Dourados – MS terça, 27 de fevereiro de 2024
25º
IPVA parcela 2
ALEMS

Deputados debatem protagonismo de MS na implantação da Rota Bioceânica

A Rota Bioceância vai conectar o Brasil aos mercados da Ásia-Pacífico

30 Nov 2023 - 13h00Por Christiane Mesquita, Agência ALEMS
Lidio Lopes reiterou a importância de Campo Grande para a Rota Bioceânica durante a sessão - Crédito: Luciana Nassar/ALEMSLidio Lopes reiterou a importância de Campo Grande para a Rota Bioceânica durante a sessão - Crédito: Luciana Nassar/ALEMS

Deputados estaduais debateram, durante a sessão plenária desta quarta-feira (29), o protagonismo de Mato Grosso do Sul e da Capital para a implantação da Rota Bioceância, que tornará possível a integração sul-americana, conectando o Brasil aos mercados da Ásia-Pacífico e beneficiando diretamente, ainda, Argentina, Chile e Paraguai.

 “Campo Grande passa a ser o protagonista desta rota, aqui tem a mão de obra, a logística, um porto seco, um terminal modal que pode ser modal. Acordo comercial com o Chile permitiu a ida da primeira carga de carne de Campo grande para o País, que quer exportar seu salmão”, afirmou o deputado Lidio Lopes (Patriota), que começou a falar do tema hoje. “Toda a parte de comercialização acontece nos municípios, quem conhece sobre gestão pública, sabe disso. Campo Grande é o segundo maior município consumidor do País de salmão, devido a colônia japonesa residente aqui”, complementou.

O 1º secretário da ALEMS falou sobre a história do nome da ponte

 

O deputado Paulo Corrêa (PSDB) destacou que não entende a mudança de nome da Rota Bioceânica, durante a viagem que aconteceu recentemente. “Estamos trabalhando e batalhando há muitos anos para que a Rota Bioceânica seja o nome da ponte, que está sendo construída passando por Porto Murtinho. Infelizmente, existe um trabalho para demeritar isso, a começar pelo nome de Rota de Integração Latino Americana [RILA]”, relatou.

"Só trará benefícios a todo o Brasil a Rota Bioceânica", afirma Zé Teixeira

 

O deputado estadual Zé Teixeira (PSDB) considera que a Rota Bioceânica trará benefícios a todos. “Eu entendo que essa Rota Bioceânica é uma grande obra, porque encurta a distância para os países asiáticos. Isso é muito significativo e quando barateia o frete, a mercadoria também chega mais barata. Que Deus abençoe para que essa estrada termine e tenhamos uma aduana forte em Porto Murtinho para trazer benefícios ao nosso Mato Grosso do Sul e ao País", disse.

Educação

Lidio Lopes também falou do projeto “Juntos pela escola, Unidos podemos fazer mais”, é maior projeto de investimento de todos os tempos em Campo Grande. Primeiro a revitalização das 206 unidades escolares dos municípios, planejado com engenheiros e editores. Em janeiro, serão 100 novas salas de aula entregue, e outras 66 até abril de 2024.

Outro desafio a ser contemplado pelo programa é a instalação de ares-condicionados nas escolas municipais, para tanto, a energia limpa, fotovoltaica, será instalada para atender as escolas a tempo. E ainda a aquisição de parquinhos e material lúdico para todas as unidades de Campo Grande", concluiu. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lula revoga reoneração de 17 setores da economia
Economia

Lula revoga reoneração de 17 setores da economia

há 26 minutos atrás
Lula revoga reoneração de 17 setores da economia
ALEMS busca acordo para retomada da obra da Ponte Bioceânica
Integração

ALEMS busca acordo para retomada da obra da Ponte Bioceânica

27/02/2024 17:15
ALEMS busca acordo para retomada da obra da Ponte Bioceânica
Mais R$ 124 milhões são aprovados em financiamentos pelo FCO
Economia

Mais R$ 124 milhões são aprovados em financiamentos pelo FCO

27/02/2024 11:45
Mais R$ 124 milhões são aprovados em financiamentos pelo FCO
Governo muda regras de planos de previdência privada; entenda
Economia

Governo muda regras de planos de previdência privada; entenda

27/02/2024 11:00
Governo muda regras de planos de previdência privada; entenda
Receita com exportação de industrializados de MS soma US$ 461,4 milhões em janeiro
Economia

Receita com exportação de industrializados de MS soma US$ 461,4 milhões em janeiro

26/02/2024 20:30
Receita com exportação de industrializados de MS soma US$ 461,4 milhões em janeiro
Últimas Notícias