Dourados – MS domingo, 25 de outubro de 2020
Dourados
32º max
21º min
Influx
Cultura

Pixinguinha, um projeto que marcou época em Dourados

Em 1986, a segunda temporada do Projeto Pixinguinha foi realizada no Clube Nipônico

14 Out 2020 - 13h49Por Vander Verão
Pixinguinha, um projeto que marcou época em Dourados - Crédito: Reprodução/O PROGRESSO Crédito: Reprodução/O PROGRESSO

 primeira temporada do Projeto Pixinguinha em Dourados aconteceu no Cine Ouro Verde, em 1984. Os destaques nacionais foram as cantoras Inezita Barroso, Eliete Negreiros, Jane Duboc e Marlene,  Oswaldinho do Acordeom, Arrigo Barnabé e Quinteto Violado. Os representantes “prata da casa” foram a dupla Keila e José Luiz Lodi, que abriu o show de Marlene, grupo Acauã e Nóis Num Liga, liderado pelo saudoso Miguel de Oliveira. .Isso foi em setembro e outubro daquele ano.

Em 1986, a segunda temporada do Projeto Pixinguinha foi realizada no Clube Nipônico – o Cine Ouro Verde tinha encerrado suas atividades. Atrações nacionais: João Nogueira, Marília Medalha e Anna Fernandes. A atração “prata da casa” foi o conjunto Prisma, formado por Emílio, Dantas,  Lourival, Morango e Loro, que era ligado ao blues e ao rock progressivo.

O Prisma, vale lembrar, abriu o show do consagrado sambista João Nogueira. O espaço do Nipônico foi pequeno para o grande público.
No domingo seguinte, no mesmo local, as atrações foram Tânia Alves, Banda Sorte e Rosy Greca e o “prata da casa”, Coralito. E, na quarta etapa, dia 11 de maio, as atrações foram Zizi Possi, Vítor Ramil, Banda Luz e Fátima Fontenelle. A atração local foi o saudoso cantor itaporaense Tony Leão. No dia 18 de maio, o elenco de shows foi formado por Emílio Santiago, Celma e Célia e Gustavo Veiga. A atração local foi o cantor Carlos Fábio.  

Tony Leão começou sua carreira na música muito cedo e aos 13 anos já se apresentava em programas de calouro. Aos 17 anos, foi morar em Corumbá, onde fez parte do grupo Terra Branca.

O Coralitos iniciou a carreira em 1985, no Fessul, em Campo Grande, acompanhando os cantores Tony Leão e Rinaldo Calheiros. O samba-canção “Desalento”, de Rinaldo, conseguiu a 2ª colocação no festival. Também, participou do 8º Encontro de Corais e do Frutos da Terra, além do Projeto Pixiguinha de 86.

O Coralitos era formado por Simone Nogueira Rasslan, Cleide Duarte Ramos, Neilde Ruiz Alfonzos e Lily Canedos (sopranos), Scheila Guimarães, Damaris Costa, Maria Inês Bittencourt Amaral e Maria do Carmo Bertato Gonçalves (contraltos), Adilvo Mazzini e Ricardo César de Figueiredo (tenores), Elmer Piazzon Bento, José Daniel de Freitas Filho e Luiz Carlos Rossini (baixo), Lily Canedo (coordenação vocal) e Toninho Giraldo (coordenação teatral).

No dia 18 de maio de 1986, o Projeto Pixinguinha teve continuidade, no Clube Nipônico, com shows de Emílio Santiago, Celma e Célia, Gustavo Veiga e o “prata da casa”  Carlos Fábio.

No encerramento da temporada de 1986, o público assistiu shows da cantora Marlene, Alceu do Cavaco, Zeca do Trombone e do grupo “prata da casa”, Araticum. Marlene também marcou presença no Projeto Pixinguinha, em Dourados, em 1984.

O show do Araticum teve a direção de June Torres. Moacir (violão, vocal, cavaquinho e bandolin), Juca (ritmo e percussão), Toninho (violão, voz, viola), Neto (vocal e baixo), Manão (voz), Loyde (voz), Cristina (vocal), Boca (vocal, violão e arranjo de percussão), formavam o Araticum. Um time da pesada, que convidou para o Pixinguinha, Sultan (viola e flauta).

Olho de Gato

O conjunto “Olho de Gato” também se apresentou no Projeto Pixinguinha. Isso ocorreu no dias 20 de abril de 1986, no Clube Nipônico.
O “Olho de Gato” era formado por Nau Maurício (guitarra), Fernando Bolão (bateria) e Lúcio Val (baixo). A banda douradense abriu o show do mineiro Wagner Tiso. Também marcaram presença as cantoras Cida Moreira e Zélia Cristina.

O Projeto Pixinguinha era uma promoção da Funarte (Fundação Nacional de Artes) e em Dourados era coordenado pela Fundação Cultural e de Esportes (Funced).




Deixe seu Comentário

Leia Também

Professora conta histórias on-line para as crianças
Educação

Professora conta histórias on-line para as crianças

23/10/2020 14:27
Professora conta histórias on-line para as crianças
1º Fempop, em 1978, revelou talentos e deixou saudades
Cultura

1º Fempop, em 1978, revelou talentos e deixou saudades

23/10/2020 14:06
1º Fempop, em 1978, revelou talentos e deixou saudades
PELÉ
Cultura

PELÉ

23/10/2020 12:56
PELÉ
Quarenta e oito municípios assinam Termo de Cooperação Técnica com a Fundação de Cultura para a Lei Aldir Blanc
Lei Aldir Blanc

Quarenta e oito municípios assinam Termo de Cooperação Técnica com a Fundação de Cultura para a Lei Aldir Blanc

22/10/2020 12:16
Quarenta e oito municípios assinam Termo de Cooperação Técnica com a Fundação de Cultura para a Lei Aldir Blanc
Mais cinco editais da Lei Aldir Blanc são publicados no Diário Oficial
Lei Aldir Blanc

Mais cinco editais da Lei Aldir Blanc são publicados no Diário Oficial

21/10/2020 11:31
Mais cinco editais da Lei Aldir Blanc são publicados no Diário Oficial
Últimas Notícias