Dourados – MS terça, 01 de dezembro de 2020
Dourados
33º max
23º min
Imaculada-Desk
Imaculada-Mobile
Economia

Ipea aponta que 66,6% dos brasileiros sofrem com congestionamentos

25 Jan 2011 - 05h40


SÃO PAULO - A dificuldade de locomoção já faz parte da vida da maioria dos brasileiros. Um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que 66,6% da população brasileira convive com os congestionamentos, que afetam todas regiões do país.

Embora o transporte público ainda seja o principal meio de transporte para 44,3% dos brasileiros, o forte crescimento nas vendas de automóveis nos últimos anos ajudou a agravar o problema da mobilidade urbana no país. Entre 2000 e 2010, o crescimento da frota de automóveis foi de 83,5%, com o número de veículos em circulação passando de 20 milhões para 36,7 milhões.

\'Nas últimas duas décadas, o governo federal perdeu a capacidade de planejar o transporte público. Essa tarefa foi transferida a Estados e municípios, o que inviabilizou a articulação necessária para o desenvolvimento do setor\', explica o presidente do Ipea, Marcio Pochmann. A má qualidade do serviço prestado à população, juntamente com a melhora nas condições de emprego e renda, levou muitos brasileiros a buscar o automóvel como alternativa, ainda que isso representasse um peso extra no orçamento.

Dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), citados pelo Ipea, apontam que os gastos dos brasileiros com aquisição de veículos cresceram 24% entre 2003 e 2009, enquanto as despesas com alimentação encolheram 0,35% no período. Com isso, o grupo Transportes passou a dividir com Alimentação o segundo lugar no ranking de principais despesas de consumo no Brasil, atrás somente de Habitação.

O estudo do Ipea revela, porém, que quase 40% dos brasileiros se mostram dispostos a substituir o transporte individual pelo coletivo se este se tornasse mais rápido, barato e disponível. Dentre os entrevistados, 36,5% citam que já chegaram a desistir de ir a algum lugar por falta de linha no horário necessário.

\'Para que o transporte público melhore, é fundamental que o governo federal faça investimentos de grande magnitude em infraestrutura e pense em uma articulação do setor público com o privado. Sem esse esforço, fatalmente teremos congestionamentos ainda maiores nos próximos anos, o que implica em perda de produtividade e qualidade de vida\', avalia Pochmann.

Uma das providências que contribuiriam para a melhoria do transporte público no Brasil, de acordo com pesquisa, é a ampliação das integrações entre ônibus, metrô e trem. Nas cidades onde residem 26,3% dos entrevistados, essa opção não existe.

Mais investimentos em metrô, trem e VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), aliados a incentivos por parte do governo para a substituição de automóveis e ônibus, \'diminuiriam o fluxo de veículos, os atrasos, o desconforto da população e a emissão de gases poluentes na atmosfera, beneficiando a saúde pública\', conclui o Ipea.

(Francine De Lorenzo | Valor)


(G1.com)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia

MS tem o maior investimento per capita do Brasil

30/11/2020 17:32
Em ano de pandemia, comércio espera vender até 7% a mais no Natal
Comércio

Em ano de pandemia, comércio espera vender até 7% a mais no Natal

30/11/2020 08:01
Em ano de pandemia, comércio espera vender até 7% a mais no Natal
MS tem a sétima taxa de desemprego no terceiro trimestre do ano
economia

MS tem a sétima taxa de desemprego no terceiro trimestre do ano

28/11/2020 11:05
MS tem a sétima taxa de desemprego no terceiro trimestre do ano
Mega-Sena pode pagar R$ 3 milhões neste sábado
Loteria

Mega-Sena pode pagar R$ 3 milhões neste sábado

28/11/2020 10:03
Mega-Sena pode pagar R$ 3 milhões neste sábado
Beneficiários do auxílio emergencial podem sacar parcela em agência da Caixa neste sábado (28)
Dourados

Beneficiários do auxílio emergencial podem sacar parcela em agência da Caixa neste sábado (28)

28/11/2020 09:06
Beneficiários do auxílio emergencial podem sacar parcela em agência da Caixa neste sábado (28)
Últimas Notícias