Dourados – MS quarta, 27 de janeiro de 2021
Dourados
31º max
22º min
Influx
economia

MS tem a sétima taxa de desemprego no terceiro trimestre do ano

28 Nov 2020 - 11h05Por Redação
MS tem a sétima taxa de desemprego no terceiro trimestre do ano - Crédito: Agência Brasil Crédito: Agência Brasil

O Estado de Mato Grosso do Sul terminou o terceiro trimestre de 2020 com a sétima menor taxa de desocupação do país. O índice ficou em 11,5%, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgados nesta sexta-feira (27), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo a PNAD, dos 1,32 milhão de pessoas que estavam na força de trabalho no estado no período, 1,17 milhão estavam ocupadas e 153 mil desocupadas. Na avaliação do IBGE, a taxa registrada no terceiro trimestre ficou estável na comparação ao segundo trimestre do ano, quando o índice ficou em 11,4%.

Registraram índices menores que Mato Grosso do Sul somente: Santa Catarina, com 6,6%, Mato Grosso com 9,9%, Paraná com 10,2%, Rio Grande do Sul com 10,3%, Pará com 10,9% e Rondônia com 11,4%.

Playvolume00:00/01:04douradosagoraTruvid

O índice de Mato Grosso do Sul também ficou abaixo da taxa nacional, que chegou a 14,6%, uma alta de 1,3 ponto percentual na comparação com o trimestre anterior, que foi de 13,3%.

No primeiro trimestre do ano, o estado registrou a segunda menor taxa de desocupação do país, no segundo trimestre caiu para a oitava menor e no terceiro trimestre subiu uma posição.

Outros dados

A PNAD também apontou que Mato Grosso do Sul no terceiro trimestre do ano teve o nono maior percentual de trabalhadores com carteira assinada.

Em números absolutos, são 805 mil empregados no estado, sendo 525 mil no setor privado, 405 mil com carteira assinada e 119 mil sem carteira. O percentual de empregados com carteira de trabalho assinada era de 77,1% do total de empregados no setor privado.

O percentual de trabalhadores formais está ligeiramente acima da média nacional, que, nesse trimestre, foi de 76,5%. Os maiores percentuais estavam em Santa Catarina (90,5%), Paraná (85,1%), Rio Grande do Sul (84,3%) e São Paulo (82,3%), e os menores, no Piauí (54,1%), Pará (53,9%) e Maranhão (51,3%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mesmo com pandemia, MS bate média recorde com 21 novas empresas abertas por dia em 2020
economia

Mesmo com pandemia, MS bate média recorde com 21 novas empresas abertas por dia em 2020

27/01/2021 07:54
Mesmo com pandemia, MS bate média recorde com 21 novas empresas abertas por dia em 2020
Alan Guedes anuncia antecipação da 1° parcela dos salários que foram escalonados
Dourados

Alan Guedes anuncia antecipação da 1° parcela dos salários que foram escalonados

26/01/2021 17:11
Alan Guedes anuncia antecipação da 1° parcela dos salários que foram escalonados
Projeto permite saque emergencial do FGTS por trabalhadores do Amapá
economia

Projeto permite saque emergencial do FGTS por trabalhadores do Amapá

26/01/2021 17:04
Projeto permite saque emergencial do FGTS por trabalhadores do Amapá
Novos investimentos no Centro-Oeste gerarão cerca de 23 mil empregos
Economia

Novos investimentos no Centro-Oeste gerarão cerca de 23 mil empregos

26/01/2021 15:22
Novos investimentos no Centro-Oeste gerarão cerca de 23 mil empregos
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
Economia

Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas

26/01/2021 10:49
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
Últimas Notícias