Dourados – MS terça, 28 de maio de 2024
Economia

Lira reúne líderes nesta segunda para discutir taxação de lucros da Petrobras

O presidente da Câmara fez duras críticas ao novo aumento dos combustíveis anunciado pela empresa Fonte: Agência Câmara de Notícias

17 Jun 2022 - 19h00Por Agência Câmara de Notícias
Lira: Petrobras foi insensível ao fazer reajustes enquanto o Congresso busca reduzir tributos   - Crédito: Paulo Sergio/Câmara dos DeputadosLira: Petrobras foi insensível ao fazer reajustes enquanto o Congresso busca reduzir tributos - Crédito: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), vai reunir os líderes partidários nesta segunda-feira (20) para analisar proposta de taxação dos lucros da Petrobras e mudanças na política de preços praticada pela estatal. Em entrevista à Globonews nesta sexta-feira (17), ele fez duras críticas ao novo aumento anunciado ontem pela empresa: 5,18% na gasolina e 14,26% no diesel.

Lira também defendeu a renúncia do presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho. "Estamos perplexos. Claramente esse anúncio é uma retaliação pela sua demissão. Está fazendo mal ao Brasil e à economia brasileira", disse Lira. O governo anunciou a demissão de Coelho no fim de maio, mas a substituição depende de nova assembleia de acionistas da empresa.

Na última quarta, a Câmara aprovou o PLP 18/22, que torna os combustíveis serviços essenciais e limita a tributação de ICMS sobre o produto. O presidente da Casa criticou a "falta de sensibilidade" do conselho diretor da Petrobras pelo anúncio do aumento em meio a essa discussão. "Isso faz com que tenhamos que tomar medidas mais duras contra a Petrobras", afirmou.

Lira vai reunir o colégio de líderes para discutir como dobrar a taxação do lucro da empresa (CSLL) e alternativas à política de preços a Petrobras, hoje indexada ao dólar. "A Petrobras não dá um sinal a diminuir seu lucro de 30%, está trabalhando para pagar dividendos a fundos de pensão internacionais. Não custava nada esperar resultados do que estamos fazendo para diminuir a inflação para os mais vulneráveis antes de anunciar novos aumentos", criticou.

Com a nova taxação, Lira espera reverter recursos para população e criar, por exemplo, "voucher combustível para caminhoneiro e taxistas".

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mais de 10 milhões de pessoas ainda não entregaram declaração do IR
Economia

Mais de 10 milhões de pessoas ainda não entregaram declaração do IR

27/05/2024 22:30
Mais de 10 milhões de pessoas ainda não entregaram declaração do IR
Teto de juros do consignado do INSS cairá para 1,66% ao mês
Economia

Teto de juros do consignado do INSS cairá para 1,66% ao mês

27/05/2024 20:30
Teto de juros do consignado do INSS cairá para 1,66% ao mês
Mercado eleva previsão da inflação de 3,8% para 3,86% em 2024
Economia

Mercado eleva previsão da inflação de 3,8% para 3,86% em 2024

27/05/2024 18:30
Mercado eleva previsão da inflação de 3,8% para 3,86% em 2024
Anunciada na 1ª edição do MS Day, construção de fábrica avança e gera 2,3 mil empregos
Sidrolândia

Anunciada na 1ª edição do MS Day, construção de fábrica avança e gera 2,3 mil empregos

27/05/2024 13:00
Anunciada na 1ª edição do MS Day, construção de fábrica avança e gera 2,3 mil empregos
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 7
Economia

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 7

27/05/2024 11:30
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 7
Últimas Notícias