Dourados – MS sexta, 05 de março de 2021
Dourados
30º max
21º min
Influx
Futebol

Palmeiras x Santos será 3ª final brasileira da história da Libertadores

A partida começa às 17h (horário de Brasília) de sábado, no Maracanã

26 Jan 2021 - 16h05
Palmeiras x Santos será 3ª final brasileira da história da Libertadores -

Neste sábado, Palmeiras e Santos farão apenas a 3ª final brasileira da longa história da Conmebol Libertadores.

Santos, que venceu o Boca Juniors, e Palmeiras, que passou pelo River Plate, ambos da Argentina, se enfrentam às 17h (horário de Brasília), no Maracanã. Por causa da pandemia do novo coronavírus, o jogo será disputado com portões fechados.

Em 2005, São Paulo e Athletico protagonizaram a primeira final nacional da história da competição. Depois, no ano seguinte, o Tricolor enfrentou o Internacional

Relembre como foi cada uma das finais brasileiras:

2005

Jogo de ida: Athletico-PR 1 x 1 São Paulo

A grande decisão de 2005 teve uma enorme polêmica antes da bola rolar. Como a Arena da Baixada não tinha capacidade para 40 mil pessoas, o clube paulista e a Conmebol não aceitaram que o jogo fosse realizado em Curitiba, mesmo com arquibancadas tubulares instaladas no estádio. Com isso, a partida foi realizada no Beira-Rio, em Porto Alegre, a contragosto de Athletico-PR.

Em campo, o Furacão começou muito bem, abrindo o placar com Aloísio "Chulapa", um dos grandes destaques daquele time, logo aos 14 do 1º tempo. Mas o Tricolor possuía uma excelente equipe e controlou a pressão rubro-negra até esfriar o adversário e conseguir o empate. O tento paulista saiu no início do 2º tempo, em um gol contra do zagueiro Durval.

Jogo de volta: São Paulo 4 x 0 Athletico-PR

No Morumbi lotado, o São Paulo abriu o placar aos 16 do 1º tempo, dando a impressão de que venceria o jogo com facilidade. No entanto, praticamente no último lance da etapa inicial, o Athletico teve a chance de empatar de pênalti. O técnico Antônio Lopes até fez reza fervorosa na beira do campo, mas o camisa 10 Fabrício bateu para fora e desperdiçou a oportunidade.

O lance abalou completamente o Furacão e deu o Tricolor o impulso que faltava. E, dessa forma, no 2º tempo, o time da casa sobrou em campo e construiu uma goleada inapelável, faturando sua 3ª Libertadores com justiça. Fabão, Luizão e o jovem Diego Tardelli, então uma revelação das categorias de base, construíram o 4 a 0.

Na sequência, o São Paulo conseguiu segurar a maioria de seus destaques e foi campeão do Mundial de Clubes em cima do Liverpool, no Japão. Já o Athletico viu seu bom elenco ser desmantelado pouco a pouco, com destaques deixando a equipe para clubes do futebol nacional e internacional - Aloísio, inclusive, foi jogar no próprio time do Morumbi.

2006

Jogo de ida: São Paulo 1 x 2 Internacional

O São Paulo chegou à final como favorito, já que era o atual campeão da competição e possuía a mesma espinha dorsal do título de 2005, com o ataque sendo o único setor que sofreu grandes alterações. No entanto, um lance logo aos 10 minutos de jogo mudaria a história daquela decisão continental: Josué acertou cotovelada em Rafael Sóbis e foi expulso pelo árbitro uruguaio Jorge Larrionda.

Com um a menos, o Tricolor ficou exaurido para tentar marcar o ataque colorado, que tinha Jorge Wagner "voando" pela esquerda, Alex e Tinga com grande dinamismo no meio e Rafael Sóbis e Fernandão infernizando o tempo todo na área. Aos 38, Fabinho também foi expulso do Inter, mas o "estrago" na estamina são-paulina já estava feito.

No 2º tempo, Rafael Sóbis marcou duas vezes e deu ao Inter uma boa vantagem. Edcarlos ainda descontou para os mandantes, mas a equipe gaúcha conseguiu segurar o triunfo em pleno Morumbi. Após a partida, os atletas são-paulinos reclamaram muito da expulsão de Josué, alegando que o árbitro havia sido muito rígido e que o lance alterou totalmente o equilíbrio da final.

Jogo de volta: Internacional 2 x 2 São Paulo

Para o 2º jogo, em Porto Alegre, o São Paulo teve uma notícia ruim logo de cara: o Betis, da Espanha, requisitou o retorno do atacante Ricardo Oliveira, que estava emprestado, e o centroavante, que havia sido titular no duelo de ida, foi impedido de atuar no Beira-Rio. Com isso, Muricy Ramalho optou por formar o ataque tricolor com Leandro e Aloísio "Chulapa".

O Inter abriu o placar aos 29 do 1º tempo, em um lance muito contestado pelos são-paulinos: após cruzamento de Jorge Wagner, Rogério Ceni deixou a bola escapar, mas tentou retomar o controle. Ao mesmo tempo, Fabiano Eller "cutucou" a redonda com o bico do pé, e Fernandão mandou para as redes. Os paulistas alegaram que Ceni tinha domínio e pediram falta, mas a arbitragem nada marcou.

A 2ª etapa foi uma loucura total: Fabão empatou para os visitantes, Tinga recolocou o Internacional na frente e Lenílson empatou em 2 a 2 faltando cinco minutos para acabar. O São Paulo pressionou muito em busca do gol da vitória (que levaria para a prorrogação), mas o Colorado segurou o empate na base da raça e das defesas de Clemer, conquistando a Libertadores pela 1ª vez em sua história.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Japão decide este mês sobre presença de público estrangeiro nos Jogos
Esporte

Japão decide este mês sobre presença de público estrangeiro nos Jogos

03/03/2021 15:00
Japão decide este mês sobre presença de público estrangeiro nos Jogos
Corinthians sofre surto de covid-19 um dia antes de jogo com Palmeiras
Futebol

Corinthians sofre surto de covid-19 um dia antes de jogo com Palmeiras

03/03/2021 08:31
Corinthians sofre surto de covid-19 um dia antes de jogo com Palmeiras
Último brasileiro campeão, Di Grassi prevê edição atípica
Fórmula E

Último brasileiro campeão, Di Grassi prevê edição atípica

02/03/2021 11:07
Último brasileiro campeão, Di Grassi prevê edição atípica
Time douradense estreia campeonato estadual com vitória
Campeonato Estadual

Time douradense estreia campeonato estadual com vitória

01/03/2021 09:43
Time douradense estreia campeonato estadual com vitória
Palmeiras vence Grêmio e sai na frente no 1º jogo da final
Copa do Brasil

Palmeiras vence Grêmio e sai na frente no 1º jogo da final

01/03/2021 07:39
Palmeiras vence Grêmio e sai na frente no 1º jogo da final
Últimas Notícias