Dourados – MS domingo, 12 de julho de 2020
Dourados
32º max
17º min
Timão

Clássico prova que já há um novo Corinthians e Tiago Nunes se arma contra críticas

17 Fev 2020 - 07h29Por Terra
Clássico prova que já há um novo Corinthians e Tiago Nunes se arma contra críticas -

O Corinthians ainda não venceu fora de casa, foi eliminado na Copa Libertadores e tem oscilado nesse início de temporada. Mas, o clássico contra o São Paulo serviu para provar que Tiago Nunes está começando a dar sua cara ao time.

Contratado para romper com uma filosofia de jogo adotada pelo clube nos últimos anos, o treinador tem sofrido com o calendário apertado. Após 40 dias de trabalho, só agora a nova comissão técnica corintiana terá sua primeira semana livre para treinos e recuperação dos atletas.

Apesar dos percalços, a postura do Corinthians no Morumbi, no último sábado, apresentou bons sinais, principalmente se a comparação for feita com o embate anterior entre Corinthians e São Paulo, também no Morumbi.

Relembre
À época comandado por Fábio Carille, o Timão foi derrotado por 1 a 0 e amplamente dominado pelo rival no duelo válido pelo Campeonato Brasileiro. Foram apenas cinco finalizações, duas no alvo, mesmo com 45% de posse de bola e 467 passes trocados.

Na ocasião, o Tricolor chutou 20 vezes contra Cássio, teve 55% de posse de bola e trocou 568 passes. Reinaldo marcou o único gol do confronto.

Mudança radical
Agora com Tiago Nunes, mesmo com menos de três dias para se recuperar de uma decisão de Libertadores em que teve de jogar com um homem a menos desde os 28 minutos do primeiro tempo, o Corinthians conseguiu encarar o São Paulo frente a 44 mil torcedores.

Foram 11 finalizações, sendo que as duas oportunidades mais claras do jogo acabaram desperdiçadas por Boselli. E dos 11 chutes saíram duas grandes defesas de Tiago Volpi.

O Corinthians também conseguiu ficar mais com a bola, 51% do tempo, e trocou 427 passes. Foram menos passes, mais posse de bola e mais chutes ao gol em comparação com a equipe de Carille, ou seja, um time muito mais incisivo e perigoso ao adversário.

A questão é que essa postura também permitiu ao São Paulo jogar e agredir. No último sábado, o time de Fernando Diniz chutou 21 bolas ao gol, acertou cinco no alvo, também obrigou Cássio a brilhar, e trocou 408 passes nos 49% que teve de posse de bola.

Aviso para os imediatistas
No Morumbi, Cássio chegou a falar sobre o que vem sendo desenvolvido em 2020 no clube. E Tiago Nunes deixou claro que vai precisar de tempo e paciência para os erros, que segundo o técnico, vão acontecer em função das circunstâncias: troca de filosofia, de elenco e pouco tempo para treinar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com presença de campeã olímpica, fórum on-line discute políticas públicas de incentivo ao esporte escolar
ESPORTE

Com presença de campeã olímpica, fórum on-line discute políticas públicas de incentivo ao esporte escolar

11/07/2020 12:03
Com presença de campeã olímpica, fórum on-line discute políticas públicas de incentivo ao esporte escolar
Futebol

Fifa adia início das eliminatórias sul-americanas para outubro

10/07/2020 17:49
CBF anuncia novo calendário do futebol brasileiro
Futebol

CBF anuncia novo calendário do futebol brasileiro

09/07/2020 17:58
CBF anuncia novo calendário do futebol brasileiro
Vôlei: Equipes femininas iniciam movimentações para próxima temporada
Esporte

Vôlei: Equipes femininas iniciam movimentações para próxima temporada

08/07/2020 16:52
Vôlei: Equipes femininas iniciam movimentações para próxima temporada
Fluminense e Botafogo se enfrentam hoje pela semifinal da Taça Rio
Esporte

Fluminense e Botafogo se enfrentam hoje pela semifinal da Taça Rio

05/07/2020 10:09
Fluminense e Botafogo se enfrentam hoje pela semifinal da Taça Rio
Últimas Notícias