Dourados – MS quinta, 04 de março de 2021
Dourados
33º max
22º min
Cassems
Volei

Alison e Bruno vencem e passam às oitavas no Rio

11 Ago 2016 - 10h20
Imagem mostra disputa de Alison contra Carambula na areia de Copacabana durante a partida. - Crédito: Foto: APImagem mostra disputa de Alison contra Carambula na areia de Copacabana durante a partida. - Crédito: Foto: AP
A dupla brasileira do vôlei de praia Alison Cerutti e Bruno Oscar Schmidt venceu ontem os italianos Alex Ranghieri e Adrian Raurich, por 2 sets a 0, garantindo vaga nas oitavas de final. O jogo começou às 15h30 na Arena Vôlei de Praia, em Copacabana.


O jogo de ontem foi o último da dupla na primeira fase. Antes, os brasileiros haviam vencido um e perdido outro jogo pelo Grupo A. No sábado (6), Alison e Bruno venceram os canadenses Josh Binstock e Samuel Schachter por 2 sets a 0; e na segunda-feira (8) perderam para os austríacos Clemens Doppler e Horst por 2 sets a 1.


Todos os primeiros e segundos colocados de cada uma das seis chaves avançam direto para as oitavas de final. Passam direto também os dois melhores terceiros lugares de cada grupo. Os demais tentam a classificação na repescagem.


As partidas das oitavas de final serão disputadas amanhã e sábado.


A outra dupla brasileira – Pedro Solberg e Evandro Gonçalves – na competição está no Grupo D e joga hoje contra a Letônia e precisa vencer para tentar escapar da repescagem.


Cada vitória vale dois pontos. A derrota vale um. Passam de fase direto para as oitavas de final os primeiros e segundos colocados de cada um dos seis Grupos, que vão de A até F. Além deles, avançam diretamente para a próxima fase os dois melhores terceiros colocados. Os quatro piores terceiros colocados vão para a repescagem, que será na quinta-feira. Dela, saem dois times. Ao todo, são 24 duplas em cada gênero. Após a fase de grupos, teremos um total de 14 parcerias (contando os dois que vencerem na repescagem).


Polêmica


Após salvar uma bola complicada em quadra, o jogador Adrian Carambula, da Itália, fez um gesto obsceno em direção à torcida brasileira. No finzinho do jogo, ele apontou para os próprios órgãos genitais e mostrou a quem estava na arquibancada.


Na zona mista, confirmou à imprensa que quis dizer: "Tenho colhões grandes". Mas de nada adiantou a irritação do atleta, que nasceu no Uruguai e depois se naturalizou italiano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Japão decide este mês sobre presença de público estrangeiro nos Jogos
Esporte

Japão decide este mês sobre presença de público estrangeiro nos Jogos

03/03/2021 15:00
Japão decide este mês sobre presença de público estrangeiro nos Jogos
Corinthians sofre surto de covid-19 um dia antes de jogo com Palmeiras
Futebol

Corinthians sofre surto de covid-19 um dia antes de jogo com Palmeiras

03/03/2021 08:31
Corinthians sofre surto de covid-19 um dia antes de jogo com Palmeiras
Último brasileiro campeão, Di Grassi prevê edição atípica
Fórmula E

Último brasileiro campeão, Di Grassi prevê edição atípica

02/03/2021 11:07
Último brasileiro campeão, Di Grassi prevê edição atípica
Time douradense estreia campeonato estadual com vitória
Campeonato Estadual

Time douradense estreia campeonato estadual com vitória

01/03/2021 09:43
Time douradense estreia campeonato estadual com vitória
Palmeiras vence Grêmio e sai na frente no 1º jogo da final
Copa do Brasil

Palmeiras vence Grêmio e sai na frente no 1º jogo da final

01/03/2021 07:39
Palmeiras vence Grêmio e sai na frente no 1º jogo da final
Últimas Notícias