Dourados – MS sexta, 15 de outubro de 2021
Dourados
26º max
19º min
Economia

Consumidor terá mais prazo para saldar dívidas

15 Jul 2011 - 22h04
Peemedebistas e aliados vão debater proposta para disputar sucessão de Trad - Crédito: Foto : DivulgaçãoPeemedebistas e aliados vão debater proposta para disputar sucessão de Trad - Crédito: Foto : Divulgação
Campo Grande - O projeto de Lei de autoria do deputado Marquinhos Trad (PMDB) que estabelece um prazo de 45 dias para que os consumidores inadimplentes possam saldar suas dívidas sem ter seu nome inscrito no Serviço de Proteção ao Crédito, foi sancionado ontem pelo governador André Puccinelli. A Lei, número 4054 de 14 de Julho de 2011, entrou em vigor ontem conforme publicação no Diário Oficial do Estado. Essa Lei engloba somente fornecedores de natureza privada estabelecidos no Estado.

O objetivo da nova Lei é estabelecer um prazo para que os consumidores inadimplentes possam ter tempo de saldar suas dívidas mesmo diante atrasos corriqueiros que a vida cotidiana possa gerar. Em média, o consumidor tinha seu crédito negativado pelo SPC de 3 a 7 dias após da data do vencimento. Seja por falta de tempo, esquecimento ou falta de dinheiro, a questão é que uma inadimplência eventual não significa fraude ou insolvência do devedor, mas gera constrangimento e dificulta o acesso ao crédito, gerando prejuízo à economia do Estado.

Agora o consumidor tem tempo para negociar e/ou buscar meios de saldar suas dívidas, não podendo mais alegar falta de crédito ou tempo para regularizar sua situação. A Lei promete separar o joio do trigo, deixando no Serviço de Proteção ao Crédito aqueles que realmente não se dispuseram a usar esse benefício legal para manter seu nome e sua dignidade intacta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões, informa associação de SP

14/10/2021 17:00
Dólar fecha com maior alta desde abril, custando R$ 5,537
economia

Dólar fecha com maior alta desde abril, custando R$ 5,537

12/10/2021 17:05
Dólar fecha com maior alta desde abril, custando R$ 5,537
Economia

Dólar fecha com maior alta desde abril, custando R$ 5,537

12/10/2021 13:00
Alta do preço dos combustíveis: saiba como ocorre a 'bomba baixa', quando o motorista paga mais do que leva no tanque
economia

Alta do preço dos combustíveis: saiba como ocorre a 'bomba baixa', quando o motorista paga mais do que leva no tanque

12/10/2021 12:39
Alta do preço dos combustíveis: saiba como ocorre a 'bomba baixa', quando o motorista paga mais do que leva no tanque
Dia das Crianças: dar mesada para os filhos é uma boa ideia?
12 de outubro

Dia das Crianças: dar mesada para os filhos é uma boa ideia?

12/10/2021 12:06
Dia das Crianças: dar mesada para os filhos é uma boa ideia?
Últimas Notícias