Dourados – MS quarta, 21 de outubro de 2020
Dourados
34º max
21º min
Influx
Esporte

Cruzeiro se superou quando não teve Montillo em campo

09 Mai 2011 - 21h05
Montillo, meia-armador do Cruzeiro - Crédito: Foto: Washington Alves/VIPCOMMMontillo, meia-armador do Cruzeiro - Crédito: Foto: Washington Alves/VIPCOMM
BELO HORIZONTE (BH) - Sem poder contar com o meia argentino Montillo, que cumprirá suspensão, o técnico Cuca terá que mexer no meio-campo do Cruzeiro para a partida decisiva do próximo domingo, contra o Atlético-MG, às 16h, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, no segundo jogo da final do Campeonato Mineiro BMG. A equipe estrelada, que fez a melhor campanha da fase de clasificação, precisa de uma vitória simples para ficar com o título do Estadual.

E o Melhor Clube Brasileiro do Século XX terá que superar a ausência do titular absoluto e dono da camisa 10. Desde que chegou ao Cruzeiro, no ano passado, Walter Montillo disputou 41 jogos com a camisa azul e marcou 16 gols. O argentino, que foi expulso pela primeira vez pelo Clube, ficou de fora em sete ocasiões (por contusão ou sendo poupado), e o Cruzeiro mostrou a força de seu elenco e saiu vitorioso de campo nessas sete partidas. O ataque cruzeirense marcou 23 gols, enquanto a defesa sofreu apenas dois.

No ano passado, Montillo ficou de fora em duas rodadas consecutivas do Campeonato Brasileiro, na 20ª e 21ª, quando enfrentou Internacional-RS e Avaí-SC, respectivamente. A Raposa derrotou o time gaúcho em Uberlândia por 1 a 0 e fez 2 a 1 na equipe catarinense em Florianópolis-SC.

Já nesta temporada, o meia ficou de fora em cinco jogos, sendo quatro pelo Campeonato Mineiro BMG (contra Ipatinga, Democrata-GV, Funorte e América-TO) e um pela Copa Santander Libertadores (contra o Estuidiantes-ARG). O time cruzeirnese venceu todas as partidas. Pelo Estadual, Montillo só ficou de fora por opção do técnico Cuca, por não reunir condições físicas devido à sequência de partidas da equipe.

Já no jogo válido pela principal competição da América do Sul, Montillo não atuou porque ficou em Belo Horizonte para acompanhar a cirurgia do coração de seu filho, Santino. Mesmo assim, o elenco estrelado teve grande atuação e venceu o Estudiantes-ARG por 3 a 0 no estádio Ciudad de La Plata, na Argentina.


Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul

Em formato on-line, Fundesporte promove o Festival da Melhor Idade de MS na modalidade dança de salão

21/10/2020 08:15
Libertadores: Fla encara Júnior Barranquilla para se manter líder
Futebol

Libertadores: Fla encara Júnior Barranquilla para se manter líder

21/10/2020 07:58
Libertadores: Fla encara Júnior Barranquilla para se manter líder
Série B: Felipão estreia com vitória no Cruzeiro
Esporte

Série B: Felipão estreia com vitória no Cruzeiro

21/10/2020 07:18
Série B: Felipão estreia com vitória no Cruzeiro
Berger diz que brasileiro foi o melhor
F1

Berger diz que brasileiro foi o melhor

19/10/2020 10:32
Berger diz que brasileiro foi o melhor
Futebol

Elenco do Barcelona não aceita redução salarial e envia documento à direção

19/10/2020 10:15
Últimas Notícias