Dourados – MS domingo, 25 de outubro de 2020
Dourados
32º max
21º min
Influx
Cultura

Moisés Crestani, compositor de destaque nos anos 80

18 Set 2020 - 14h44Por Vander Verão, especial para O Progresso
Moisés Crestani, poeta ligado ao movimento cultural de Dourados - Crédito: Foto: Reprodução/FacebookMoisés Crestani, poeta ligado ao movimento cultural de Dourados - Crédito: Foto: Reprodução/Facebook

O poeta e compositor Moisés Crestani obteve sucesso em vários festivais realizados em Dourados e em outras cidades do Estado, com suas músicas ficando, sempre, nas primeiras colocações, principalmente na década de 80

Moisés Crestani também deixou a sua marca na história do Fempop (Festival de Música Popular Brasileira), evento que foi promovido inicialmente pelo Juca (Jovens Unidos da Cabeceira Alegre) e, depois, pela UDE (União Douradense de Estudantes).

Moisés Crestani foi o autor do Hino do 2º Fempop, em 1979, realizado no ginásio do Operário (depois, conhecido como ginásio do CAD - Clube Atlético Douradense). No mesmo Fempop, Moisés também fez parte do corpo de jurados.

A música foi interpretada por Carlos Fábio e Célia Cristina (hoje, Célia Held).

A letra é a seguinte:

Segundo Fempop

Você é um colosso

É o grande grito estudantil

Do Sul de Mato Grosso

 

 

Segundo Fempop

Você é um colosso

É o grande grito estudantil

Do Sul de Mato Grosso

 

 

Não, não tem comparação

Não, não existe igual,

Dentro da cultura ou

na diversão,

Serás pra sempre o nosso festival

 

 

Só, só tem gente feliz

Só união e amizade

E para completar a nossa alegria,

Hoje o Fempop é realidade.

 

Nos anos 80, Élzio Lima interpretou uma música de Moisés Crestani nas eliminatórias do 1º Fessul, promovido pela TV Morena, no ginásio do CAD. Na grande final do 3º Fessul, em Campo Grande, Carlos Fábio interpretou  “Tudo é Antigo”, de Moisés Crestani. E no 4º Fessul, também, na Capital, Carlos Fábio ficou em 3º lugar interpretando a música “Um Novo Dia”, de Moisés Crestani.

“Tudo é Antigo”, de Moisés Crestani, na voz de Carlos Fábio, foi a vencedora do 1º Fico (Festival Interno do Colégio Objetivo), em novembro de 1982, no ginásio do CAD. Moisés Crestani também teve música de sua autoria no Festão (Festival de Música Sertaneja) da TV Morena.

E, ainda, três músicas de autoria de Moisés Crestani participaram de um Festival em Corumbá, nos anos, na interpretação de Carlos Fábio e de Jorge Luiz (Doda).

Moisés Crestani, vale lembrar, também é o autor de “Velas Orientais”, música de Beto Vellosa. Essa canção surgiu após o reencontro deles após mais de 30 anos. O paranaense Vellosa também participou do movimento musical daqui.

Em 2019, Moisés Crestani lançou o seu primeiro livro de poesias, “Para Não Morrer Comigo”. Ele, constantemente, posta poesias no Facebook, uma forma de divulgar o seu importante trabalho literário.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Professora conta histórias on-line para as crianças
Educação

Professora conta histórias on-line para as crianças

23/10/2020 14:27
Professora conta histórias on-line para as crianças
1º Fempop, em 1978, revelou talentos e deixou saudades
Cultura

1º Fempop, em 1978, revelou talentos e deixou saudades

23/10/2020 14:06
1º Fempop, em 1978, revelou talentos e deixou saudades
PELÉ
Cultura

PELÉ

23/10/2020 12:56
PELÉ
Quarenta e oito municípios assinam Termo de Cooperação Técnica com a Fundação de Cultura para a Lei Aldir Blanc
Lei Aldir Blanc

Quarenta e oito municípios assinam Termo de Cooperação Técnica com a Fundação de Cultura para a Lei Aldir Blanc

22/10/2020 12:16
Quarenta e oito municípios assinam Termo de Cooperação Técnica com a Fundação de Cultura para a Lei Aldir Blanc
Mais cinco editais da Lei Aldir Blanc são publicados no Diário Oficial
Lei Aldir Blanc

Mais cinco editais da Lei Aldir Blanc são publicados no Diário Oficial

21/10/2020 11:31
Mais cinco editais da Lei Aldir Blanc são publicados no Diário Oficial
Últimas Notícias