Dourados – MS quinta, 17 de janeiro de 2019
WhatsApp
WhatsApp
Esporte

Brasil ganha de Peru em estreia na Copa Internacional

15 Jul 2011 - 11h11
Fabiana ataca na vitória sobre a seleção peruana nesta quinta-feira em Brasília - Crédito: Foto: Divulgação / CBVFabiana ataca na vitória sobre a seleção peruana nesta quinta-feira em Brasília - Crédito: Foto: Divulgação / CBV
O Brasil estreou com extrema tranquilidade na Copa Internacional Feminina de Vôlei na noite desta quinta-feira. Contando com os retornos de Mari – que voltou à seleção e foi titular – e de Natália – que entrou durante a partida após se recuperar de uma cirurgia na canela esquerda – a seleção derrotou o Peru por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/15 e 25/13, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília.

- Foi tranquilo (o retorno). Eu realmente precisava de uns dias, mas estou feliz de estrear depois de tanto tempo. Agora é encaixar o time o mais rápido possível – disse Mari, que não defendia a seleção desde o último Grand Prix.

Após o jogo, José Roberto Guimarães reclamou da fragilidade das peruanas.

- Esperávamos uma maior resistência das peruanas, até para pegarmos mais ritmo de jogo. Seria mais difícil jogarmos contra o nosso time B - disse o técnico.

Nesta sexta-feira, o Brasil enfrenta o Japão, que também ganhou na sua estreia. O jogo será novamente disputado no Nilson Nelson, às 18h30m (de Brasília). Às 16h, Itália e Peru fazem duelo dos times derrotados nesta quinta. O SporTV transmite os dois confrontos.

De volta à seleção, Mari começou como titular e foi a primeira jogadora do Brasil a sacar. Ficou ali por um bom tempo, já que a seleção rapidamente abriu 6/0. A tranquilidade se transformou em certa acomodação e, após erros bobos, a distância caiu para três (8/5). Mas não demorou para as donas da casa retomarem o controle do jogo. No segundo tempo técnico, a vantagem já era de nove pontos (16/7), e ela apenas aumentou até a equipe verde e amarela fechar o primeiro set em 25/14.

A seleção demorou a engrenar no segundo set e deixou as peruanas equilibrarem a partida. Mas, quando o time se acertou, o jogo virou outro passeio. Melhor para o técnico José Roberto Guimarães, que pôde fazer testes, e para as reservas, que ganharam uma chance. Fabíola, Sassá, Juliana Nogueira e Natália entraram em quadra e mantiveram o ritmo: 25/15.

O terceiro set foi o mais tranquilo. Mais concentrado no jogo, o Brasil não deu qualquer chance para o adversário e a diferença que era de cinco pontos no primeiro tempo técnico (8/3), já era de dez no segundo (16/6). Tandara, estreante na seleção principal, e Adenízia foram as últimas reservas a ganhar uma chance na parcial vencida com facilidade por 25/13.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Parcela de brasileiros que praticam exercícios físicos aumenta 24%
Bem Estar

Parcela de brasileiros que praticam exercícios físicos aumenta 24%

26/12/2018 08:29
Parcela de brasileiros que praticam exercícios físicos aumenta 24%
Al Ain vence River Plate nos pênaltis e vai à final do Mundial de Clubes
Mundial de clubes

Al Ain vence River Plate nos pênaltis e vai à final do Mundial de Clubes

19/12/2018 08:37
Al Ain vence River Plate nos pênaltis e vai à final do Mundial de Clubes
Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe
Esporte

Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe

18/12/2018 08:00
Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe
Real Madrid parte para Abu Dhabi em busca do terceiro Mundial consecutivo
Mundial de clubes

Real Madrid parte para Abu Dhabi em busca do terceiro Mundial consecutivo

17/12/2018 08:02
Real Madrid parte para Abu Dhabi em busca do terceiro Mundial consecutivo
Atlético-PR vence Junior-COL nos pênaltis e é campeão com recorde de público
Sulamericana

Atlético-PR vence Junior-COL nos pênaltis e é campeão com recorde de público

13/12/2018 08:11
Atlético-PR vence Junior-COL nos pênaltis e é campeão com recorde de público
Últimas Notícias