Dourados – MS sábado, 16 de janeiro de 2021
Dourados
29º max
23º min
Influx
Economia

Dourados movimenta R$ 2,2 milhões na Páscoa

07 Abr 2011 - 05h22
Dourados movimenta R$ 2,2 milhões na Páscoa - Crédito: Foto : Hedio Fazan/PROGRESSO Crédito: Foto : Hedio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS – Ao contrário do que temiam comerciantes, a crise na agronegócio não deve chegar ao comércio de Páscoa, em Mato Grosso do Sul. É o que aponta uma pesquisa da Federação do comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de mato Grosso do Sul (Fecomércio). Em Dourados, a previsão é de que a Páscoa movimente pelo menos R$ 2,2 milhões.

De acordo com o diretor superintendente da Fecomércio, o economista Thales de Souza Campos, o Estado de MS é a “bola da vez” em investimentos, o que poderá contribuir com boas vendas no comércio. Ele se refere à chegada de indústrias no estado, que estão movimentando a economia. Em relação as perdas, o economista é otimista. “O estado estava esperando uma super safra.

O que teremos é uma boa safra, apesar das perdas”, destaca, ressaltando que o comerciante de MS tem o menor percentual do Brasil em relação a endividamento do consumidor. “As pessoas estão com crédito, comprando e conseguindo pagar suas contas”, disse.


Para o presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados (Sindicom) Valter Castro, a pesquisa inédita em Dourados servirá como mecanismo para auxiliar os comerciantes na hora de investir.

Segundo ele, com os dados em mãos, eles poderão se adequar à realidade local. O interesse em realizar o diagnóstico em Dourados surgiu da integração entre as Fecomércio com as entidades do interior do Estado.
#####RESULTADO
Segundo a pesquisa, realizada entre 21 e 25 de março deste ano, cerca de 82% da população economicamente ativa irá às compras de ovos de Páscoa e 26% de outros chocolates. Apesar de grande parte dos consumidores não ter recebido o salário de abril, eles pretendem gastar em média R$ 33 em cada presente; a maioria deverá comprar até dois ovos de Páscoa. A forma de pagamento preferida deverá ser à vista, sendo que 89% pagarão com dinheiro e 5% com cartão de débito.

O consumidor pesquisou preços. Entre os pesquisados, 59% indicam que os preços estão mais caros do que no ano passado, enquanto 13% não perceberam alteração nos preços. Mais de 22% informaram que não sabem comparar preços, pois não se lembram os valores pagos no ano anterior.

Os locais preferidos de compras são: 77% em supermercado, 9% no shopping, 7% em lojas do centro e 7% em lojas de bairros.

Em Dourados, 86% dos entrevistados deverão consumir peixes, sendo que o produto fresco é a preferência de 85% dos consumidores. O pacu é a escolha de 32% dos consumidores, seguido do pintado (31%) e o bacalhal (14%). Isto deverá ativar os supermercados e as lojas especializadas em peixe, movimentando o comércio antes do dia 22 abril e proporcionando uma entrada de caixa extra no comércio local.

#####MS

A primeira pesquisa do Instituto Fecomércio acontece em parceria com a Fundação Manoel de Barros e a Universidade Anhanguera-Uniderp. A Páscoa deve movimentar R$ 59 milhões somente com a venda de chocolates em Mato Grosso do Sul. Além disso, 74% dos consumidores pretendem consumir peixe na sexta-feira Santa, reforçando a tradição Cristã.

“É uma movimentação muito expressiva e, para o empresário, interessante observar quanto o consumidor está disposto a gastar e assim acertar na formação do estoque”, observa o presidente da Fecomércio MS e do IF, Edison Ferreira de Araújo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Salários atrasados são escalonados e 85% do funcionalismo recebe pagamento amanhã
Dourados

Salários atrasados são escalonados e 85% do funcionalismo recebe pagamento amanhã

14/01/2021 16:46
Salários atrasados são escalonados e 85% do funcionalismo recebe pagamento amanhã
Mega-Sena sai para apostador da Bahia
Loteria

Mega-Sena sai para apostador da Bahia

14/01/2021 11:47
Mega-Sena sai para apostador da Bahia
Reforma tributária pode ser votada em março
economia

Reforma tributária pode ser votada em março

13/01/2021 17:41
Reforma tributária pode ser votada em março
Benefícios do INSS acima de um salário mínimo têm reajuste de 5,45%
economia

Benefícios do INSS acima de um salário mínimo têm reajuste de 5,45%

13/01/2021 14:31
Benefícios do INSS acima de um salário mínimo têm reajuste de 5,45%
Senadores criticam Jair Bolsonaro por demissões na Ford e no Banco do Brasil
economia

Senadores criticam Jair Bolsonaro por demissões na Ford e no Banco do Brasil

12/01/2021 17:40
Senadores criticam Jair Bolsonaro por demissões na Ford e no Banco do Brasil
Últimas Notícias