Dourados – MS sexta, 23 de outubro de 2020
Dourados
32º max
21º min
Influx
Economia

Cônsul quer atrair investimentos

15 Abr 2011 - 22h50
Cônsul Thomas Kelly diz que espera atrair mais investimentos para o Estado - Crédito: Foto : DivulgaçãoCônsul Thomas Kelly diz que espera atrair mais investimentos para o Estado - Crédito: Foto : Divulgação
Campo Grande - Durante visita a Campo Grande ontem, o cônsul-geral dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Kelly, colocou-se à disposição da Fiems e do governo do Estado para atuar como mediador na atração de investimentos americano para Mato Grosso do Sul e facilitar o intercâmbio de universidades dos EUA com as instituições de ensino superior sul-mato-grossenses.

No primeiro compromisso na Capital, ele reuniu-se, no Edifício Casa da Indústria, com o presidente da Fiems, Sérgio Longen, quando foi informado das potencialidades do setor industrial de Mato Grosso do Sul, logo depois, na Governadoria, já com o governador André Puccinelli, o cônsul obteve dados sobre as riquezas naturais do Estado.


Segundo Thomas Kelly, trata-se da primeira visita a Mato Grosso do Sul e o objetivo foi compreender melhor o dinamismo do desenvolvimento do Estado nos últimos anos, incluindo a instalação de uma indústria norte-americana em Três Lagoas, a IP (International Paper). “De posse das informações obtidas junto ao presidente Sérgio Longen e ao governador André Puccinelli, agora espero trabalhar em parceria com a Fiems e com o Governo para aumentar os intercâmbio dos Estados Unidos com Mato Grosso do Sul, incluindo novos investimentos de companhias americanas e novas acordos entre as universidades americanas e as instituições de ensino superior do Estado”, declarou.

#####Interesses

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, ressaltou que a disponibilidade do cônsul-geral americano em levar as informações sobre as potencialidades do Estado ao empresariado dos Estados Unidos deve contribuir para atrair novos investimentos para Mato Grosso do Sul. “Essa visita foi muito importante e vai possibilitar a construção de parcerias e intercâmbios comerciais e culturais com o Governo dos EUA”, avaliou, reforçando que o Brasil é um grande produtor mundial de matéria prima e também de alimentos, tendo Mato Grosso do Sul se destacando em alguns setores, como é o caso da celulose e de papel.

Ele destaca que para Mato Grosso do Sul é muito importante a continuidade dos investimentos dos Estados Unidos. “Esperamos que os investidores norte-americanos tenham a percepção das potencialidades do nosso Estado, sendo testemunhas do desenvolvimento industrial de Mato Grosso do Sul”, disse, reforçando que atualmente o Estado conta com 9.530 indústrias, que juntas empregam 117.126 trabalhadores.

#####Expressividade

O cônsul-geral americano no Brasil ressaltou a expressividade da Fiems como entidade representativa do setor produtivo e ficou impressionado com a dinâmica de Mato Grosso do Sul. “É maravilhoso tomar conhecimento de todo esse potencial do Estado e espero trabalhar em parceria com a Fiems para aumentar os investimentos americanos no território sul-mato-grossense. Compreendendo melhor todas as oportunidades oferecidas pela região, fico muito otimista sobre as possibilidades de novos investimentos norte-americanos em Mato Grosso do Sul”, garantiu.

Já o governador André Puccinelli lembrou da parceria que mantém com o Sistema Fiems, principalmente na questão da qualificação de mão-de-obra para o setor industrial, e demonstrou interesse na articulação do cônsul dos Estados Unidos na atração de novos investimentos para o Estado. “Esperamos estreitar ainda mais a relação comercial e cultural com os Estados e ficamos felizes em saber que o cônsul Thomas Kelly está disposto a contribuir nesse processo”, declarou.

Também participaram das reuniões na Casa da Indústria e na Governadoria a vice-cônsul-geral americana Katheryn Harper, a assessora do consulado americano, Najla Kubrusly, o diretor-corporativo da Fiems e diretor-regional do Senai, Jaime Verruck, e o diretor da Fiems e presidente do Coinfra (Conselho Temático Permanente de Infra-Estrutura) da Fiems, Kléber Recalde, o superintendente estadual das Cidades (Secid) e coordenador do Zoneamento Ecológico-Econômico do governo do Mato Grosso do Sul (ZEE/SM), Sérgio Yonamine, o superintendente de indústria e comércio da Seprotur (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), Jonathas Camargo, além do assessor da Presidência da Fiems, Michael Gorski.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Receita abre amanhã consulta ao lote residual de restituição do IRPF
IRPF

Receita abre amanhã consulta ao lote residual de restituição do IRPF

22/10/2020 18:04
Receita abre amanhã consulta ao lote residual de restituição do IRPF
Temporal derruba teto de escola em MS
Vendaval

Temporal derruba teto de escola em MS

22/10/2020 09:06
Temporal derruba teto de escola em MS
Caixa libera R$ 25 bilhões em crédito para micro e pequenas empresas
economia

Caixa libera R$ 25 bilhões em crédito para micro e pequenas empresas

22/10/2020 08:21
Caixa libera R$ 25 bilhões em crédito para micro e pequenas empresas
Inadimplência em cursos de graduação cresce no 1º semestre no país
Brasil

Inadimplência em cursos de graduação cresce no 1º semestre no país

19/10/2020 16:12
Inadimplência em cursos de graduação cresce no 1º semestre no país
Maior exportador de celulose do país, MS vê setor florestal impulsionar economia verde no Estado
Economia

Maior exportador de celulose do país, MS vê setor florestal impulsionar economia verde no Estado

18/10/2020 11:03
Maior exportador de celulose do país, MS vê setor florestal impulsionar economia verde no Estado
Últimas Notícias