Dourados – MS quarta, 17 de julho de 2024
10º
Economia

76% da população de MS é contra o retorno da CPMF

03 Mar 2016 - 06h00
76% da população de MS é contra o retorno da CPMF -
Durante o lançamento da campanha “Acorda MS – Chega de Impostos”, realizada pela Fiems, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, apresentou uma pesquisa de opinião pública a respeito do retorno da CPMF (Imposto Provisória sobre Movimentação Financeira).


De acordo com o levantamento realizado pelo Ipems a pedido da Fiems, no período de 20 a 25 de fevereiro deste ano junto a 1.600 pessoas com mais de 16 anos de idade, 76% dos entrevistados são contrários à recriação do imposto, enquanto 6% é a favor e 17,92% desconhecem o imposto.


“A Fiems é expressamente contrária à criação do imposto e os números da pesquisa demonstram claramente que a sociedade não quer o retorno da CPMF porque o consumidor final é o maior prejudicado. O imposto atinge desde a produção ao consumo em todas as suas cadeias, então nós precisamos mobilizar a bancada federal e cobrar deles”, afirmou Sérgio Longen.


Ainda de acordo com a pesquisa Fiems/Ipems, em Campo Grande, 62,62% dos entrevistados são contra a volta da CPMF, enquanto 29,52% não sabem ou não responderam e 7,87% são a favor. Em Dourados, 89,17 das pessoas ouvidas são contra o imposto, 7,29% não sabem ou não responderam e 3,54% são a favor. Já em Três Lagoas 66,38% são contra, 25,18% não sabem ou não responderam e 8,44% são a favor, sendo que em Corumbá 84,45% são contra o imposto, 10,08% não sabem ou não responderam e 5,47% são a favor.


A enquete mostra que do universo de pessoas 62% respondeu que o maior motivo de desaprovação da CMPF é que já existem impostos demais, 12,17% disseram que é mais uma forma de roubar o povo, enquanto 4,36% alegam que é ruim para o povo pois, sobrecarrega, 3,03% acreditam que a cobrança é injusta, outros 2,28% dizem que é um imposto desnecessário e 2,12% falam que os juros são altos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dólar sobe para R$ 5,48 influenciado por Japão e China
Economia

Dólar sobe para R$ 5,48 influenciado por Japão e China

17/07/2024 19:50
Dólar sobe para R$ 5,48 influenciado por Japão e China
Novo momento: Governo define economista Cristiane Schmidt na presidência da MSGÁS
Economia

Novo momento: Governo define economista Cristiane Schmidt na presidência da MSGÁS

17/07/2024 19:30
Novo momento: Governo define economista Cristiane Schmidt na presidência da MSGÁS
Receita com exportação de industrializados de MS em junho é a maior de toda série histórica
Economia

Receita com exportação de industrializados de MS em junho é a maior de toda série histórica

17/07/2024 14:30
Receita com exportação de industrializados de MS em junho é a maior de toda série histórica
Orçamento de 2024 possivelmente terá contingenciamento, diz Haddad
Economia

Orçamento de 2024 possivelmente terá contingenciamento, diz Haddad

16/07/2024 19:00
Orçamento de 2024 possivelmente terá contingenciamento, diz Haddad
Investimentos em infraestrutura aérea colocam Camapuã na rota do desenvolvimento de polo de celulose
Infraestrutura

Investimentos em infraestrutura aérea colocam Camapuã na rota do desenvolvimento de polo de celulose

16/07/2024 14:00
Investimentos em infraestrutura aérea colocam Camapuã na rota do desenvolvimento de polo de celulose
Últimas Notícias