Dourados – MS quinta, 17 de junho de 2021
Dourados
21º max
15º min
ESPORTES

Brasil revê palco de crise da 1ª era Dunga. Fifa, Lula e Galvão cornetaram

28 Mar 2016 - 10h11
Entrevista com Dunga - Convocação para Eliminatórias da Copa, em setembro de 2008.
Foto: Divulgação - Entrevista com Dunga - Convocação para Eliminatórias da Copa, em setembro de 2008. Foto: Divulgação -
O Brasil volta a Assunção nesta segunda-feira (29), para encarar os donos da casa pela 6ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, que vai acontecer na Rússia. O Estádio Defensores del Chaco, palco da partida de terça (29), foi justamente o local em que a primeira Era Dunga viveu de perto uma grande crise.

Derrotada pelo Paraguai por 2 a 0, no dia 15 de junho de 2008, a seleção voltou para casa sob críticas de todos os lados. O time, que caiu para gols de Cabañas e Roque Santa Cruz, tinha a seguinte formação: Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan e Gilberto; Gilberto Silva, Mineiro e Josué; Diego, Robinho e Luís Fabiano.

A derrota agravou o vexame da primeira derrota na história da seleção para a Venezuela, que acontecera dias antes em um amistoso nos Estados Unidos e colocou em xeque a escolha do treinador em escalar três volantes defensivos. Não à toa, Roque Santa Cruz até usou os microfones para afirmar que ninguém mais respeitava o Brasil como antigamente.

Galvão Bueno se revoltou na TV Globo, disparou críticas a todos, especialmente ao treinador, e disse que via uma equipe jogando como time pequeno. Até mesmo o então presidente Lula entraria para o time dos críticos da seleção e usou a raça dos argentinos como exemplo a ser seguido. Depois, afirmou que até o Corinthians, seu time de coração, faria melhor do que o apresentado pelos que vestiam a amarelinha.

A situação foi piorando. Em um empate sem gols com um péssimo futebol apresentado diante da Argentina, o técnico ouviu um Mineirão o chamando de jumento em coro. Foram três jogos sem marcar nenhum gol e com quatro sofridos. O site da Fifa divulgou uma notícia classificando a situação vivida pela seleção verde e amarela de inadmissível.

A vitória na sequência por 3 a 0 contra o Chile amenizou, mas logo foi esquecida após péssimos resultados dentro de casa. A seleção empatou por 0 a 0 com Colômbia e com Bolívia e o treinador voltou a ser alvo da torcida do Rio de Janeiro, palco dos dois jogos brasileiros. O grito de "Adeus, Dunga" se tornou famoso e marca registrada de todas as partidas dali para frente.

Nunca o Brasil havia sofrido tanto para vencer dentro de casa como acontecia naquela competição. O time terminou ano sem marcar nenhum gol nas Eliminatórias atuando como mandante.

A volta por cima começou na vitória por 6 a 2 em amistoso contra Portugal, em novembro de 2008, seguido de triunfo por 2 a 0 em outro amistoso contra a Itália. O time reagiu, teve importantes vitórias nas Eliminatórias como o expressivo 4 a 0 em cima do Uruguai, um 3 a 0 no Peru e se consolidou ao ser campeão da Copa das Confederações em uma vitória de virada por 3 a 2 contra os Estados Unidos. Depois, ainda seria 1º colocado da Copa América.

Nesta segunda-feira, Dunga comanda o último treino antes de viajar para Assunção. Ele terá a chance de treinar mais uma vez a equipe que terá desfalques de Neymar e David Luiz. No domingo, no primeiro trabalho após o empate por 2 a 2 contra o Uruguai, ele escolheu Gil e Ricardo Oliveira como os principais substitutos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seleção brasileira de judô é definida para a Olimpíada e atleta de MS estará na preparação final no Japão
Esporte

Seleção brasileira de judô é definida para a Olimpíada e atleta de MS estará na preparação final no Japão

17/06/2021 13:00
Seleção brasileira de judô é definida para a Olimpíada e atleta de MS estará na preparação final no Japão
Brasil enfrente seleção peruana no Nilton Santos pela Copa América
Esporte

Brasil enfrente seleção peruana no Nilton Santos pela Copa América

17/06/2021 10:00
Brasil enfrente seleção peruana no Nilton Santos pela Copa América
Esporte

Japão decidirá este mês se permitirá público local na Olimpíada

16/06/2021 17:00
Promessa brasileira da maratona treina com quenianos antes de estreia olímpica
Esportes

Promessa brasileira da maratona treina com quenianos antes de estreia olímpica

16/06/2021 12:00
Promessa brasileira da maratona treina com quenianos antes de estreia olímpica
Esporte

Ministério da Saúde confirma 41 casos de covid-19 na Copa América

15/06/2021 12:00
Últimas Notícias