Dourados – MS sexta, 04 de dezembro de 2020
Dourados
30º max
21º min
Influx
Imaculada-Mobile
POLÍTICA

Senado aprova MP que concede auxílio emergencial a artistas

Medida complementa Lei Aldir Blanc e voltará para análise da Câmara

23 Jul 2020 - 07h35Por Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil -

O Senado aprovou hoje (22) a Medida Provisória (MP) 986/2020, que define as regras de repasse da verba de apoio ao setor cultural, conforme previsto pela Lei Aldir Blanc, sancionada em junho. A MP também estabelece prazo de 120 dias para estados e o Distrito Federal devolverem à União recursos não usados do auxílio emergencial ao setor cultural devido à pandemia de covid-19.

O texto foi alterado pelo relator no Senado, Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), e, por isso, volta à Câmara para nova apreciação. Entre as alterações está a inclusão de um dispositivo que remete a verba não utilizada no prazo para os fundos estaduais de cultura. Outra emenda acatada pelo relator traz a obrigação de estados e municípios, além do DF, de apresentarem a lista beneficiados pelos repasses.

A MP reafirma que a aplicação dos recursos está limitada aos R$ 3 bilhões liberados pela União. Caso municípios, estados e Distrito Federal queiram aumentar os valores, deverão fazer a complementação com recursos próprios.

A Lei Aldir Blanc prevê o pagamento de três parcelas de um auxílio emergencial de R$ 600 mensais para os trabalhadores da área cultural, além de um subsídio para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas e organizações comunitárias. Esse subsídio mensal terá valor entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, de acordo com critérios estabelecidos pelos gestores locais.

Trabalhadores do setor cultural, microempresas e empresas de pequeno porte também terão acesso a linhas de crédito específicas para fomento de atividades e aquisição de equipamentos e condições especiais para renegociação de débitos, oferecidas por instituições financeiras federais.

De acordo com a lei, poderão ser realizados editais, chamadas públicas e prêmios, entre outros artifícios, para a manutenção e o desenvolvimento de atividades de economia criativa e economia solidária, cursos, manifestações culturais, produções audiovisuais, bem como atividades artísticas e culturais que possam ser transmitidas pela internet ou por meio de plataformas digitais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imortal da Academia Brasileira de Letras lança livro em Campo Grande
CULTURA

Imortal da Academia Brasileira de Letras lança livro em Campo Grande

02/12/2020 20:07
Imortal da Academia Brasileira de Letras lança livro em Campo Grande
Lei Aldir Blanc alcança mais de 4 mil municípios que nunca receberam recursos diretos para a cultura
Cultura

Lei Aldir Blanc alcança mais de 4 mil municípios que nunca receberam recursos diretos para a cultura

01/12/2020 14:01
Lei Aldir Blanc alcança mais de 4 mil municípios que nunca receberam recursos diretos para a cultura
Girafolhas: ideias criativas e  artística com papel
Cultura

Girafolhas: ideias criativas e artística com papel

30/11/2020 16:45
Girafolhas: ideias criativas e  artística com papel
Zezãozinho fez sucesso na década de 80 em Dourados
Cultura

Zezãozinho fez sucesso na década de 80 em Dourados

30/11/2020 14:36
Zezãozinho fez sucesso na década de 80 em Dourados
Governo apoia projeto de geração de renda com cerâmicas Kadiwéu
Cultura

Governo apoia projeto de geração de renda com cerâmicas Kadiwéu

27/11/2020 17:16
Governo apoia projeto de geração de renda com cerâmicas Kadiwéu
Últimas Notícias