Dourados – MS segunda, 19 de abril de 2021
Dourados
32º max
18º min
Influx - Campanha 2021
Economia

Atividade industrial de MS apresenta estabilidade, aponta pesquisa da Fiems

21 Nov 2015 - 07h00
Outubro marcou o 17º mês consecutivo com o índice da produção industrial abaixo da linha indicativa de expansão. - Crédito: Foto: Divulgação/FiemsOutubro marcou o 17º mês consecutivo com o índice da produção industrial abaixo da linha indicativa de expansão. - Crédito: Foto: Divulgação/Fiems
Nos últimos três meses deste ano, o indicador relativo à produção industrial ficou na faixa dos 42 pontos, sugerindo que houve uma estabilização e que a atividade do setor em Mato Grosso do Sul parou de cair nesse período, conforme a Sondagem Industrial realizada em outubro pelo Radar Industrial da Fiems junto às empresas sul-mato-grossenses. “No entanto, outubro de 2015 marcou o 17º mês consecutivo com o índice da produção industrial abaixo da linha indicativa de expansão, que é a partir dos 50 pontos”, analisou o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende.

Ele acrescenta que o levantamento aponta que a capacidade da indústria estadual continua ociosa, ficando, no mês de outubro, em 34%, na média. “Para 51,7% dos respondentes a utilização da capacidade instalada ficou abaixo do usual para o mês. O índice marcou 37,2 pontos em outubro, queda de 5,9 pontos no comparativo com igual mês de 2014, mantendo o resultado muito abaixo do patamar considerado adequado para o período, que é alcançado quando o indicador se situa em torno dos 50 pontos”, informou.

Ezequiel Resende reforça que o atual cenário não deve apresentar grandes mudanças para os próximos seis meses. “Os índices que medem a expectativa em relação à demanda por seus produtos, quantidade exportada, número de empregados e compras de matérias-primas ficaram, mais uma vez, abaixo dos 50 pontos, sinalizando que os empresários da indústria estadual não acreditam em melhoras significativas para estas variáveis nos próximos seis meses a partir de outubro”, afirmou.

ICEI

Já o Índice de Confiança do Empresário Industrial em Mato Grosso do Sul (ICEI/MS) segue nos mais baixos patamares da série histórica. “Novembro de 2015 marcou o 16º mês consecutivo com o índice inferior aos 50 pontos, ficando em 38,4 pontos. O resultado permanece abaixo da linha divisória dos 50 pontos, principalmente, pelo pessimismo apresentado em relação às atuais condições da economia brasileira, sendo a variável de pior desempenho, marcando somente 20,7 pontos”, alegou o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems.

Em novembro, para 81,6% dos respondentes as condições atuais da economia brasileira pioraram, enquanto no caso da economia estadual, na mesma comparação, a piora foi apontada por 72,9% dos participantes. Com relação à própria empresa, as condições atuais estão piores para 54,7% dos respondentes, enquanto para 34,9% elas não se alteraram. Para os próximos seis meses, 63,6% dos respondentes mostraram-se pessimistas em relação à economia brasileira, enquanto no caso da economia estadual o pessimismo foi apontado por 48,8% dos participantes da pesquisa. Com relação ao desempenho da própria empresa, considerando os próximos seis meses, 33% dos respondentes mostraram-se pessimistas, patamar ainda próximo aos dos que acham que a situação permanecerá igual, que chegou a 37,6%.

Além disso, 70% dos empresários industriais do Estado não pretendem investir nos próximos seis meses. “O industrial sul-mato-grossense se mostra pouco confiante em relação aos investimentos, 70,5% dos respondentes disseram que não pretendem realizar investimentos nos próximos seis meses a partir de novembro. Por fim, o indicador de intenção de investimento marcou 37,1 pontos, recuo de 30,5% sobre igual mês do ano passado”, afirmou Ezequiel Resende.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Transporte rodoviário tenta se manter firme, apesar das dificuldades
Economia

Transporte rodoviário tenta se manter firme, apesar das dificuldades

19/04/2021 11:30
Transporte rodoviário tenta se manter firme, apesar das dificuldades
Economia

Agência Brasil explica: o que é Ibovespa

19/04/2021 09:15
Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro
ECONOMIA

Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro

18/04/2021 14:53
Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em junho
BENEFÍCIO

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em junho

18/04/2021 11:36
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em junho
Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
Economia

Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020

17/04/2021 09:35
Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
Últimas Notícias