Dourados – MS terça, 07 de julho de 2020
Dourados
31º max
17º min
Dourados

Fórum Permanente de Cultura dialoga sobre Lei Aldir Blanc em Dourados

25 Jun 2020 - 16h20Por Valéria Araújo
Fórum Permanente de Cultura dialoga sobre Lei Aldir Blanc em Dourados -

O Fórum Permanente de Cultura de Dourados reúne artistas de Dourados no próximo dia 27 em encontro virtual para abordar a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. O evento será transmitido às 15h pelo Youtube e Facebook da entidade.  

Nas redes sociais, o Fórum pediu a participação de produtores e gestores culturais, espaços artístico-culturais, ateliês, academias de dança, escolas de música, pesquisadores da cultura, casas de reza, economia solidária, centros tradicionais de cultura, sanfoneiros, violeiros, circenses e todos os outros tipos de agentes culturais.

O bate-papo vai contar com a participação das seguintes personalidades: Ursula Vidal: Jornalista, Secretária de Cultura do Pará e Presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura. Markinhos Mattos: Arista da dança, integrante dos Fóruns de Campo Grande e de Mato Grosso do Sul e coordenador do Colegiado setorial de dança de Campo Grande. Danino Rosset: Ator, diretor, gestor cultural e educador social. Membro do Fórum permanente de Cultura de Dourados e do conselho municipal de políticas culturais. Thiago Rotta: Ator, produtor, diretor e roteirista. Secretário executivo do Fórum Permanente de Cultura de Dourados e Presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais.

O texto

A proposta tem como objetivo principal garantir renda emergencial a trabalhadores informais da cultura, no valor de R$ 600 reais mensais, enquanto perdurar a pandemia. Para ter direito ao auxílio, é preciso comprovar que não se tem emprego formal, não faça parte de programas de transferência de renda do governo e que tenha renda mensal menor que meio salário mínimo (R$ 522) por membro da família.

Além disso, a lei pretende subsidiar a manutenção de espaços artísticos, pequenas empresas culturais e organizações comunitárias, manter editais, chamadas públicas, prêmios e aquisição de bens vinculados ao setor.

O repasse aos municípios e estados deverá ser feito em até 15 dias após a aprovação da lei, conforme o projeto. Após o recebimento, municípios e estados terão 60 dias para fazerem chegar o dinheiro aos trabalhadores.

Segundo os autores, o setor cultural movimenta mais de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, além de empregar mais de 5% da mão de obra nacional – o que equivale a cerca de 5 milhões de pessoas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Leonardo Villar, ator de Pagador de Promessas, morre aos 96 anos
luto

Leonardo Villar, ator de Pagador de Promessas, morre aos 96 anos

04/07/2020 08:10
Leonardo Villar, ator de Pagador de Promessas, morre aos 96 anos
Povo terena da Terra Indígena Taunay-Ipegue conquista asfalto após 40 anos de luta
Índigenas

Povo terena da Terra Indígena Taunay-Ipegue conquista asfalto após 40 anos de luta

02/07/2020 17:18
Povo terena da Terra Indígena Taunay-Ipegue conquista asfalto após 40 anos de luta
Operação conjunta de saúde realiza testagem em comunidades Yanomami
Covid-19

Operação conjunta de saúde realiza testagem em comunidades Yanomami

02/07/2020 16:28
Operação conjunta de saúde realiza testagem em comunidades Yanomami
Povo Puyanawa está vencendo guerra contra Covid-19 com remédios da floresta
Covid-19

Povo Puyanawa está vencendo guerra contra Covid-19 com remédios da floresta

02/07/2020 13:04
Povo Puyanawa está vencendo guerra contra Covid-19 com remédios da floresta
Covid-19: pesquisa revela perda nos setores cultural e criativo
CULTURA

Covid-19: pesquisa revela perda nos setores cultural e criativo

30/06/2020 07:29
Covid-19: pesquisa revela perda nos setores cultural e criativo
Últimas Notícias