Dourados – MS quinta, 23 de maio de 2019
Pauta
Economia

Contas públicas ficam positivas em R$ 46,8 bilhões em janeiro

28 Fev 2019 - 17h20Por Redação

As contas públicas iniciaram o ano com saldo positivo. De acordo com dados divulgados hoje (28) pelo Banco Central (BC), o setor público consolidado, formado pela União, os estados e municípios, registrou superávit primário de R$ 46,897 bilhões em janeiro. O resultado ficou praticamente estável em relação ao mesmo mês de 2018, quando houve superávit de R$ 46,940 bilhões.

O resultado primário é formado por receitas menos despesas, sem considerar os gastos com juros.

Em janeiro, o Governo Central (Previdência, Banco Central e Tesouro Nacional), apresentou superávit primário de R$ 35,607 bilhões.

Os governos estaduais e municipais também apresentaram saldo positivo: R$ 9,573 bilhões e R$ 1,210 bilhão, respectivamente.

As empresas estatais federais, estaduais e municipais, excluídas as dos grupos Petrobras e Eletrobras, registraram superávit primário de R$ 507 milhões no mês passado.

Segundo o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, o resultado positivo em janeiro é característico do período e não indica uma tendência. “Isso mostra que há uma certa sazonalidade em janeiro para obtenção de resultados mais favoráveis.”

A meta para o setor público consolidado é de um déficit primário de R$ 132 bilhões neste ano.

Despesas com juros

Os gastos com juros ficaram em R$ 20,853 bilhões em janeiro, contra R$ 28,314 bilhões no mesmo mês de 2018. Segundo Rocha, a redução nessas despesas em relação ao ano anterior deve-se aos lucros do BC com operações no mercado de câmbio (swap cambial) que são transferidos para o resultado de juros.

Em janeiro, o superávit nominal, formado pelo resultado primário e os resultados dos juros, foi de R$ 26,044 bilhões, ante o resultado também positivo de R$ 18,626 bilhões em janeiro de 2018. O resultado nominal positivo de janeiro foi o maior da série histórica do BC, iniciada em dezembro de 2001.

Dívida pública

A dívida líquida do setor público (balanço entre o total de créditos e débitos dos governos federal, estaduais e municipais) chegou a R$ 3,733 trilhões em janeiro, o que corresponde 54% do Produto Interno Bruto (PIB), com aumento em relação a dezembro (53,8% do PIB).

Em janeiro, a dívida bruta - que contabiliza apenas os passivos dos governos federal, estaduais e municipais - chegou a R$ 5,302 trilhões ou 76,7% do PIB, mesmo patamar do mês anterior.

 

Fonte: Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

Empreender de maneira colaborativa
Negócios

Empreender de maneira colaborativa

13/05/2019 12:16
Empreender de maneira colaborativa
Governo do Estado apresenta plano para conclusão do Aquário do Pantanal em um ano
Mato Grosso do Sul

Governo do Estado apresenta plano para conclusão do Aquário do Pantanal em um ano

09/05/2019 15:28
Governo do Estado apresenta plano para conclusão do Aquário do Pantanal em um ano
Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio vai a R$ 275 mi
Loteria

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio vai a R$ 275 mi

09/05/2019 08:05
Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio vai a R$ 275 mi
Bandeira tarifária em amarelo requer reforço no combate ao desperdício de energia
Energia

Bandeira tarifária em amarelo requer reforço no combate ao desperdício de energia

08/05/2019 15:49
Bandeira tarifária em amarelo requer reforço no combate ao desperdício de energia
Dólar para turistas atinge alto valor; Euro passa dos R$ 5
Economia

Dólar para turistas atinge alto valor; Euro passa dos R$ 5

08/05/2019 07:42
Dólar para turistas atinge alto valor; Euro passa dos R$ 5
Últimas Notícias