sete recuou. Mudou de postura e passou a se proteger mais na marcação, diante de um Comercial que pressionava Fernando Hilário ainda fez duas grandes defesas que salvaram o Sete.


Aos 34 minutos, o veterano Aloísio Chulapa entrou no lugar de Lucas Guma e demorou até os acréscimos para anotar um gol importante. Depois de escanteio, a bola sobrou para o Comercial e foi alçada na área. Chulapa cabeceou para o fundo das redes e minimizou os danos da derrota fora de casa.


O árbitro deu 5 minutos de acréscimo e o gol do Comercial saiu aos 48. O apito final foi dado pela bandeirinha Vanessa, que participou da última partida como profissional de arbitragem depois de 12 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Águia Negra joga neste sábado para tentar manter MS na série D
Esporte

Águia Negra joga neste sábado para tentar manter MS na série D

19/09/2020 14:35
Águia Negra joga neste sábado para tentar manter MS na série D
Águia Negra estreia amanhã na Série D contra União Rondonópolis
Futebol

Águia Negra estreia amanhã na Série D contra União Rondonópolis

18/09/2020 15:37
Águia Negra estreia amanhã na Série D contra União Rondonópolis
Chapecoense encara Náutico nos Aflitos para encostar na liderança da Série B
Brasileirão

Chapecoense encara Náutico nos Aflitos para encostar na liderança da Série B

18/09/2020 14:27
Chapecoense encara Náutico nos Aflitos para encostar na liderança da Série B
Com Menino e Bruno Guimarães, Tite convoca Seleção Brasileira para Eliminatórias da Copa
Seleção

Com Menino e Bruno Guimarães, Tite convoca Seleção Brasileira para Eliminatórias da Copa

18/09/2020 12:12
Com Menino e Bruno Guimarães, Tite convoca Seleção Brasileira para Eliminatórias da Copa
Athletico-PR ganha do Jorge Wilstermann de virada
Libertadores

Athletico-PR ganha do Jorge Wilstermann de virada

16/09/2020 12:01
Athletico-PR ganha do Jorge Wilstermann de virada
Últimas Notícias