Dourados – MS segunda, 04 de julho de 2022
Dourados
32º max
15º min
Economia

Dólar sobe para R$ 5,23 com temor ante recessão global

Bolsa cai 1,45% e atinge menor nível desde novembro de 2020

23 Jun 2022 - 20h41Por Wellton Máximo*, Agência Brasil
A cotação do dólar está no maior valor desde 11 de fevereiro - Crédito: Valter Campanato/Agência BrasilA cotação do dólar está no maior valor desde 11 de fevereiro - Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil

Em um dia de nervosismo global, o dólar superou a barreira de R$ 5,20 e atingiu o maior valor em mais de quatro meses. A bolsa de valores emendou a terceira queda seguida e chegou ao menor nível desde novembro de 2020.

O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (23) vendido a R$ 5,23, com alta de R$ 0,053 (+1,02%). De manhã, a cotação chegou a operar próxima da estabilidade em alguns momentos, mas disparou após declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano), Jerome Powell.

A cotação está no maior valor desde 11 de fevereiro. Com o desempenho de hoje, a moeda norte-americana sobe 10,04% apenas em junho. Em 2022, a divisa cai 6,2%.

O dia também foi marcado pelo nervosismo no mercado de ações. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 98.080 pontos, com queda de 1,45%. O indicador está no menor nível desde 4 de novembro de 2020, pouco antes das eleições presidenciais que marcaram a derrota de Donald Trump.

Em audiência pública no Congresso dos Estados Unidos, Jerome Powell afirmou que a recessão da maior economia do planeta “é claramente uma possibilidade”, após o Fed aumentar os juros básicos em 0,75 ponto percentual na semana passada. Mesmo com a possibilidade de encolhimento da economia norte-americana, Powell disse que o Fed tem “compromisso incondicional” com o controle da inflação, que está no maior nível em 41 anos nos Estados Unidos.

Os investidores interpretaram as palavras de Powell como um sinal de que o Fed pode aumentar os juros mais do que o esperado nos próximos meses. Taxas mais altas em economias avançadas estimulam a fuga de recursos de países emergentes, como o Brasil.

No plano interno, as negociações em torno de um possível aumento do Auxílio Brasil, do auxílio gás e da concessão de uma ajuda emergencial a caminhoneiros pressionaram o mercado. Parte dos investidores tem receio do impacto das medidas sobre as contas públicas.

*Com informações da Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

Senai Empresa presta consultoria para processo de fabricação no Inova Moda Digital
Economia

Senai Empresa presta consultoria para processo de fabricação no Inova Moda Digital

02/07/2022 16:45
Senai Empresa presta consultoria para processo de fabricação no Inova Moda Digital
Sistema Fiems abre processo seletivo para 22 vagas em oito cidades
Trabalho

Sistema Fiems abre processo seletivo para 22 vagas em oito cidades

02/07/2022 16:15
Sistema Fiems abre processo seletivo para 22 vagas em oito cidades
Receita alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix
Economia

Receita alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix

02/07/2022 15:45
Receita alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix
Dólar chega a R$ 5,32 e atinge maior valor em cinco meses
Economia

Dólar chega a R$ 5,32 e atinge maior valor em cinco meses

01/07/2022 20:50
Dólar chega a R$ 5,32 e atinge maior valor em cinco meses
CIN/MS está com inscrições abertas para encontro internacional entre empresas moveleiras
Negócios

CIN/MS está com inscrições abertas para encontro internacional entre empresas moveleiras

01/07/2022 13:45
CIN/MS está com inscrições abertas para encontro internacional entre empresas moveleiras
Últimas Notícias