Dourados – MS terça, 07 de julho de 2020
Dourados
31º max
17º min
Esporte

Corinthians derrota o Vasco e segue líder

07 Jul 2011 - 09h01
Paulinho festeja: 'plebeus' viram o jogo para o
Corinthians - Crédito: Foto: JF Diorio / Ag. EstadoPaulinho festeja: 'plebeus' viram o jogo para o Corinthians - Crédito: Foto: JF Diorio / Ag. Estado
Fonte: globoesporte


O cetro e a coroa estavam preparados para Juninho Pernambucano, mas dois “plebeus” trataram de manter o Corinthians na liderança do Campeonato Brasileiro e acabar com a festa pelo retorno do meio-campista ao Vasco. Depois de um susto com o gol do Reizinho logo a um minuto, em falha do goleiro Julio Cesar, o invicto Timão contou com os pouco badalados Ralf e Paulinho para virar o jogo, vencer por 2 a 1 e segurar o primeiro lugar na classificação.

A reestreia do ídolo vascaíno e o gol marcado por ele logo no início não foram capazes de atrapalhar a grande fase corintiana no torneio nacional. O Timão controlou rapidamente o jogo, inverteu a vantagem no placar e arrancou para o quarto triunfo consecutivo.

Mesmo com um jogo a menos (enfrenta o Santos em 10 de agosto, pela quinta rodada), o clube chega aos 19 pontos e aumenta de um para três a vantagem sobre o segundo colocado, o Flamengo. No domingo, visita o Atlético-GO, às 16h, no Serra Dourada, em Goiânia.

Campeão da Copa do Brasil e garantido na Libertadores 2012, o Vasco tenta não se acomodar na competição, mas acumula sua segunda derrota consecutiva. Com isso, cai para o décimo lugar, com 11 pontos, e enfrenta o Internacional, sábado, às 18h30m, em São Januário.

Reizinho marca, mas plebeus brilham


Tite passou os últimos dias alertando os jogadores do Corinthians sobre os riscos de cometer faltas próximas da área. Juninho Pernambucano, mestre no quesito, estaria lá em seu primeiro jogo desde o retorno ao Vasco. Mas não houve tempo para calcular o perigo. Com apenas dois minutos, o Reizinho mostrou suas armas, com a colaboração de Julio Cesar. Em disparo da intermediária, a bola tocou o chão dentro da pequena área e traiu o goleiro corintiano no canto direito. Festa para a pequena torcida carioca presente no Pacaembu.

Por dez minutos, a ambiciosa estratégia de Ricardo Gomes deu certo. Romulo era o único volante, mas ganhava a ajuda de toda a equipe, recuada em seu campo de defesa durante os ataques rivais. Juninho, aos 36 anos, mostrou bom desempenho na marcação e na armação das jogadas. Já Eder Luis, posicionado aberto pelo lado direito do ataque, freou as descidas do lateral-esquerdo Fábio Santos, uma das principais jogadas do Timão.

O pouco espaço dos atacantes corintianos permitiu que os volantes aparecessem mais. Ralf, como de costume, foi muito eficiente na proteção aos defensores, arrancando gritos da torcida a cada dividida. Mas, desta vez, o “cão de guarda” se destacou no ataque para superar Fernando Prass, autor de duas lindas defesas logo no início. A cota de milagres acabou aos 21 minutos quando, em rebote na entrada da área, o volante chutou forte no canto direito. A bola passou por baixo do goleiro e morreu na rede.

O Vasco se assustou com a velocidade do Corinthians e se atrapalhou na tentativa de jogar nos contra-ataques. Diego Souza, Alecsandro e Eder Luis não conseguiram segurar a bola na frente e permitiram que a equipe fosse encurralada. Novamente, um volante apareceu no sistema ofensivo para colocar o Timão em vantagem, aos 42. Paulinho recebeu de Danilo, invadiu a área e tocou bonito no canto direito.

Timão pisa no freio, mas Vasco não aproveita


A pressão exercida pelo Corinthians no primeiro tempo diminuiu. Claramente, Tite tentou controlar o resultado para jogar nos contra-ataques. O Vasco reapareceu apostando nos espaços dados pelos laterais adversários. A primeira grande chance, porém, veio em bola parada, aos 14. Juninho cobrou falta pela direita, Alecsandro tentou desviar e bola saiu muito próxima da trave.

Como aconteceu contra o Bahia, o setor ofensivo do Corinthians perdeu rendimento. Danilo caiu de produção e levou com ele Jorge Henrique e Liedson. Tite colocou Emerson no lugar de Willian e ouviu das arquibancadas a torcida pedir a entrada de Alex. Do outro lado, Ricardo Gomes sacou o apagado Diego Souza e colocou Bernardo.

Alex entrou na vaga de Danilo, no Timão, e deu mais movimentação ao ataque corintiano. Em cobrança de falta, aos 30, fez Prass trabalhar. O Vasco não se entregava, mas tinha dificuldades de concluir com eficiência. O lance de maior perigo da equipe carioca foi em uma cobrança de falta de Bernardo, aos 44, que carimbou a trave esquerda de Julio Cesar. Depois disso, não havia mais tempo para o visitante reagir: vitória do líder, em dia de gols do "plebeus".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fluminense e Botafogo se enfrentam hoje pela semifinal da Taça Rio
Esporte

Fluminense e Botafogo se enfrentam hoje pela semifinal da Taça Rio

05/07/2020 10:09
Fluminense e Botafogo se enfrentam hoje pela semifinal da Taça Rio
Incerteza sobre futuro em meio a pandemia afeta categorias de base
Efeitos Covid-19

Incerteza sobre futuro em meio a pandemia afeta categorias de base

04/07/2020 15:00
Incerteza sobre futuro em meio a pandemia afeta categorias de base
Modalidade criada há um ano, airbadminton chega a Mato Grosso do Sul
ESPORTES

Modalidade criada há um ano, airbadminton chega a Mato Grosso do Sul

04/07/2020 08:13
Modalidade criada há um ano, airbadminton chega a Mato Grosso do Sul
COB cancela etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude
Jogos Escolares da Juventude

COB cancela etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude

24/06/2020 15:55
COB cancela etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude
Brasileiros dão show de solidariedade em ultramaratona virtual
Ultramaratona Virtual

Brasileiros dão show de solidariedade em ultramaratona virtual

15/06/2020 16:48
Brasileiros dão show de solidariedade em ultramaratona virtual
Últimas Notícias