Dourados – MS domingo, 14 de julho de 2024
10º
Economia

FIT Pantanal movimentou R$ 10 milhões e prospectou mais de R$ 27 milhões em novos negócios

Mais de 65 mil pessoas passaram pela feira realizada pelo Governo de Mato Grosso e Fecomércio

13 Jun 2024 - 13h45Por Sedec MT
César Miranda destacou o sucesso da FIT Pantanal e dos resultados do investimento de R$ 3,9 milhões do Governo para a realização da feira - Crédito: Assessoria/SedecCésar Miranda destacou o sucesso da FIT Pantanal e dos resultados do investimento de R$ 3,9 milhões do Governo para a realização da feira - Crédito: Assessoria/Sedec

Em quatro dias, a Feira Internacional do Turismo do Pantanal (FIT Pantanal) reuniu cerca de 65 mil pessoas, movimentou cerca de R$ 9,9 milhões em comercialização de produtos. Cerca de 73% do público participante ainda deu nota 10 para o evento realizado pelo Governo de Mato Grosso em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio-MT). Os dados foram apresentados durante coletiva de imprensa, no Sesc Arsenal.

Ao todo foram 76 reuniões e 195 negociações que geraram a prospecção de R$ 27,5 milhões em negócios.

Neste ano, o evento reuniu 105 artesãos que comercializaram 4.160 peças e faturaram R$ 210,6 mil em quatro dias. Na edição de 2023, foram comercializadas 2.353 peças e os 65 artesãos participantes faturaram juntos R$ 98 mil. Na Feira da Agricultura Familiar e Turismo Rural (FEAFTUR) os 320 empreendedores rurais de 47 municípios venderam cerca de R$ 550 mil. Além disso, 1,4 mil pessoas passaram pela Cozinha Show Rural.

As rodadas de negócios promovidas pelo Sebrae/MT envolveram 25 operadoras divulgando os atrativos turísticos de Mato Grosso para 15 compradores de turismo em São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, Distrito Federal e Minas Gerais. Outras 13 agências internacionais dos Estados Unidos, Índia, França, Alemanha, Itália, Portugal, Chile e Peru conheceram os produtos de Mato Grosso nos polos do Pantanal, Cerrado, Amazônia e Araguaia. 

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, destacou o sucesso da FIT Pantanal e dos resultados do investimento de R$ 3,9 milhões do Governo para a realização da feira. Os números apontam que as comercializações de artesanato e da agricultura familiar superaram os do ano passado.

“São números muito positivos, isso é fruto de um trabalho de união entre o Governo por meio da Sedec, Seaf e a Empaer, Fecomércio, Sebrae e pessoas apaixonadas pelo que fazem como os artesãos. Os números dobraram em negócios aumentaram no artesanato. Isso demonstra o compromisso do governador Mauro Mendes e do vice-governador Otaviano Pivetta com o desenvolvimento do turismo e oportunidades aos pequenos. Aí entra o Sebrae com as rodadas de negócios e a prospecção de R$ 27,5 milhões em negócios. Isso é importante, dar oportunidade aos pequenos, para a agricultura familiar ter a oportunidade de mostrar e comercializar seus produtos”, destacou César Miranda.

O secretário adjunto de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural, Clóvis Figueiredo Cardoso, disse que a FIT Pantanal é fundamental para colocar a agricultura familiar na vitrine, mostrando que a produção é de boa qualidade, tem produtos inovadores e até mesmo para que os mato-grossenses conheçam que o Estado desenvolve cacau e café de qualidade.

“Desde cosméticos até frutas desidratadas da agricultura familiar estavam ali presentes. Eu comprei torresmo prensado! Nunca tinha visto aquilo na minha vida, eu conheço um torresmo, mas prensado parecendo uma rapadura, de sabor inigualável, é algo inovador. Teve a participação indígena, participação quilombola, todos ofertando seus produtos ao público, isso é Mato Grosso e o reflexo da nossa cultura”.

Para o presidente da Fecomércio/MT, José Wenceslau Júnior, a FIT Pantanal consolidou Mato Grosso como destino turístico de destaque, promovendo não apenas o setor, mas também a agricultura familiar, a gastronomia, o artesanato e os negócios gerados. Conforme o Instituto de Pesquisa da Fecomércio apontou que a movimentação financeira pode ter chegado a R$ 9,9 milhões com uma Taxa de Retorno de Investimento de 1,56 sobre o investimento para a realização da feira.

“Apesar de essa ser uma mensuração empresarial, ela constata um retorno muito benéfico considerando a capacidade e a diversificação do seguimento e de municípios que a FIT mostrou com esse impacto. Pessoas de diversos locais do estado e do país compareceram a feira movimentando segmentos de hotéis, transportes, impactando também a economia da baixada cuiabana. Agradeço imensamente a parceria do Governo do Estado, o nosso governador Mauro Mendes, que tem investido cada vez mais no nosso turismo”.

A edição 2025 da FIT Pantanal está marcada entre 5 e 8 de junho, no Centro de Eventos do Pantanal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEI: Mato Grosso do Sul registra 19 mil novas formalizações no primeiro semestre de 2024
Cultura empreendedora

MEI: Mato Grosso do Sul registra 19 mil novas formalizações no primeiro semestre de 2024

13/07/2024 09:15
MEI: Mato Grosso do Sul registra 19 mil novas formalizações no primeiro semestre de 2024
CAE vota projeto que obriga empregador a pagar exame toxicológico de motorista
Senado

CAE vota projeto que obriga empregador a pagar exame toxicológico de motorista

13/07/2024 06:45
CAE vota projeto que obriga empregador a pagar exame toxicológico de motorista
FCO para MS: R$ 227 milhões são aprovados para empreendimentos em diversas áreas
Economia

FCO para MS: R$ 227 milhões são aprovados para empreendimentos em diversas áreas

12/07/2024 17:00
FCO para MS: R$ 227 milhões são aprovados para empreendimentos em diversas áreas
Setor de Serviços fica estável em maio, diz IBGE
Economia

Setor de Serviços fica estável em maio, diz IBGE

12/07/2024 13:30
Setor de Serviços fica estável em maio, diz IBGE
Entenda o golpe do Pix errado e saiba como não ser enganado
Economia

Entenda o golpe do Pix errado e saiba como não ser enganado

12/07/2024 12:15
Entenda o golpe do Pix errado e saiba como não ser enganado
Últimas Notícias