Dourados – MS segunda, 20 de maio de 2024
13º
Economia

Dólar encosta em R$ 5 com dados de inflação nos EUA

Bolsa cai 1,51% e fecha no menor nível em um mês

10 Jun 2022 - 19h37Por Wellton Máximo*, Agência Brasil
O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (10) vendido a R$ 4,986 - Crédito: Valter Campanato/Agência BrasilO dólar comercial encerrou esta sexta-feira (10) vendido a R$ 4,986 - Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil

Em mais um dia de nervosismo no mercado internacional, o dólar teve forte alta e encostou em R$ 5. A bolsa de valores caiu para o menor nível em um mês e encerrou a semana com perdas de mais de 5%.

O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (10) vendido a R$ 4,986, com alta de R$ 0,073 (+1,49%). A cotação operou em alta durante todo o dia, chegando a R$ 5,01 na máxima da sessão, por volta das 11h30.

A moeda norte-americana atingiu o maior valor desde 16 de maio, quando tinha encerrado em R$ 5,052. Apenas nesta semana, o dólar subiu 4,39%. A divisa acumula alta de 4,9% em junho, mas cai 10,58% em 2022.

O mercado de ações também teve um dia turbulento. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 105.481 pontos, com recuo de 1,51%. O indicador está no menor nível desde 11 de maio. Nesta semana, o índice caiu 5,06%, a maior baixa semanal desde outubro do ano passado.

O dólar subiu e as bolsas de valores caíram em todo o planeta após a divulgação de dados da inflação dos Estados Unidos. O Índice de Preços ao Consumidor norte-americano atingiu 1% em maio. Em 12 meses, o indicador chega a 8,6% e está no maior nível desde 1981, pressionado pelo preço dos combustíveis em meio à guerra entre Rússia e Ucrânia.

Preços mais altos nos Estados Unidos aumentam a expectativa de que o Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) endureça a política de altas dos juros. Taxas mais altas em economias avançadas estimulam a fuga de recursos de países emergentes, como o Brasil.

As bolsas norte-americanas também tiveram forte queda nesta sexta. O índice Dow Jones, das empresas industriais, caiu 2,73%. O Nasdaq, das empresas de tecnologia, recuou 3,52%. O S&P 500, das 500 maiores empresas, teve baixa de 2,91%. Quando as bolsas caem em países desenvolvidos, investidores retiram recursos do Brasil para cobrirem prejuízos no exterior.

*Com informações da Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

Chega junto com o Sebrae: Semana do MEI acontece de 20 a 24 de maio
Cultura empreendedora

Chega junto com o Sebrae: Semana do MEI acontece de 20 a 24 de maio

19/05/2024 14:00
Chega junto com o Sebrae: Semana do MEI acontece de 20 a 24 de maio
No Assentamento Itamarati, Sebrae e Prefeitura inauguram 1ª Sala do Empreendedor Rural
Ponta Porã

No Assentamento Itamarati, Sebrae e Prefeitura inauguram 1ª Sala do Empreendedor Rural

19/05/2024 13:30
No Assentamento Itamarati, Sebrae e Prefeitura inauguram 1ª Sala do Empreendedor Rural
Fecularia é inaugurada, vai gerar 330 empregos e consolidar industrialização da mandioca
Eldorado

Fecularia é inaugurada, vai gerar 330 empregos e consolidar industrialização da mandioca

19/05/2024 13:15
Fecularia é inaugurada, vai gerar 330 empregos e consolidar industrialização da mandioca
Debate sobre cigarro eletrônico reunirá três comissões em audiência pública
Senado

Debate sobre cigarro eletrônico reunirá três comissões em audiência pública

19/05/2024 06:45
Debate sobre cigarro eletrônico reunirá três comissões em audiência pública
Levantamento aponta que etanol ainda lidera maior variação entre combustíveis
Campo Grande

Levantamento aponta que etanol ainda lidera maior variação entre combustíveis

18/05/2024 21:00
Levantamento aponta que etanol ainda lidera maior variação entre combustíveis
Últimas Notícias