Dourados – MS sábado, 18 de maio de 2024
18º
Esporte

Judô: Rafaela Silva conquista o bronze no Grand Slam de Tbilisi

Brasileira se recupera no ranking após dois anos suspensa por doping

03 Jun 2022 - 21h45Por Lincoln Chaves, TV Brasil
Rafaela Silva conquistou o bronze da categoria até 57 quilo - Crédito: Emanuele Di Feliciantonio/IJFRafaela Silva conquistou o bronze da categoria até 57 quilo - Crédito: Emanuele Di Feliciantonio/IJF

O judô brasileiro marcou presença no pódio do Grand Slam de Tbilisi (Geórgia) nesta sexta-feira (3). Campeã olímpica nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, Rafaela Silva conquistou o bronze da categoria até 57 quilos (kg) ao superar a francesa Priscilla Gneto no combate valendo a medalha.

O feito é especial para a carioca de 30 anos, que foi ao pódio de um Grand Slam pela primeira vez desde que retornou ao circuito, no ano passado, após passar duas temporadas afastada por conta de doping. A punição, inclusive, deixou-a fora da Olimpíada de Tóquio (Japão). Rafaela foi liberada para competir novamente em 24 de agosto de 2021 e obteve duas medalhas internacionais desde então: um ouro no Grand Prix de Almada (Portugal) - torneio abaixo do Grand Slam - e um bronze no Campeonato Pan-Americano e da Oceania, em Lima (Peru).

“Tive uma lesão há duas semanas e estava incerto se conseguiria lutar, mas estou muito feliz com meu processo. Espero que seja uma virada de chave e que engate mais medalhas nas próximas competições, independentemente da cor, pois são pontos que me darão a classificação olímpica”, declarou Rafaela em postagem da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) no Twitter.

A carioca ocupa, atualmente, o 18º lugar da categoria até 57 kg no ranking da Federação Internacional de Judô (IJF, na sigla em inglês). O terceiro lugar em Tbilisi renderá mais 500 pontos e deve aproximá-la do top dez. A competição é o último desafio do judô brasileiro antes do Campeonato Mundial de Tashkent (Uzbequistão), em outubro.

Rafaela estreou derrotando a turcomena Leyla Umidova. Na luta seguinte, foi superada pela sul-coreana Mimi Huh (que foi a campeã da categoria). Na repescagem, além de Gneto, a brasileira também bateu a cazaque Sevara Nishanbayeva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Amazonas e Paysandu empatam em 1 a 1 pela Série B do Brasileiro
Esporte

Amazonas e Paysandu empatam em 1 a 1 pela Série B do Brasileiro

18/05/2024 20:15
Amazonas e Paysandu empatam em 1 a 1 pela Série B do Brasileiro
Mundial de Atletismo paralímpico: Brasil lidera quadro de medalhas
Esporte

Mundial de Atletismo paralímpico: Brasil lidera quadro de medalhas

18/05/2024 18:15
Mundial de Atletismo paralímpico: Brasil lidera quadro de medalhas
Brasil derrota EUA por 3 sets a 1 na Liga das Nações Feminina
Esporte

Brasil derrota EUA por 3 sets a 1 na Liga das Nações Feminina

18/05/2024 17:45
Brasil derrota EUA por 3 sets a 1 na Liga das Nações Feminina
Seleção Sub-20 é convocada para Data Fifa de junho
Futebol

Seleção Sub-20 é convocada para Data Fifa de junho

17/05/2024 22:15
Seleção Sub-20 é convocada para Data Fifa de junho
Fifa anuncia plano global contra o racismo
Futebol

Fifa anuncia plano global contra o racismo

17/05/2024 22:00
Fifa anuncia plano global contra o racismo
Últimas Notícias