Dourados – MS sábado, 20 de julho de 2024
22º
Economia

Dólar cai para R$ 5,41 e fecha no menor nível em duas semanas

Bolsa sobe pela sétima vez seguida e supera os 127 mil pontos

09 Jul 2024 - 19h20Por Wellton Máximo, Agência Brasil* - Brasília
Dólar cai para R$ 5,41 e fecha no menor nível em duas semanas
 - Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil

Em um dia de poucos negócios por causa do feriado estadual em São Paulo, o dólar teve forte queda e atingiu o menor valor em duas semanas, na contramão do mercado internacional. A bolsa de valores subiu pela sétima vez seguida, na maior sequência de altas em um ano, e superou os 127 mil pontos.

O dólar comercial encerrou esta terça-feira (9) vendido a R$ 5,414, com recuo de R$ 0,061 (-1,12%). A cotação abriu estável, mas caiu de forma consistente, até fechar próxima da mínima do dia.

A moeda norte-americana está no menor valor desde 24 de junho, quando tinha fechado em R$ 5,39. A divisa acumula queda de 3,11% em julho, mas sobe 11,59% em 2024.

No mercado de ações, o dia foi marcado por ganhos. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 127.108 pontos, com alta de 0,44%. No maior nível desde 21 de maio, o indicador foi beneficiado por empresas ligadas ao consumo doméstico. Isso porque as ações das empresas exportadoras caíram por causa da queda do dólar.

A queda do dólar ocorreu apesar da alta da moeda norte-americana no exterior. Em audiência ao Senado norte-americano nesta terça, o presidente do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano), Jerome Powell, deu declarações interpretadas de forma mista pelos investidores. Ele disse que a inflação nos Estados Unidos começou a ceder, mas que é preciso cautela e mais sinais antes de o órgão começar a cortar os juros da maior economia do planeta.

Taxas menos altas em economias avançadas estimulam a migração de capitais para países emergentes, como o Brasil. No entanto, a incerteza sobre quando o ciclo de queda começará pressiona o dólar.

No cenário interno, os investidores aguardam o fim das negociações do texto que regulamenta a reforma tributária. O projeto de lei complementar será votado nesta quarta-feira (10) na Câmara dos Deputados.

No fim da tarde, declarações do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, de que o Supremo Tribunal Federal poderá agir, caso o Congresso não garanta todos os recursos para cobrir a desoneração da folha de pagamento, reforçou o compromisso da equipe econômica em evitar perda de receitas.

*Com informações da Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

Levedura geneticamente modificada permite converter agave em etanol
Bioenergia

Levedura geneticamente modificada permite converter agave em etanol

20/07/2024 07:45
Levedura geneticamente modificada permite converter agave em etanol
Dólar fecha a R$ 5,60 com apagão cibernético e eleições americanas
Economia

Dólar fecha a R$ 5,60 com apagão cibernético e eleições americanas

19/07/2024 19:47
Dólar fecha a R$ 5,60 com apagão cibernético e eleições americanas
Brasil suspende exportações de carne de aves e seus produtos
Economia

Brasil suspende exportações de carne de aves e seus produtos

19/07/2024 19:00
Brasil suspende exportações de carne de aves e seus produtos
Com apoio da Startup Sesi, edital prevê investimento de R$ 15,4 milhões em projetos de inovação
Tecnova-MS

Com apoio da Startup Sesi, edital prevê investimento de R$ 15,4 milhões em projetos de inovação

19/07/2024 11:00
Com apoio da Startup Sesi, edital prevê investimento de R$ 15,4 milhões em projetos de inovação
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2
Economia

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2

19/07/2024 10:15
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2
Últimas Notícias