Dourados – MS quarta, 19 de fevereiro de 2020
Dourados
34º max
23º min
Economia

Aneel volta a negar devolução de R$ 7 bilhões por erro em conta

25 Jan 2011 - 21h40
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) negou nesta terça-feira (25) o pedido de reconsideração interposto pelos parlamentares Eduardo da Fonte, Ciro Nogueira e Alexandre Santos, na tentativa de reverter a decisão que deliberou pelo não ressarcimento aos consumidores de cerca de R$ 7 bilhões que foram cobrados indevidamente pelas distribuidoras de energia elétrica entre 2002 e 2009.

A decisão foi unânime entre os seis diretores da Aneel, incluindo o diretor-geral da agência, Nelson Hubner. Eles reiteraram a decisão do fim do ano passado, de que a aplicação retroativa do novo sistema de reajuste das tarifas não tem amparo jurídico e sua aceitação provocaria instabilidade regulatória ao setor elétrico, o que traria prejuízos à prestação do serviço e aos consumidores.

A cobrança a mais ocorreu por um erro na fórmula de cálculo dos reajustes anuais das contas de luz. A Aneel reconheceu o problema, corrigiu a falha, mas decidiu em dezembro que o novo sistema de ajuste das tarifas não poderia retroagir. Assim, as distribuidoras não teriam a obrigação de ressarcir os consumidores que pagaram o que não deviam.

O relator do processo, o diretor Edvaldo Santana, destacou que o próprio Tribunal de Contas da União (TCU), que se debruçou em análises sobre a distorção na metodologia em 2008, concluiu pela legalidade da cobrança da tarifa. O diretor afirmou que, se fossem rompidos os contratos para alterar a fórmula de reajuste, as tarifas de energia elétrica poderiam dar um salto. Segundo ele, a elevação do risco regulatório influencia na taxa de remuneração do custo de capital das empresas que, por sua vez, é utilizado como parâmetro de cálculo da tarifa.

Com informações da Agência Estado e do Valor Online.


(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Descontos no financiamento da casa própria serão reduzidos pelo FGTS em 2021
Economia

Descontos no financiamento da casa própria serão reduzidos pelo FGTS em 2021

há 56 minutos atrás
Descontos no financiamento da casa própria serão reduzidos pelo FGTS em 2021
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 170 milhões
Mega-Sena

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 170 milhões

19/02/2020 13:00
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 170 milhões
Programa Brasil Mais pretende atender 200 mil empresas até 2022
economia

Programa Brasil Mais pretende atender 200 mil empresas até 2022

19/02/2020 07:50
Programa Brasil Mais pretende atender 200 mil empresas até 2022
Começam a valer medidas da Caixa para estimular construção civil
economia

Começam a valer medidas da Caixa para estimular construção civil

18/02/2020 07:28
Começam a valer medidas da Caixa para estimular construção civil
União pagou em janeiro R$ 368,24 mi em dívidas atrasadas de estados
dívidas

União pagou em janeiro R$ 368,24 mi em dívidas atrasadas de estados

18/02/2020 06:41
União pagou em janeiro R$ 368,24 mi em dívidas atrasadas de estados
Últimas Notícias