Dourados – MS sábado, 25 de maio de 2024
13º
Cultura

Novo filme de Divino Xavante emociona 17º Festivali

Abdzé Wede'õ, O vírus tem cura? Documentário foi exibido na última segunda-feira no festival de cinema do Vale do Ivinhema

01 Mai 2022 - 14h00
Divino aproveitou o período de isolamento para captar imagens dos rituais de festa, cura e de morte em sua aldeia - Crédito: DivulgaçãoDivino aproveitou o período de isolamento para captar imagens dos rituais de festa, cura e de morte em sua aldeia - Crédito: Divulgação

O enfrentamento da pandemia da Covid 19 nos anos de 2020 e 2021na aldeia Sangradouro em Mato Grosso é o tema do documentário Abdzé Wede’õ, O vírus tem cura? Do cineasta Divino Tserewahú, exibido na última segunda-feira no festival de cinema do Vale do Ivinhema. A sessão comentada foi marcada pela emocionante fala do diretor, que através de seu filme mostrou as dores de toda uma população diante da doença.

Divino Xavante, como é conhecido, aproveitou o período de isolamento para captar imagens dos rituais de festa, de cura e de morte em sua aldeia para expressar o sentimento de luto que assolou todo o planeta. No final da exibição, o cineasta falou da potência da arte cinematográfica em preservar a memória e sublimar a tragédia. O público reagiu com um intenso silêncio. O filme é de média metragem e foi selecionado para encerrar o mais recente festival de cinema de Brasília.

A 17ª. Edição do Festivali está acontecendo em Ivinhema desde o dia 24 de abril e conta com uma vasta programação de oficinas, mostras competitivas e apresentações musicais. O tema deste ano é 18 Anos da Fundação Nelito Câmara. A abertura do evento exibiu um filme sobre a trajetória da FNC e em seguida houve a apresentação da Orquestra Prelúdio, com regência de Eduardo Martinelli, que executou temas clássicos do cinema mundial.

O Festivali segue até ao próximo sábado, 30, e realizará na sexta-feira, 29, o aguardado show do músico Arnaldo Antunes e Trio. O 17º. Festival de Cinema do Vale do Ivinhema é uma realização da Fundação Nelito  Câmara com investimento do Fundo de Investimentos Culturais, FIC, através de edital e com apoio cultural de SESC/MS e Fecomércio/MS.

O Festivali
É o festival mais longevo de MS e sua mostra de curtas estudantis já foi finalista em cinco ocasiões no prêmio Itaú-Unicef. Nomes como Zezé Motta, Eliane Lage, Perla, Delinha, Elen Doppeschimit, Mauricio Copetti, entre outros, já passaram pelo festival.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Edital destinará R$ 10 milhões para implementação do Programa Estação Juventude nos CEUs das Artes
Cultura

Edital destinará R$ 10 milhões para implementação do Programa Estação Juventude nos CEUs das Artes

25/05/2024 22:30
Edital destinará R$ 10 milhões para implementação do Programa Estação Juventude nos CEUs das Artes
Encontro Literário com Diego Mendes Sousa
Cultura

Encontro Literário com Diego Mendes Sousa

25/05/2024 10:15
Encontro Literário com Diego Mendes Sousa
Fim de semana chega com Festa Cigana, Paulinho Gogó, Deixa Brincar e despedida do Ita Center Park
Agendão

Fim de semana chega com Festa Cigana, Paulinho Gogó, Deixa Brincar e despedida do Ita Center Park

24/05/2024 18:30
Fim de semana chega com Festa Cigana, Paulinho Gogó, Deixa Brincar e despedida do Ita Center Park
Mostra Pantalhaç@s oferece oficinas com artistas renomados internacionalmente
Cultura

Mostra Pantalhaç@s oferece oficinas com artistas renomados internacionalmente

24/05/2024 18:00
Mostra Pantalhaç@s oferece oficinas com artistas renomados internacionalmente
Decreto inclui bibliotecas públicas no Programa Nacional do Livro e do Material Didático
Cultura

Decreto inclui bibliotecas públicas no Programa Nacional do Livro e do Material Didático

24/05/2024 16:30
Decreto inclui bibliotecas públicas no Programa Nacional do Livro e do Material Didático
Últimas Notícias