Dourados – MS sexta, 24 de maio de 2024
19º
Cidade Empreendedora

Longen reforça desafio de fortalecer geração de empregos em MS

O programa Cidade Empreendedora é importante para ampliar a qualificação de mão de obra no Estado

09 Mai 2022 - 16h00Por Assessoria/Fiems
Longen destaca a importância do programa Cidade Empreendedora - Longen destaca a importância do programa Cidade Empreendedora -

Ao participar, nesta segunda-feira (09/05), da assinatura do contrato de 11 novos municípios que irão integrar o 3º ciclo do programa Cidade Empreendedora, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, que também preside o Conselho Deliberativo do Sebrae/MS, destacou que a parceria com as cidades será fundamental para resolver um dos principais desafios nessa retomada, que é fortalecer a geração de empregos em Mato Grosso o Sul.

Na avaliação de Longen, o programa Cidade Empreendedora é importante para ampliar a qualificação de mão de obra no estado. “Nós estamos buscando quem está à procura de emprego. Vamos melhorar a qualificação e encaminhar quem quer e precisa para o mercado de trabalho. Precisamos da ajuda das prefeituras nessa missão e, em parceria, vamos levar ainda mais o empreendedorismo para todo Mato Grosso do Sul”, afirmou.

Ainda conforme o presidente da Fiems, o estado vive o pleno emprego e há cerca de 20 mil vagas disponíveis. “Precisamos gerar e efetivar essas oportunidades para uma retomada plena da economia. Para isso, lançaremos em breve um programa totalmente voltado para quem procura emprego e para quem precisa contratar profissionais”, adiantou.

Cidade Empreendedora busca desenvolver municípios de MS

Para o diretor superintendente do Sebrae, Cláudio Mendonça, o Cidade Empreendedora é a oportunidade para desenvolver os municípios por meio do empreendedorismo. “Nossa missão é levar oportunidade para os municípios. Conseguimos excelentes resultados nos 22 municípios já atendidos pelo programa, e agora vamos para um novo desafio. Vamos fazer tudo isso com esse exército de parceiros que estão conosco”.

Os novos municípios que integram o Ciclo 2022/2023 são Água Clara, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Caarapó, Coxim, Naviraí, Nioaque, Pedro Gomes, Ponta Porã e Santa Rita do Pardo.Dessas novas cidades, duas estão participando do programa pela segunda vez: Bataguassu e Santa Rita do Pardo. Os dois municípios fizeram parte do primeiro ciclo do Cidade Empreendedora executado entre 2019 e 2020.

O prefeito de Nioaque e também presidente da Assomasul (Associação dos municípios de Mato Grosso do Sul), Valdir Junior, classificou o Cidade Empreendedora como uma oportunidade única aos municípios. “É uma felicidade estar aqui e firmar essa parceria com esse programa tão importante que traz um plano de trabalho para nos ajudar a aproximar os gestores da população e trazer desenvolvimento aos municípios”.

Programa é realizado pelo Sebrae em parceria com a Fiems

Em 2021, foram 83.619 atendimentos realizados aos empresários por meio do Cidade Empreendedora e mais de 20 mil CNPJs distintos foram contemplados, cerca de 14 mil pequenos negócios diferentes foram visitados pelos agentes. A capacitação itinerante levada para os municípios pela Fiems em parceria com o Sebrae, disponibilizou 7 unidades móveis equipadas com maquinários de ponta com 36 opções de cursos gratuitos para a população. Em 2021, 4.500 pessoas foram capacitadas. Neste ano a ação continua nas 22 cidades e foi ampliada: no total, são 8 carretas disponibilizadas com 44 opções de cursos.

O ciclo 2021/2022 do Cidade Empreendedora teve início no ano passado e é considerado o segundo ciclo da iniciativa. Ao todo, são 22 municípios que também continuam sendo atendidos.

No âmbito da Educação Empreendedora foram capacitados 2.143 docentes e 21 mil estudantes beneficiados. Em todas as cidades também foram desenvolvidas ações para desburocratizar processos; promover uma liderança pública empreendedora e tornar os processos licitatórios mais céleres e eficientes com preferência para os pequenos negócios locais.

Cada um dos 22 municípios recebeu um Plano de Desenvolvimento Econômico construído de forma colaborativa com a administração pública e lideranças locais. O documento é composto por ações personalizadas elencadas pelos interlocutores para a melhoria da cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mais de 30 milhões de contribuintes já entregaram declaração do IR
Economia

Mais de 30 milhões de contribuintes já entregaram declaração do IR

23/05/2024 23:00
Mais de 30 milhões de contribuintes já entregaram declaração do IR
1º PAA Indígena de MS é lançado na Aldeia Jaguapiru
Dourados

1º PAA Indígena de MS é lançado na Aldeia Jaguapiru

23/05/2024 19:00
1º PAA Indígena de MS é lançado na Aldeia Jaguapiru
Trabalhador de aplicativo: sem proteção social, mas contra a regulação
Economia

Trabalhador de aplicativo: sem proteção social, mas contra a regulação

23/05/2024 12:15
Trabalhador de aplicativo: sem proteção social, mas contra a regulação
Começa nesta quinta-feira consulta ao lote de restituição do IRPF
Economia

Começa nesta quinta-feira consulta ao lote de restituição do IRPF

23/05/2024 11:30
Começa nesta quinta-feira consulta ao lote de restituição do IRPF
Lula sanciona lei que desonera atividades do setor de eventos
Economia

Lula sanciona lei que desonera atividades do setor de eventos

22/05/2024 20:30
Lula sanciona lei que desonera atividades do setor de eventos
Últimas Notícias