Dourados – MS quarta, 27 de janeiro de 2021
Dourados
31º max
22º min
Influx
Esporte

Robinho comanda Milan na vitória

13 Dez 2010 - 10h21
Jogadores do Milan comemoram mais uma vitória do time pelo Campeonato Italiano 
Foto: Divulgação 
 - Jogadores do Milan comemoram mais uma vitória do time pelo Campeonato Italiano Foto: Divulgação -
MILÃO - O Milan manteve ontem sua grande campanha no Campeonato Italiano. A equipe rossonera venceu o Bo-logna por 3 a 0, com gols do ganês Kevin Prince-Boateng, do brasileiro Robinho e do sueco Zlatan Ibrahimovic e não vacilou na tentativa de manter a folga que tem na liderança do campeonato nacional. Os principais destaques do jogo foram Robinho e Ibra, que mostraram entrosamento e criaram as principais jogadas dos líderes. Ronaldinho Gaúcho sequer foi a campo.

Jogando bem, a dupla Robinho-Ibrahimovic deu muito trabalho à zaga do Bologna. Na maioria das vezes, com uma inversão de papéis: Ibra passando para Robinho finalizar. O sueco - que deu duas assistências - demonstrou muita quali-dade no passe, enquanto o brasileiro sempre batia os zagueiros na velocidade. Outro destaque foi o goleiro Abbiati, que fez boas defesas e até pegou um pênalti, apesar de quase ter sofrido um gol em uma falha infantil.

O resultado leva o Milan a 36 pontos em 16 partidas. Com isso, a equipe pode terminar a rodada com até seis pontos de vantagem, dependendo do resultado da partida entre Lazio e Juventus. No mínimo, a equipe de Milão terá três pontos de \"gordura\". Já o Bologna tem apenas 19 pontos e pode terminar a rodada até na 15ª posição.

A partida começou muito movimentada. Logo aos três minutos, o Milan chegou bem no ataque. Depois de confusão na área, envolvendo Boateng e Ibrahimovic, a bola sobrou para Robinho, que tentou a batida e foi travado. Na volta, Pirlo arriscou de longe e mandou por cima, mas a chegada foi boa.
No lance seguinte, foi a vez do Bologna chegar forte. O time da casa avançou pelo meio do campo e Ramírez soltou a pancada. O chute saiu na direção do ângulo, mas Abbiati saltou bem e salvou o Milan de sofrer o primeiro gol. Aos seis minutos, porém, o Milan foi quem abriu o placar.

Ibrahimovic avançou pela esquerda e, com uma precisão impressio-nante, lançou Boateng entre dois zagueiros. O ganês esticou a perna e, com a ponta da chuteira, só desviou para o gol, fazendo o primeiro do jogo.
Já vencendo, o Milan passou a controlar o jogo. Com isso, as chances passaram a ser menos frequentes. Entretanto, aos 17 minutos, Pirlo tentou mais uma vez de longa distância, mas a bola passou por cima, desta vez com muito perigo. Aos 34 minutos, o Milan ampliou a vantagem, com Robinho. O brasileiro recebeu em velocidade de Ibrahimovic e avan-çou, disputando com o zagueiro. Mesmo sendo puxado, se manteve em pé e finalizou com precisão, deixando o Milan com dois gols de vantagem.

No lance seguinte, Robinho enfiou linda bola para Ibrahimovic, que bateu firme, mas o zagueiro defendeu com as pernas, evitando o terceiro gol por muito pouco. Aos 46, a dupla Robinho-Ibrahimovic voltou a atacar. O \"garçom\" Ibra lançou, de três dedos, o brasileiro, que tentou bater e viu o goleiro defender. Na volta, Zambrotta arriscou o chute e acertou a trave, no último lance do primeiro tempo.

O segundo tempo começou da mesma maneira que o primeiro, com o Milan indo ao ataque. Com cinco minutos, Robinho, Ibrahimovic e Pirlo já tinham tido chances de gols, sem sucesso. O italiano finalizou pela linha de fundo, enquanto os atacantes pararam no goleiro Viviano. O Bologna quase diminuiu a vantagem aos 10 minutos. Para evitar um escan-teio, o arqueiro do Milan, Abbiati, saiu do gol e pegou a bola com os pés. Ao tentar sair jogando, perdeu o controle da bola e ela sobrou para Ramírez, que bateu para o gol, sem goleiro, mas mandou na rede pelo lado de fora.

Foi aí, porém, que o show de Ibrahimovic voltou. Aos 15 minutos, Pirlo enfiou para o sueco, que matou no peito já virando para dentro da área. Cara a cara com o goleiro, ele só teve o trabalho para tocar com a parte de dentro do pé para balançar as redes: 3 a 0. A partir daí, o Milan parou de forçar e passou a só controlar a partida, enquanto o Bologna ten-tava chegar ao ataque, mas não conseguia passar a defesa dos rossoneri, que arriscavam alguns contragolpes.

Já aos 32 minutos do segundo tempo, depois de uma confusão na área, Di Vaio ficou com a bola e tentou se livrar de Seedorf, que o tocou. O atacante caiu e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o próprio Di Vaio cobrou à meia altura e Abbiati foi muito bem na bola e defendeu a penalidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Palmeiras x Santos será 3ª final brasileira da história da Libertadores
Futebol

Palmeiras x Santos será 3ª final brasileira da história da Libertadores

há 12 horas atrás
Palmeiras x Santos será 3ª final brasileira da história da Libertadores
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Futebol

Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial

20/01/2021 09:57
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Governo do Estado divulga decreto com regras para o Bolsa-Atleta e Bolsa-Técnico
Decreto

Governo do Estado divulga decreto com regras para o Bolsa-Atleta e Bolsa-Técnico

20/01/2021 09:03
Governo do Estado divulga decreto com regras para o Bolsa-Atleta e Bolsa-Técnico
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Tênis

Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena

20/01/2021 07:52
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Libertadores volta a ter decisão 100% brasileira após 15 anos
Esporte

Libertadores volta a ter decisão 100% brasileira após 15 anos

14/01/2021 12:03
Libertadores volta a ter decisão 100% brasileira após 15 anos
Últimas Notícias