Dourados – MS domingo, 24 de janeiro de 2021
Dourados
32º max
22º min
Influx
Cultura

Horário do Bonito Blues & Jazz Festival é alterado em função do decreto do Estado

11 Dez 2020 - 14h18Por AsseCom
Horário do Bonito Blues & Jazz Festival é alterado em função do decreto do Estado -

Em virtude do decreto do governo do Estado DO Nº 10.347, de 11 de dezembro de 2020, que determina o toque de recolher de 22:00h até às 5:00 h nos 79 municípios do Mato Grosso do Sul da próxima segunda-feira (14) até o dia 29 de dezembro, a organização da 7ª edição do Bonito Blues & Jazz Festival alterou os horários de apresentação no evento.

A partir da próxima qinta-feira (17) as apresentações iniciarão às 17:00 h com término às 21:50 h, além de adotar o horário determinado pelo decreto estadual, esta edição seguirá o protocolo de biossegurança apresentado ao Ministério Público e ao Comitê de Enfrentamento do Covid-19 com distanciamento, fornecimento de álcool gel e máscaras faciais para aqueles que necessitarem, e todos os colaboradores estarão com EPIs. Outra determinação é que as pessoas permaneçam sentadas durante as performance das bandas.

A primeira noite do Festival, quinta-feira, (17), será aberta com música da mais alta qualidade do Murilo Martinez Trio, de Três Lagoas (MS), violonista instrumental, tocou em diversos festivais no Brasil e turnês na Europa. Com Lucas Medina na bateria e Edgar Henrique no baixo, as composições de Murilo Martinez exploram diferentes instrumentos de várias culturas do mundo e remete a um universo musical que é característico do artista: a singularidade e a força das suas raízes regionais.

Na sequência teremos o Quarteto Colato, formado pelo músico Guto Colato, violão, guitarra e bandolim, acompanhado por Alvani Calheiros no trompete, flugellhorn e scaleta, Luiz Pacheco no contrabaixo e Marcus Loyola na bateria. O quarteto traz em seu repertório clássicos de vários ritmos da música brasileira, além de releituras da música regional sul-matogrossense, com arranjos dançantes influenciados pelo Jazz e o Pop contemporâneo.

Pra fechar a primeira noite temos a atração que abriu o primeiro Bonito Blues & Jazz Festival em 2013, trata-se do multiinstrumentista Miguelito, pioneiro do rock’n roll, blues e jazz no MS, onde atua desde o iníco dos anos 60’s, que desta vez, na bateria, estará acompanhado do duo Blueasy que tem Flávio Mota no baixo e William Nogueira na guitarra, tendo Miguelito na bateria

Na segunda noite o Bonito Blues & Jazz Festival apresenta a banda A Arca, formada pelo bonitense Gabriel Noah, nos vocais e guitarra, Eduardo Gimenez na guitarra solo, Ernani de Almeida, bateria e Thayson Gimenez no contra-baixo. A Arca mostrará a força do rock’n roll com uma pegada blueseira, mostrando a jovialidade desses músicos que abrilhantam a noite campograndense por onde tocam.

Dando sequência na noite teremos a banda Capivaras Voadoras, de Dourados, fazendo um blues-rock pantaneiro, formada pelos músicos Fernando Garcia, voz e guitarra, Douglas Woncharte no baixo e João Gabriel na bateria. A banda finca suas raízes em influências clássicas do Blues, do Rock e da música regional Sul-Matogrossense, sem deixar de imprimir personalidade às suas composições, por meio de uma sonoridade contemporânea.

Encerrando a segunda noite teremos a apresentação de Rick Bergamo & Renato Mendes, já tradicionais nas noites blueseiras do MS. Renato Mendes é guitarrista, cantor e produtor que participou do primeiro Bonito Blues com a Mr. Willie Band. Rick Bergamo faz parte de uma nova geração de gaitistas do blues nacional. O repertório da dupla é bem variado, eles tocam o blues tradicional, passam pelo Soul, encontram-se com o Jump Blues e finalizam com pitadas de Rock n Roll. A dupla terá a companhia dos músicos João Carlos, no contrabaixo e Jonathan Marques Gonçalves na bateria.

Abrindo a última noite do 7º Bonito Blues & Jazz Festival teremos o bar que virou banda, a BarGanhas Band que apresentará o melhor do Blues do MS com canções do Renato Fernandes, José Boaventura grandes compositores do estado, ambos já falecidos. A formação da BarGanhas Band éRahyran Chama, no vocal, Marciano Medeiros, saxofone, Dhiego Barbosa, bateria , Leonardo Macanhão na guitarra e com Jucelino Matias, no baixo.

E pra encerrar a sétima edição do Bonito Blues & Jazz Festival teremos o músico norte-americano, Dave Bratcher, natural de South Carolina, iniciou musicalmente muito jovem tocando bateria, depois passando a tocar guitarra em grupos nos anos 60s e 70s. Trabalhou como road manager para bandas como PowerPlay, Choice e Sandcastle e acompanhou o conceituadíssimo grupo inglês Yes. Começou a compor suas próprias canções no início dos anos 2000 e seu estilo musical vai de A a Z, como blues, country e bluegrass. Em Bonito, Dave estará acompanhado de Renan Oliveira, nos teclados, Juliano Vieira na guitarra, Fabiano silva na bateria e Igor Melo no baixo.

O Festival estimula o turismo na baixa temporada, gerando empregos e incrementando a economia de Bonito conforme demonstra o Relatório Pesquisa do Observatório de Turismo do Mato Grosso do Sul, referente à 6ª edição, o evento teve um percentual de 79,57% de turistas presentes com a sua maioria (41,9%) permanecendo na cidade durante os 3 dias do festival e 33% dos entrevistados responderam que o Bonito Blues & Jazz Festival foi o motivo da viagem à Bonito.

Bonito Blues & Jazz Festival é uma promoção do Instituto Internacional Visão de Vida com apoio do Governo do Estado do Mato Grosso do Sul, através da FCMS-Fundação de Cultura do MS da FundTur-Fundação de Turismo do MS, BonitoNet, Arborismo Ybirá Pe, Clan Bier e mídia partners com Bonito FM, TVMS, Record TV e Rádio e TV Educativa e Rede aGORA.

A realização está a cargo das empresas La Paloma Eventos e Bolt Produções e conta, também, com o apoio da Prefeitura Municipal de Bonito.

Serviço:
Evento: 7º Bonito Blues & Jazz Festival
Data: 17, 18 e 19 de dezembro de 2020
Horário: das 17:00 h às 21:50 h
Local: CMU-Centro de Múltiplo Uso
Endereço: rua 24 de fevereiro, s/n – Bonito/MS
Informações: 9 9868 3373
Ingresso: R$ 30,00 por noite
Ponto de Venda: bilheteria do evento

Deixe seu Comentário

Leia Também

1ª Mostra da Literatura foi dedicada aos poetas da terra
Memórias

1ª Mostra da Literatura foi dedicada aos poetas da terra

17/01/2021 17:01
1ª Mostra da Literatura foi dedicada aos poetas da terra
Trio se une e cria “Serralheria Artística”
Cultura

Trio se une e cria “Serralheria Artística”

17/01/2021 16:04
Trio se une e cria “Serralheria Artística”
Kinho assume como unanimidade, mas artistas cobram apoio do prefeito
Cultura

Kinho assume como unanimidade, mas artistas cobram apoio do prefeito

10/01/2021 11:26
Kinho assume como unanimidade, mas artistas cobram apoio do prefeito
Saldo da Lei Aldir Blanc em MS será utilizado como cachê de apresentações culturais
Lei Aldir Blanc

Saldo da Lei Aldir Blanc em MS será utilizado como cachê de apresentações culturais

06/01/2021 14:57
Saldo da Lei Aldir Blanc em MS será utilizado como cachê de apresentações culturais
Medida provisória prorroga prazo para pagamento de auxílio ao setor cultural
Cultura

Medida provisória prorroga prazo para pagamento de auxílio ao setor cultural

02/01/2021 14:38
Medida provisória prorroga prazo para pagamento de auxílio ao setor cultural
Últimas Notícias