Dourados – MS quarta, 23 de junho de 2021
Dourados
28º max
16º min
Economia

Indústria inicia 2016 com saldo positivo na geração de empregos

08 Mar 2016 - 06h00
Segmento que apresentou o maior saldo de contratação em janeiro foi a indústria da construção - Crédito: Foto: Divulgação/FIEMSSegmento que apresentou o maior saldo de contratação em janeiro foi a indústria da construção - Crédito: Foto: Divulgação/FIEMS
O setor industrial de Mato Grosso do Sul, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, iniciou 2016 com saldo positivo na geração de empregos, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems. De acordo com o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, janeiro interrompeu a série de dez meses consecutivos com redução de postos de trabalho na indústria sul-mato-grossense, registrando saldo de 157 vagas.


Ainda de acordo com Ezequiel Resende, os segmentos industriais que apresentaram os maiores saldos de contratação em janeiro foram indústria da construção (+345), indústria mecânica (+109) e indústria metalúrgica (+41). "Contudo, considerando os últimos 12 meses, 9.003 vagas foram fechadas na indústria estadual. No período citado as maiores reduções ocorreram na indústria da construção (-2.163), indústria têxtil e do vestuário (-1.813), indústria química (-1.610), indústria mecânica (-964), indústria de produtos alimentícios e bebidas (-795) e indústria metalúrgica (-630)", informou.


Ele acrescenta que o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou janeiro de 2016 com um contingente de 125.655 trabalhadores formalmente empregados, mantendo-se estável em relação a dezembro. "Com o desempenho, a indústria segue com o 4º maior contingente de trabalhadores formais do Estado. Atualmente a atividade industrial responde por 19,6% de todo o emprego formal existente, ficando atrás dos setores de serviços, que emprega 189.534 trabalhadores com participação equivalente a 29,5%, administração pública, com 130.362 trabalhadores ou 20,3%, e comércio, com 126.255 ou 19,7% do total", detalhou.

Especificações


Em Mato Grosso do Sul, em janeiro de 2016, ao todo 76 atividades industriais apresentaram saldo positivo de contratação, proporcionando a abertura de 1.200 vagas. Entre as atividades industriais com saldo positivo de pelo menos 30 vagas, destacaram-se construção de edifícios (+241), abate de reses, exceto suínos (+216), obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações (+66), obras de terraplenagem (+61), catering, bufê e comida preparada (+51), fabricação de artefatos de material plástico não especificados anteriormente (+38) e fabricação de obras de caldeiraria pesada (+38)


Por outro lado, no mesmo período, 87 atividades industriais apresentaram saldo negativo, proporcionando o fechamento de 1.043 vagas. Entre as atividades industriais com saldo negativo de pelo menos 30 vagas, destacaram-se fabricação de açúcar em bruto (-235), fabricação de produtos de pastas celulósicas, papel, cartolina, papel-cartão e papelão ondulado não especificados anteriormente (-111), fabricação de tênis de qualquer material (-56), fabricação de álcool (-45), fabricação de produtos de panificação (-43), abate de suínos, aves e outros pequenos animais (-40), fabricação de artefatos de concreto, cimento, fibrocimento, gesso e materiais semelhantes (-34).


Em relação aos municípios, constata-se que em 32 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no mês de janeiro, proporcionando a abertura de 1.026 vagas, destacando-se Três Lagoas (+268), Paranaíba (+100), Dourados (+84), Nova Andradina (+78), Aparecida do Taboado (+74), Água Clara (+65), Naviraí (+38), Bataiporã (+37), Chapadão do Sul (+36) e Mundo Novo (+34). No mesmo período, em 28 municípios as atividades industriais registraram saldo negativo, proporcionando a fechamento de 869 vagas, destacando-se Campo Grande (-155), Maracaju (-146), Bataguassu (-91), Eldorado (-83), Costa Rica (-73), Ponta Porã (-69), São Gabriel do Oeste (-32) e Corumbá (-32).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia

Mercado financeiro eleva expansão do PIB de 4,85% para 5%

21/06/2021 16:00
Economia

Empresários têm 9 dias para renegociar débitos do Fadefe

21/06/2021 14:00
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado
Mega-Sena

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado

19/06/2021 10:00
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado
Caixa paga 3ª parcela do auxílio para nascidos em fevereiro e março
Auxílio

Caixa paga 3ª parcela do auxílio para nascidos em fevereiro e março

19/06/2021 09:00
Caixa paga 3ª parcela do auxílio para nascidos em fevereiro e março
Saiba o que fazer em caso de retomada de imóveis por falta de pagamento
Dourados

Saiba o que fazer em caso de retomada de imóveis por falta de pagamento

18/06/2021 17:26
Saiba o que fazer em caso de retomada de imóveis por falta de pagamento
Últimas Notícias