Dourados – MS sábado, 06 de junho de 2020
Dourados
22º max
12º min
JBS (Fazer o bem)
Esporte

Satisfeito com reforços, Muricy sugere rodízio durante o Carioca

07 Jan 2011 - 16h04
Muricy Ramalho sorri durante o treinamento do Flu
 - Crédito: Foto: agência PhotocameraMuricy Ramalho sorri durante o treinamento do Flu - Crédito: Foto: agência Photocamera
O discurso de que time grande sempre entra em campo para ganhar segue afiado, mas nas entrelinhas está claro que a Libertadores será, sim, a prioridade do Fluminense em 2011. E o Tricolor não pensará duas vezes se enxergar a necessidade de escalar um time misto na disputa do Campeonato Carioca. Objetivo, Muricy Ramalho deixou claro que o tempo da pré-temporada (de 5 a 16 de janeiro) não é suficiente para arrumar a equipe para a estreia no dia 20, contra o Bangu, em Moça Bonita, e um rodízio de jogadores deve ser instituído na Taça Guanabara.

Como a competição estadual já começa com partidas nos meios e fins de semana, a preocupação é em ter o grupo inteiro no início da Libertadores, dia 9 de fevereiro, no Engenhão, contra o Argentinos Juniors. Calejado com a experiência do ano passado, quando sofreu com inúmeras lesões, Muricy fará da precaução uma virtude nos primeiros meses do ano.

- Sempre vamos entrar para ganhar. Mas é preciso entender que é impossível preparar um time em dez dias. Outras equipes estão trabalhando há mais tempo. No início, podemos revezar na escalação. Não queremos lesões logo no começo da temporada.

A decisão vem embasada na força do elenco montado pelo Tricolor para 2011. Além de manter praticamente todos os jogadores da conquista do Brasileirão (apenas os poucos utilizados Equi e Cássio, e mais recentemente Thiaguinho se foram), o clube fez as chamadas contratações pontuais a pedido de Muricy. Tanto que, com exceção da lateral direita, é unanimidade nos bastidores que há um time reserva de qualidade.

Muricy analisou a formação do elenco e justificou as contratações de Diego Cavalieri, Souza (essas já confirmadas), Araújo e Edinho (com perspectivas de serem anunciados até o fim de semana).

- São jogadores em posições que precisávamos. Não queríamos muitas peças. O Edinho pode jogar nas duas, tanto de volante quanto de zagueiro. Já o Araújo surgiu a oportunidade, é velocista e joga no lado do campo. O Diego (Cavalieri) queríamos há tempo. E o Souza é experiente, joga pelo lado direito do campo, é especialista em uma posição que só tínhamos o Deco. Além disso, acreditamos no grupo do ano passado.

Com elenco recheado e promessa de muitas oportunidades, a tendência é que a briga por posição para os jogos “para valer” na Libertadores seja acirrada. E Muricy reiterou seu pensamento para deixar bem claro:

- Quem treinar e merecer, joga. Não tenho preferências. Ninguém joga com o nome, e o Brasileiro deixou isso muito claro. Não tem essa de predileto ou jogador de empresário. Quem estiver bem, entra.

Setor menos badalado, e às vezes até criticado, na disputa do Campeonato Brasileiro, a defesa inicia a temporada sem reforços. Menos vazados da competição nacional – 36 gols sofridos -, Gum e Leandro Euzébio imperam na preferência do comandante tricolor.

- Treinador nunca deve desistir das coisas. No futebol, não dá para achar que quando perde está tudo errado, ou quando ganha está tudo certo. É preciso trabalhar. Os dois trabalharam muito e formaram a defesa menos vazada da competição. Temos também o Digão, o André (Luis), o Thiago (Sales) e o Edinho. Perdemos o Cássio, mas trouxemos ele. Não são jogadores badalados, mas são treinados e preparados. Por isso, corresponderam.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional

Diego Costa escapa da prisão na Espanha ao pagar multa 36 mil euros

04/06/2020 18:42
Covid-19: Virna, medalhista olímpica no vôlei, testa positivo
Coronavírus

Covid-19: Virna, medalhista olímpica no vôlei, testa positivo

01/06/2020 13:12
Covid-19: Virna, medalhista olímpica no vôlei, testa positivo
Brasil

Clubes e Confederação cancelam Brasileiro Masculino de Rugby XV

28/05/2020 16:10
Olimpíada pode ser cancelada se pandemia não for controlada, diz Bach
Olimpíadas

Olimpíada pode ser cancelada se pandemia não for controlada, diz Bach

21/05/2020 13:33
Olimpíada pode ser cancelada se pandemia não for controlada, diz Bach
Futebol brasileiro pode voltar no final de junho, afirma CBF
Futebol Brasileiro

Futebol brasileiro pode voltar no final de junho, afirma CBF

20/05/2020 16:34
Futebol brasileiro pode voltar no final de junho, afirma CBF
Últimas Notícias