Dourados – MS quarta, 05 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Campanha Parcelamento Conta
Esporte

Roth promete Inter forte como na Libertadores

08 Dez 2010 - 23h38
Equipe do Internacional, favorita ao título, embarcou ontem para a disputa do Mundial
Foto/Divulgação/Jefferson Bernardes
 - Equipe do Internacional, favorita ao título, embarcou ontem para a disputa do Mundial Foto/Divulgação/Jefferson Bernardes -
SÃO PAULO - A delegação do Internacional embarcou ontem para Abu Dabi, confiante na conquista do título no Mundial de Clubes. Nem mesmo os resultados ruins na reta final do Campeonato Brasileiro, quando venceu apenas duas das últimas nove partidas, tiraram a certeza da equipe gaúcha de que fará um bom trabalho nos Emirados Árabes Unidos - a estreia será apenas no dia 14 de dezembro, contra adversário ainda indefinido.

\"O Internacional é tão forte quanto aquele (da conquista da Libertadores, em agosto). Estamos preparados e vamos chegar 100% física e taticamente, com jogadas ensaiadas. Preparar o time durante o Brasileirão foi o melhor que poderí-amos fazer, embora seja difícil explicar ao torcedor o porque de alguns resultados piores\", declarou o técnico Celso Roth, em entrevista ao site oficial da Fifa, antes do embarque para Abu Dabi.

A equipe brasileira chega ao Mundial em Abu Dabi como uma das favoritas ao título, ao lado da Internazionale de Milão, da Itália. No entanto, de acordo com Roth, se engana quem acha que o caminho até a decisão será facilitado pela fragilidade dos outros adversários - o Inter estreia já na semifinal, na próxima terça-feira, diante do vencedor da partida entre Pachuca, do México, e Mazembe, do Congo.

\"Após o último jogo do Brasileiro passamos a focar totalmente no Mundial. Agora vamos conversar com os jogado-res, mostrar vídeos do Pachuca e do Mazembe e treinar para um jogo que será certamente muito difícil\", afirmou Roth.

O Inter luta para chegar ao seu segundo título mundial, já que em 2006 foi campeão diante do Barcelona. A campanha da primeira conquista, aliás, está servindo de exemplo para os jogadores lutarem pelo bicampeonato.
\"Os exemplos servem para provar as dificuldades que existem no futebol. Por isso temos que nos espelhar em nós mesmos, com a confiança de que podemos vencer. O maior respeito que podemos ter por um adversário é trabalhar muito para vencê-lo\", concluiu Roth.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com gols no fim, Palmeiras bate Santo André e vai à semi do Paulista
ESPORTE

Com gols no fim, Palmeiras bate Santo André e vai à semi do Paulista

30/07/2020 09:30
Com gols no fim, Palmeiras bate Santo André e vai à semi do Paulista
Campeãs olímpicas, Martine e Kahena já treinam em Portugal
Esporte

Campeãs olímpicas, Martine e Kahena já treinam em Portugal

27/07/2020 18:37
Campeãs olímpicas, Martine e Kahena já treinam em Portugal
Esporte

Aos 54 anos, Mike Tyson retorna aos ringues para luta de exibição

23/07/2020 18:00
Esporte

Covid-19: Irene Aldana testa positivo e luta principal de UFC é adiada

23/07/2020 17:03
Ciclistas reclamam de más condições de ciclovia na Guaicurus
DOURADOS

Ciclistas reclamam de más condições de ciclovia na Guaicurus

16/07/2020 08:02
Ciclistas reclamam de más condições de ciclovia na Guaicurus
Últimas Notícias