Dourados – MS sexta, 15 de novembro de 2019
Dourados
32º max
20º min
Economia

Pesquisa detecta tendências do comportamento do consumidor

08 Nov 2019 - 20h00Por Redação
Pesquisa detecta tendências do comportamento do consumidor - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

De acordo com o Global Consumer Insights Survey 2019 – um estudo mundial que apresenta a evolução da digitalização do varejo global e brasileiro nos últimos anos – 23% dos brasileiros têm o hábito de fazer compras online, semanalmente, enquanto 34% já as fazem mensalmente. O grande destaque da pesquisa vai para o consumo via smartphone, que em 2019 atingiu o ápice, fazendo parte do hábito de 50% dos brasileiros. A pesquisa do Global Consumer Insights objetiva evidenciar as mudanças do comportamento de consumo.

Cabe destacar que mesmo com a presença cada vez mais constante da digitalização do mercado, as lojas físicas se mantêm como canal de maior representatividade, com 62%, o que mostra a resiliência do varejo físico e sua capacidade de adaptação aos gostos dos clientes que, cada vez mais exigentes, escolhem os canais preferidos, segundo sua necessidade.

Para o presidente do Sistema Fecomércio-MS, Edison Araújo, as tendências indicam que a loja física caminhará junto com a loja digital. Isto porque a parte humana do negócio, o encantamento do cliente, exigirá o contato presencial. “O varejo tem forte apelo no contato corpo-a-corpo, culturalmente o consumidor brasileiro prefere conhecer o produto físico e ainda há muito fôlego para as lojas físicas”. Ele adverte: “É o momento de o empresário mostrar o bom atendimento, item sempre presente nas nossas pesquisas sazonais como um dos três que definem o desejo de compra do cliente. É aí que se pode fidelizá-lo e criar um bom relacionamento para futuros negócios”.

A economista do IPF MS, Daniela Dias destaca para o uso frequente das redes sociais pelos consumidores. O brasileiro, segundo a pesquisa, está mais conectado e – mais do que a média global, está aberto ao uso de aplicativos para toda transação financeira (pagar contas, consultar faturas do cartão, monitorar os indicadores de saúde, fazer compras, etc.) “Os consumidores esperam que a jornada de compra seja efetuada mesma facilidade e rapidez, independentemente do canal que está sendo utilizado. O desafio será sempre oferecer a melhor experiência ao cliente”.

 

Fonte: Fecomercio

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dólar volta a fechar no segundo maior valor desde criação do real
Economia

Dólar volta a fechar no segundo maior valor desde criação do real

14/11/2019 23:38
Dólar volta a fechar no segundo maior valor desde criação do real
Cota livre de impostos para compras no Paraguai sobe para 500 dólares
Compras

Cota livre de impostos para compras no Paraguai sobe para 500 dólares

14/11/2019 12:13
Cota livre de impostos para compras no Paraguai sobe para 500 dólares
Reinaldo sancionou hoje o pacote que prevê aumento de até 153% para o Fundersul
Aumento de impostos

Reinaldo sancionou hoje o pacote que prevê aumento de até 153% para o Fundersul

14/11/2019 11:34
Reinaldo sancionou hoje o pacote que prevê aumento de até 153% para o Fundersul
Abono do PIS-Pasep para os nascidos em novembro começa hoje
Dinheiro na mão

Abono do PIS-Pasep para os nascidos em novembro começa hoje

14/11/2019 09:08
Abono do PIS-Pasep para os nascidos em novembro começa hoje
Com desemprego e crise, cresce 21% número de MEIs em Dourados
Empreendedor individual

Com desemprego e crise, cresce 21% número de MEIs em Dourados

14/11/2019 08:58
Com desemprego e crise, cresce 21% número de MEIs em Dourados
Últimas Notícias