Dourados – MS sábado, 06 de junho de 2020
Dourados
22º max
12º min
JBS (Fazer o bem)
Esporte

Natação paralímpica: técnico-chefe tranquiliza atletas em quarentena

Leonardo Tomasello fez transmissão online com o treinador Felipe Silva

04 Abr 2020 - 08h10Por Agência Brasil
Natação paralímpica: técnico-chefe tranquiliza atletas em quarentena - Crédito: Ale Cabral/CPD Crédito: Ale Cabral/CPD

Nesses dias de quarentena e de isolamento social em função da covid-19 as dúvidas são muitas. E dentro do Movimento Paralímpico não é diferente. Praticamente, a única certeza é que os Jogos de Tóquio (Japão) vão acontecer entre 24 de agosto e de 5 de setembro do próximo ano. A partir daí, não faltam perguntas. Para tentar responder algumas delas, na tarde de ontem (2) o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) fez uma live (transmissão online, ao vivo) no Instagram com Leonardo Tomasello, técnico-chefe da seleção Brasileira de natação paralímpica, e Felipe Silva, responsável pelos nadadores de medley e "meio-fundo".

Para tranquilizar os atletas, eles lembraram que a equipe já passou por problemas maiores. Foi durante o Mundial de 2017, na Cidade do México. "Por causa de um terremoto, a competição teve que ser adiada às vésperas do início das provas. Já tínhamos dois integrantes da nossa equipe lá no México. A competição foi adiada em dois meses. Não só o Brasil, mas todos os países tiveram o programa de treinamento muito comprometido ", lembra Tomasello. "Agora é uma situação bem diferente. Claro que a pandemia é extremamente grave. E todos devem respeitar as medidas de isolamento. Mas o adiamento foi definido com um prazo bem maior. Teremos bastante tempo para preparar a nossa equipe. E, com certeza, todos estarão 100% lá em Tóquio no ano que vem", planeja Silva.

Uma das principais iniciativas do CPB para esse período também foi bastante comentada pelos preparadores. É o Programa de Acompanhamento Técnico. "Queremos que eles se mantenham o máximo possível ativos. Para isso estamos oferecendo um suporte completo da nossa equipe multidisciplinar. Profissionais da área da fisioterapia, da nutrição e da psicologia estão à disposição dos nadadores. Programas individualizados são enviados. E o nosso pessoal também entra em contato para oferecer essa assistência. A gente quer que eles saibam que tudo aquilo que for feito agora, durante a quarentena, vai refletir nos resultados lá na frente", detalhou Tomasello. 

Ainda sensibilizado com o momento atual, Silva ponderou: "A gente nunca passou por isso. Tudo fugiu completamente do nosso controle. Os atletas nunca tinham ficado tanto tempo fora da água. Todos precisam ter a consciência de que o cuidado é fundamental. E é preciso se manter ativo para, quando os treinos voltarem, todos estarem fortalecidos e sem dores”. 

Calendários e reclassificações funcionais
"Sabemos que muitos dos nossos atletas ainda necessitam passar pelas reclassificações em nível nacional e internacional. Mas, infelizmente, não podemos confirmar os nossos próximos passos. As etapas nacionais do Circuito Caixa serão realizadas assim que tudo voltar ao normal. Mas, ainda sem datas definidas. A temporada do ano que vem, que seria repleta de campeonatos, com destaque para o Mundial e o Europeu, agora virou uma ‘interrogação’. A orientação é que todos mantenham a cabeça no lugar e sigam se preparando da melhor forma", pediu Tomasello.

Aclimatação
Os dois técnicos lembraram da participação dos brasileiros na Parapan-Pacífico, na Austrália, em agosto de 2018 para dizer que a ideia é seguir a mesma estratégia que foi utilizada naquela ocasião. "Sabemos que a resposta dos atletas é muito individual. Mas a nossa ideia é chegar no Japão com 30 dias de antecedência e fazer um trabalho focado nas necessidades de cada um deles. Temos os dados de todos os nossos treinos monitorados desde 2016. Isso faz muita diferença. Sabemos quando o atleta precisa descansar, quando ele precisa forçar. E vamos usar essa base de dados como orientação até os Jogos Paralímpicos " completou Felipe Silva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional

Diego Costa escapa da prisão na Espanha ao pagar multa 36 mil euros

04/06/2020 18:42
Covid-19: Virna, medalhista olímpica no vôlei, testa positivo
Coronavírus

Covid-19: Virna, medalhista olímpica no vôlei, testa positivo

01/06/2020 13:12
Covid-19: Virna, medalhista olímpica no vôlei, testa positivo
Brasil

Clubes e Confederação cancelam Brasileiro Masculino de Rugby XV

28/05/2020 16:10
Olimpíada pode ser cancelada se pandemia não for controlada, diz Bach
Olimpíadas

Olimpíada pode ser cancelada se pandemia não for controlada, diz Bach

21/05/2020 13:33
Olimpíada pode ser cancelada se pandemia não for controlada, diz Bach
Futebol brasileiro pode voltar no final de junho, afirma CBF
Futebol Brasileiro

Futebol brasileiro pode voltar no final de junho, afirma CBF

20/05/2020 16:34
Futebol brasileiro pode voltar no final de junho, afirma CBF
Últimas Notícias