Dourados – MS domingo, 05 de julho de 2020
Dourados
28º max
15º min
Esporte

Douradense quebra recorde na natação

22 Set 2010 - 08h45
Douradense quebra recorde na natação -
Fonte: O Estado MS

O sul-mato-grossense Lucas Kanieski foi um dos destaques de ontem no primeiro dia das finais do Troféu José Finkel de natação, no Rio de Janeiro (RJ). O atleta que defende o Minas Tênis superou o principal adversário no país nos 1500 m livre, e ainda quebrou o recorde do campeonato. Quem também se destacou foi Cesar Cielo, do Flamengo, que bateu o recorde dos 50m na fase classificatória.

Kanieski, 19 anos, nadou os 1.500 em 14m49s40, e estabeleceu a nova marca para a competição disputada em piscina curta (25m). Ele superou o rival Luiz Rogério Arapiraca, da Unisanta, que fez em 15m00s28. A terceira posição foi de Esteban Paz, do Corinthians, com 15m12s66. O douradense pode ampliar sua coleção de medalhas, pois disputa ainda as provas dos 200, 400 e 800.

Além dele, mais quatro sul- mato-grossenses disputam a competição, que é seletiva para o Mundial de Piscina Curta, que acontecerá em Abu Dhabi. O companheiro de equipe Candido Júnior brigará por pódio nos 50 m livre e nos 50, 100 m estilo borboleta. Leonardo de Deus, do Pinheiros (SP), nadará os 100 m costas, 200 m livre e os 200 m borboleta, e Daniel Catelán, único que treina em Campo Grande, e defende o Corinthians-SP, tentará chegar às finais dos 400m.

O campeão olímpico e mundial Cesar Cielo voltou a quebrar o recorde do Troféu José Finkel, o Brasileiro de natação em piscina curta, nos 50 m livre ao cravar 21s00 na disputa das semifinais, ontem, no Parque Aquático Maria Lenk. Cielo, que nada pelo Flamengo, já havia quebrado o recorde do campeonato nas eliminatórias, segunda-feira, com 21s44. A marca anterior pertencia a Fernando Scherer, o Xuxa, desde 1998.

A decisão de medalhas nos 50 m livre será hoje, a partir das 9 horas (de Mato Grosso do Sul). “Gostei bastante do tempo, foi bom. Mas vamos ver se faço um 20s99 na final, só para quebrar essa barreira dos 21. O que eu queria mesmo era igualar o meu tempo em piscina longa (20s91, recorde mundial, com trajes tecnológicos), mas baixar um centésimo de segundo já está bom. Foi importante para dar confiança. Mas esse é um momento em que tudo fica bem cansativo por causa da temporada em longa. E estou nadando mais relaxado, deixando fluir... Está dando certo”, afirmou Cielo. ( Luciano Shakihama)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fluminense e Botafogo se enfrentam hoje pela semifinal da Taça Rio
Esporte

Fluminense e Botafogo se enfrentam hoje pela semifinal da Taça Rio

05/07/2020 10:09
Fluminense e Botafogo se enfrentam hoje pela semifinal da Taça Rio
Incerteza sobre futuro em meio a pandemia afeta categorias de base
Efeitos Covid-19

Incerteza sobre futuro em meio a pandemia afeta categorias de base

04/07/2020 15:00
Incerteza sobre futuro em meio a pandemia afeta categorias de base
Modalidade criada há um ano, airbadminton chega a Mato Grosso do Sul
ESPORTES

Modalidade criada há um ano, airbadminton chega a Mato Grosso do Sul

04/07/2020 08:13
Modalidade criada há um ano, airbadminton chega a Mato Grosso do Sul
COB cancela etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude
Jogos Escolares da Juventude

COB cancela etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude

24/06/2020 15:55
COB cancela etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude
Brasileiros dão show de solidariedade em ultramaratona virtual
Ultramaratona Virtual

Brasileiros dão show de solidariedade em ultramaratona virtual

15/06/2020 16:48
Brasileiros dão show de solidariedade em ultramaratona virtual
Últimas Notícias