Dourados – MS segunda, 26 de outubro de 2020
Dourados
28º max
20º min
Influx
Economia

Dourados movimenta R$ 2,2 milhões na Páscoa

07 Abr 2011 - 05h22
Dourados movimenta R$ 2,2 milhões na Páscoa - Crédito: Foto : Hedio Fazan/PROGRESSO Crédito: Foto : Hedio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS – Ao contrário do que temiam comerciantes, a crise na agronegócio não deve chegar ao comércio de Páscoa, em Mato Grosso do Sul. É o que aponta uma pesquisa da Federação do comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de mato Grosso do Sul (Fecomércio). Em Dourados, a previsão é de que a Páscoa movimente pelo menos R$ 2,2 milhões.

De acordo com o diretor superintendente da Fecomércio, o economista Thales de Souza Campos, o Estado de MS é a “bola da vez” em investimentos, o que poderá contribuir com boas vendas no comércio. Ele se refere à chegada de indústrias no estado, que estão movimentando a economia. Em relação as perdas, o economista é otimista. “O estado estava esperando uma super safra.

O que teremos é uma boa safra, apesar das perdas”, destaca, ressaltando que o comerciante de MS tem o menor percentual do Brasil em relação a endividamento do consumidor. “As pessoas estão com crédito, comprando e conseguindo pagar suas contas”, disse.


Para o presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados (Sindicom) Valter Castro, a pesquisa inédita em Dourados servirá como mecanismo para auxiliar os comerciantes na hora de investir.

Segundo ele, com os dados em mãos, eles poderão se adequar à realidade local. O interesse em realizar o diagnóstico em Dourados surgiu da integração entre as Fecomércio com as entidades do interior do Estado.
#####RESULTADO
Segundo a pesquisa, realizada entre 21 e 25 de março deste ano, cerca de 82% da população economicamente ativa irá às compras de ovos de Páscoa e 26% de outros chocolates. Apesar de grande parte dos consumidores não ter recebido o salário de abril, eles pretendem gastar em média R$ 33 em cada presente; a maioria deverá comprar até dois ovos de Páscoa. A forma de pagamento preferida deverá ser à vista, sendo que 89% pagarão com dinheiro e 5% com cartão de débito.

O consumidor pesquisou preços. Entre os pesquisados, 59% indicam que os preços estão mais caros do que no ano passado, enquanto 13% não perceberam alteração nos preços. Mais de 22% informaram que não sabem comparar preços, pois não se lembram os valores pagos no ano anterior.

Os locais preferidos de compras são: 77% em supermercado, 9% no shopping, 7% em lojas do centro e 7% em lojas de bairros.

Em Dourados, 86% dos entrevistados deverão consumir peixes, sendo que o produto fresco é a preferência de 85% dos consumidores. O pacu é a escolha de 32% dos consumidores, seguido do pintado (31%) e o bacalhal (14%). Isto deverá ativar os supermercados e as lojas especializadas em peixe, movimentando o comércio antes do dia 22 abril e proporcionando uma entrada de caixa extra no comércio local.

#####MS

A primeira pesquisa do Instituto Fecomércio acontece em parceria com a Fundação Manoel de Barros e a Universidade Anhanguera-Uniderp. A Páscoa deve movimentar R$ 59 milhões somente com a venda de chocolates em Mato Grosso do Sul. Além disso, 74% dos consumidores pretendem consumir peixe na sexta-feira Santa, reforçando a tradição Cristã.

“É uma movimentação muito expressiva e, para o empresário, interessante observar quanto o consumidor está disposto a gastar e assim acertar na formação do estoque”, observa o presidente da Fecomércio MS e do IF, Edison Ferreira de Araújo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Juros do cheque especial sobem e taxas do rotativo caem em setembro
Economia

Juros do cheque especial sobem e taxas do rotativo caem em setembro

26/10/2020 17:23
Juros do cheque especial sobem e taxas do rotativo caem em setembro
Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%
Economia

Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%

26/10/2020 11:57
Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%
Preço de materiais de construção apresentam diferença de 977% em Dourados
PROCON

Preço de materiais de construção apresentam diferença de 977% em Dourados

26/10/2020 10:14
Preço de materiais de construção apresentam diferença de 977% em Dourados
Nova lei amplia uso da conta poupança social digital
economia

Nova lei amplia uso da conta poupança social digital

24/10/2020 16:06
Nova lei amplia uso da conta poupança social digital
Pandemia pode reduzir oferta de vagas temporárias no natal, diz CNC
economia

Pandemia pode reduzir oferta de vagas temporárias no natal, diz CNC

24/10/2020 14:31
Pandemia pode reduzir oferta de vagas temporárias no natal, diz CNC
Últimas Notícias