Dourados – MS terça, 22 de setembro de 2020
Dourados
27º max
14º min
Golpe

4,7 mil tentativas de fraudes são aplicadas no país diariamente

11 Jun 2016 - 07h00
Dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica. - Crédito: Foto: ReproduçãoDados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica. - Crédito: Foto: Reprodução
Segundo o Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraudes, em abril de 2016, 141.008 tentativas de fraude de identidade foram aplicadas no país. São cerca de 4,7 mil tentativas por dia, nas quais dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou mesmo obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos. De acordo com estudos da Serasa, basta perder um documento pessoal para dobrar a probabilidade de o consumidor ser vítima de um golpe. Para se prevenir, quem teve seus documentos extraviados, além de fazer um Boletim de Ocorrência (B.O.), deve cadastrar um alerta gratuito na Serasa pelo link: www.serasaconsumidor.com.br/servicos-roubo-perda-de-documentos


No acumulado de janeiro a abril deste ano, o indicador registrou 587.518 tentativas de fraudes no Brasil. Em relação ao mesmo período do ano anterior, quando o índice apresentou 660.443, houve queda de 11%. Segundo os economistas da Serasa Experian, com o atual crescimento do desemprego e a recessão econômica, é menor o número de pessoas no varejo ou buscando crédito, o que reduz automaticamente o número de potenciais alvos dos fraudadores na captura de informações. No entanto, a quantidade de tentativas de golpes aplicada diariamente no Brasil ainda é considerado bastante elevado.


O segmento de telefonia é o mais afetado, sendo responsável por 41,9% do total de tentativas de fraude identificadas em abril (59.143). Isso significa que os dados pessoais dos consumidores são utilizados por terceiros para abertura de contas de celulares ou compra de aparelhos, por exemplo. Em relação a março de 2016, houve queda de 9,5% nas tentativas de fraude neste segmento.


Caso a fraude no segmento de telefonia seja bem sucedida, funciona como uma "porta de entrada" para os fraudadores poderem aplicar golpes de maior valor em outros setores da economia. Os golpistas costumam comprar telefones para gerarem um comprovante de residência e, assim, abrir contas em bancos para pegar talões de cheque, pedir cartões de crédito e fazer empréstimos bancários em nome de outras pessoas.


O segmento de serviços vem em seguida no ranking dos setores com mais tentativas de fraude identificadas pelo indicador em abril (41.117), representando 29,2% do total. Na comparação com março de 2016, a queda foi de 14,0%. O terceiro segmento mais afetado é o de bancos e financeiras, com 19,9% do total (28.129). Na comparação com março de 2016, houve queda de 9,4%.

Principais tentativas de golpe


- Compra de celulares com documentos falsos ou roubados.


- Emissão de cartões de crédito: o golpista solicita um cartão de crédito usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a "conta" para a vítima e o prejuízo para o emissor do cartão.


- Financiamento de eletrônicos (Varejo) – o golpista compra um bem eletrônico (TV, aparelho de som, celular etc.) usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a conta para a vítima.


- Abertura de conta: golpista abre conta em um banco usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a "conta" para a vítima. Neste caso, toda a "cadeia" de produtos oferecidos (cartões, cheques, empréstimos pré-aprovados) potencializa possível prejuízo às vítimas, aos bancos e ao comércio.


- Compra de automóveis: golpista compra o automóvel usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a "conta" para a vítima.


- Abertura de empresas: dados roubados também podem ser usados na abertura de empresas, que serviriam de ‘fachada’ para a aplicação de golpes no mercado.

Cadastrar alerta de documento extraviado


O registro do extravio ou roubo dos documentos (como Registro Geral, o RG; carteira de trabalho; CPF; carteira de habilitação e título de eleitor) e folhas de cheques pode ser feito pela internet, no link: www.serasaconsumidor.com.br/servicos-roubo-perda-de-documentos. Se alguém já teve no passado algum documento extraviado e ainda não registrou as informações, também pode realizar o cadastro.


A partir da inclusão dos dados, o aviso ficará disponível para os clientes da Serasa em todo o país. O alerta de documentos ficará no sistema de consultas por dez dias úteis. Para que permaneça por tempo indeterminado, dentro desse prazo, o consumidor precisa preencher uma declaração disponível na mesma página do cadastro e enviá-la junto com uma cópia do B.O. por e-mail ou correio. O passo a passo pode ser conferido no link: www.serasaconsumidor.com.br/servicos-roubo-perda-de-documentos. (*Serasa Expeiran.com.br).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comerciantes paraguaios protestam pela abertura da fronteira com o Brasil
Fronteira

Comerciantes paraguaios protestam pela abertura da fronteira com o Brasil

22/09/2020 13:52
Comerciantes paraguaios protestam pela abertura da fronteira com o Brasil
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Dourados oferece 147 oportunidades de emprego nesta semana
vagas

Dourados oferece 147 oportunidades de emprego nesta semana

21/09/2020 07:59
Dourados oferece 147 oportunidades de emprego nesta semana
Especialistas defendem IVA único e mudanças na tributação da renda
economia

Especialistas defendem IVA único e mudanças na tributação da renda

19/09/2020 15:30
Especialistas defendem IVA único e mudanças na tributação da renda
Agência da Caixa funciona neste sábado para atendimento do auxílio e do FGTS emergencial
Dourados

Agência da Caixa funciona neste sábado para atendimento do auxílio e do FGTS emergencial

19/09/2020 09:31
Agência da Caixa funciona neste sábado para atendimento do auxílio e do FGTS emergencial
Últimas Notícias