Dourados – MS segunda, 21 de junho de 2021
Dourados
23º max
14º min
Mãos - ALMS - Ramal
Estadual

Se passar, Sete tem vaga na Copa do Brasil e Série D

16 Abr 2016 - 06h00
Equipe do Sete parte para a Capital às 16h de hoje onde fica concentrado até o jogo de amanhã; elenco já tem feito história. - Crédito: Foto: DivulgaçãoEquipe do Sete parte para a Capital às 16h de hoje onde fica concentrado até o jogo de amanhã; elenco já tem feito história. - Crédito: Foto: Divulgação
O Sete de Setembro de Dourados inicia amanhã, às 15h, no estádio Jacques da Luz, em Campo Grande, uma luta não apenas pela vaga inédita para o clube na final do Estadual como também pela participação na Copa do Brasil e Série D, caso a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) confirme que os finalistas sejam os classificados ao Brasileirão da antiga quarta divisão. O Sete tem a vantagem decidir em casa.


Sendo assim, a equipe de Dourados vislumbra o cumprimento do projeto apresentado no início do ano, quando a diretoria, comissão técnica e jogadores pautavam o trabalho na seriedade para, em primeiro, fugir da degola, busca a classificação e, depois destas etapas cumpridas, ir bem no mata-mata para alcançar a final e as conseqüentes vagas.


Com um bom tempo para treinar, já que teve a classificação para as semifinais definida ainda no domingo passado, o Sete de Dourados enfrenta o Operário de Campo Grande, um dos maiores campeões estaduais, mas que é o atual vice-campeão da Série B e tem enfrentado alguns problemas em campo.


O técnico Chiquinho Lima, enfrenta pela primeira vez o clube com quem conseguiu o acesso no ano passado. Com o tempo maior na agenda conseguiu até acompanhar o jogo do Operário na quinta-feira em Campo Grande e preza pelo cuidado com o adversário. "Ver de perto o adversário ajuda, porque você tem alguns parâmetros e referências. Assim é possível analisar tudo o que envolve o jogo. A estratégia, postura dos atletas e torcida adversária. Diante do que vi sei que temos de tomar cuidado para neutralizar os pontos fortes deles", disse o treinador da equipe douradense.


Segundo Chiquinho, alguns atletas têm poder de decisão e o treinador conta com experiência, o que deixa o Sete com sinal de alerta ligado. "A equipe deles tem muita força física, além de contar com apoio do torcedor. Então temos que nos resguardar de todos os aspectos para não sermos surpreendidos", avaliou.


Para o jogo de amanhã, o Sete não terá o competente lateral Da Silva, contundido, e o artilheiro Guilherme, muito bem substituído por Fagner na partida do fim de semana. O atacante fez os dois gols do time na partida.
O provável time de Chiquinho para a partida terá o goleiro Fernando Hilario, os laterais Renato e Yan, no lugar de Da Silva (ou com Dio improvisado), os zagueiros Jaime e Bruno, no meio com Eduardo Arroz, Altino, Mario Lucio e Dio (ou Dudu Lima se Dio for para a lateral), e no ataque Maranhão e Fagner.


Os jogadores e comissão técnica do Sete partem para a Capital às 16h de hoje. Levam na bagagem a missão de voltar com bom resultado, já que o empate em resultados dá a vaga aos douradenses.

Galo


Depois de ter tido a avaliação do próprio treinador como ‘atuação pífia’ para o jogo do Operário nas Moreninhas, quinta-feira passada, a equipe de Campo Grande aguarda ‘um choque nos ânimos’ do grupo para superar a derrota em casa para o Ivinhema por 3 a 1, repensar as atitudes e se fortalecer para o jogo diante do Sete de Dourados, novamente nas Moreninhas.


"Entramos com o propósito de pressionar o adversário, e até o momento do primeiro gol nosso time passou por cima do Ivinhema. Só que inconscientemente o time se viu classificado. Aí relaxou e tomou os gols. Por tudo o que aconteceu, a parte psicológica está bem reforçada para o próximo jogo. Cada jogador tem consciência daquilo que passou e sabe o que precisa fazer para evitar. Um raio não cai duas vezes no mesmo lugar", disse o treinador Celso Teixeira ao GE.com.


O treinador falou sobre o plantel e o investimento do Sete e disse que o Operário também tem boas armas. "Tenho procurado informações sobre o Sete. Sei que investiram pesado para ser campeão, têm um plantel de quase 40 jogadores. Mas nós temos a simplicidade e a eficiência de contar com uma das folhas salariais mais baixas do campeonato, e ainda assim chegar onde chegamos. Temos vontade e sonhamos com a final, e vamos lutar para isso", disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte

Tóquio cancela locais de exibição pública da Olimpíada; parte terá vacinação

20/06/2021 15:00
Canoístas de MS disputam Campeonato Brasileiro de Descida Sprint e buscam vaga ao Mundial
Esporte

Canoístas de MS disputam Campeonato Brasileiro de Descida Sprint e buscam vaga ao Mundial

18/06/2021 14:00
Canoístas de MS disputam Campeonato Brasileiro de Descida Sprint e buscam vaga ao Mundial
Brasil goleia seleção peruana e segue 100% na Copa América
Esporte

Brasil goleia seleção peruana e segue 100% na Copa América

18/06/2021 12:30
Brasil goleia seleção peruana e segue 100% na Copa América
Seleção brasileira de judô é definida para a Olimpíada e atleta de MS estará na preparação final no Japão
Esporte

Seleção brasileira de judô é definida para a Olimpíada e atleta de MS estará na preparação final no Japão

17/06/2021 13:00
Seleção brasileira de judô é definida para a Olimpíada e atleta de MS estará na preparação final no Japão
Brasil enfrente seleção peruana no Nilton Santos pela Copa América
Esporte

Brasil enfrente seleção peruana no Nilton Santos pela Copa América

17/06/2021 10:00
Brasil enfrente seleção peruana no Nilton Santos pela Copa América
Últimas Notícias