Dourados – MS quinta, 28 de outubro de 2021
Dourados
32º max
21º min
Ranking Valor Econômico
Economia

Preço do cacau dispara após suspensão das exportações da Costa do Marfim

24 Jan 2011 - 13h40
 Preço do cacau dispara após suspensão das exportações da Costa do Marfim -


LONDRES, 24 Jan 2011 (AFP) -Os preços do cacau dispararam em Londres e Nova York nesta segunda-feira, depois que o governo de Alassane Ouattara, presidente eleito da Costa do Marfim reconhecido pela comunidade internacional, ordenou a suspensão imediata das exportações por um mês.

No mercado NYBoT-ICE de Nova York, a tonelada de cacau para entrega em março subiu a 3.393 dólares, recorde máximo desde janeiro de 2010.

Enquanto isso, na Liffe de Londres, o cacau com o mesmo vencimento chegou a 2.307 libras por tonelada, cotação mais alta desde agosto do ano passado.

Os temores dos operadores sobre uma intensificação da crise política na Costa do Marfim, maior produtor e exportador mundial, já haviam contribuído na semana passada para uma alta de 14% dos preços do cacau.

Com a ordem de suspensão das exportações de cacau e café, Ouattara tenta asfixiar economicamente Laurent Gbagbo, presidente que se recusa a deixar o poder e não reconhece sua derrota nas eleições.

As exportações de cacau e café representam cerca de 20% do PIB (Produto Interno Bruto) da Costa do Marfim e pelo menos 40% da renda total de exportações.

jug-ra/ap


(g1.com)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia

IBGE: desemprego cai para 13,2% no trimestre encerrado em agosto

27/10/2021 16:00
Preços da indústria têm inflação de 0,40%, revela pesquisa do IBGE
Economia

Preços da indústria têm inflação de 0,40%, revela pesquisa do IBGE

27/10/2021 13:00
Preços da indústria têm inflação de 0,40%, revela pesquisa do IBGE
Custo da construção sobe 0,80% em outubro, informa FGV
Economia

Custo da construção sobe 0,80% em outubro, informa FGV

26/10/2021 13:00
Custo da construção sobe 0,80% em outubro, informa FGV
Economia

Preços de gasolina e diesel aumentam hoje nas refinarias

26/10/2021 08:00
Economia

Mercado prevê que taxa básica de juros feche o ano em 8,75%

25/10/2021 15:00
Últimas Notícias