Dourados – MS domingo, 28 de novembro de 2021
Dourados
34º max
19º min
Cassems - Rede Amo
Cultura

Tim Sgaravatti, meio século de boa música em Dourados

O cantor e baixista é o cara do som nosso de cada dia. Não deu tempo ao tempo. Aos sábados, ele faz show na Panificadora Pão Bom

17 Out 2021 - 17h00Por Vander Verão, Especial para O Progresso
Tim, baixista e cantor que há cinco décadas vem agitando as noites douradenses - Crédito: Reprodução/FacebookTim, baixista e cantor que há cinco décadas vem agitando as noites douradenses - Crédito: Reprodução/Facebook

Valentim Sgaravatti, ou simplesmente, Tim. Esse é o cara do som nosso de cada dia. Da década de 70 para cá, ele esteve em todas as paradas. Não deu tempo ao tempo. Pelo contrário. Agitou as noites douradenses tocando, cantando ou sendo o responsável pela sonorização de outros eventos. E continua fazendo isso, imitando o próprio tempo que consumiu ao longo das  últimas cinco décadas.

Como ocorreu com vários músicos, Tim também participou de showmícios, ou seja, subiu em palanques políticos, o que não deixou de ser uma ótima oportunidade para incrementar a renda, principalmente em tempos ‘bicudos” de crise financeira.

Tim nasceu em Jales (SP). Veio para Dourados em 1975, após passar um tempo tem Angélica. Aqui, na terra de Marcelino Pires e de outros tantos pioneiros que escreveram com muito suor a nossa história, foi convidado para fazer parte de um grupo musical – já arranhava bem o violão e cantava.

Antes disso, porém, passou por experiência musical em Ivinhema e, também, em Fátima do Sul, onde integrou o grupo Explosão. Esse grupo, vale lembrar, participou, com Tim, do 1º Fempop, no ginásio do Operário (depois, ginásio do CAD), em 1978.

Depois disso, Tim foi convidado para fazer parte do Aquarius, grupo que tinha Moacir Costa, Armando Piai, Shot da Gaita, Piola e Odilon. O Clube Social era a “casa” do Aquarius. Eu não cansei de vê-los. Todos os sábados. Baile após baile. Isso, durante quase quatro anos.
Célia Cristina, hoje Célia Held, que mora nos Estados Unidos, também fez parte do Aquarius, como crooner, assim como o saudoso Aldo Sancanini.
 
Floku’s
Tempos depois, Tim resolveu partir para uma nova investida e criou o grupo Floku’s, que se apresentou em eventos, em várias cidades de Mato Grosso do Sul e de outros estados, principalmente em exposições e bailes.

No final da década de 70, Tim resolveu ter a sua própria banda. E por isso, fundou o Floku’s. A aparelhagem, moderna na época, foi adquirida em São Paulo.

Como aconteceu com o Aquarius, presenciei muitas vezes o Floku’s no Clube Social, sempre com Armando Piai mandando ver no órgão.

O Floku’s foi muito importante para o setor de entretenimento da cidade e região. Isso, porque, era requisitado constantemente para eventos que envolviam música e sonorização. E Tim, sempre estava atento.

O Floku’s teve a sua primeira formação com Tim no baixo e vocal; Célia Cristina (hoje, Célia Held) no vocal; Moacir Costa, na guitarra; Armando Piai, nos teclados; e Moisés, irmão de Tim, na bateria. Moacir e Armando, assim como Tim, fizeram parte do Aquarius.

Em seguida, também entraram para o Floku’s o crooner Sidney e Paulinho Habibi, no piston (trompete).

A primeira apresentação do Floku’s, com a nova aparelhagem, aconteceu na eliminatória do 1º Fessul (Festival da Canção Sul-Mato-Grossense), música inédita, no ginásio do Operário, durante os dias 17 e 18 de março de 1979, quando acompanhou os participantes e também foi responsável pela sonorização do evento.

Outros eventos
Em abril de 1979, o Floku’s liberou sua aparelhagem de som para a encenação da peça teatral “Paixão de Cristo”, que aconteceu em frente à Igreja Matriz (atual Catedral).

No dia 19 de maio de 1979, o Floku’s participou da 1ª Feira do Povo, na Praça Antônio João, uma promoção da Prefeitura de Dourados. Também marcaram presença o Grupo Acaba, de Campo Grande, vencedor do 1º Fessul com a música Kananciuê, o Grupo Therra, de Campo Grande, o grupo nordestino João do Fole e sua gente, além da Banda Lira Douradense.

Enfim, durante 1979, o Floku’s tocou em bailes nos clubes Indaiá, Social e Nipônicos e também em várias cidades da região, o mesmo acontecendo nos anos 80.

O Floku’s também se apresentou em festas juninas  e em exposições agropecuárias durante vários anos. E, ainda, na Bolívia e no Paraguai.

Além disso, o Floku’s foi responsável pela sonorização de vários festivais como Frutos da Terra, Show da Paz, dezenas de shows e inúmeros outros eventos.
Em época de campanha eleitoral, também não deixava por mesmo e sempre estava presente nos inesquecíveis showmícios. 

Música aos sábados
Tim foi o responsável, há vários anos, pela sonorização das transmissões das sessões da Câmara de Vereadores de Dourados. E, também, dá uma “canja”, aos sábados, na Panificadora Pão Bom, localizada no Parque Alvorada.

Em dezembro de 2019, Tim recebeu o Título de Amigo Honorário da Câmara de Dourados, uma iniciativa do próprio Legislativo douradense.

E o carismático Tim, um cara simples e popular, sem estrelismo, continua até hoje tocando nas noites douradense. O que pode ser comprovado, aos sábados, na Panificadora Pão Bom.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Músico Fronteiriço está entre os finalistas do 22° FUC
Festival Universitário

Músico Fronteiriço está entre os finalistas do 22° FUC

28/11/2021 15:00
Músico Fronteiriço está entre os finalistas do 22° FUC
Trem das Onze, o samba na terra de Marcelino Pires
Música

Trem das Onze, o samba na terra de Marcelino Pires

28/11/2021 13:00
Trem das Onze, o samba na terra de Marcelino Pires
Rogério Fernandes lança “Eu conto para não morrer comigo”
Literatura

Rogério Fernandes lança “Eu conto para não morrer comigo”

28/11/2021 11:00
Rogério Fernandes lança “Eu conto para não morrer comigo”
Museu de Arte Contemporânea completa 30 anos
Cultura

Museu de Arte Contemporânea completa 30 anos

28/11/2021 09:00
Museu de Arte Contemporânea completa 30 anos
Mostra Audiovisual de Dourados anuncia vencedores das categorias competitivas
Cultura

Mostra Audiovisual de Dourados anuncia vencedores das categorias competitivas

27/11/2021 09:21
Mostra Audiovisual de Dourados anuncia vencedores das categorias competitivas
Últimas Notícias