Dourados – MS segunda, 19 de abril de 2021
Dourados
32º max
18º min
Influx - Campanha 2021
Informe C

Os protestos se espalham no MS

11 Mar 2016 - 09h56
Os protestos se  espalham no MS -
O protesto contra o governo Dilma e a corrupção marcado para domingo já tem oito cidades confirmadas: Campo Grande (16h - Praça do Rádio); Aquidauana ( 9h – Praça dos Estudantes); Corumbá (8h30 – cruzamento das Ruas América e Ladário): Dourados (15h30 – Praça Antônio João); Maracaju (15h – antiga estação ferroviária); Mundo Novo (15h – Avenida Juscelino Kubtischeck); Ponta Porã (16h –Avenida Brasil/Câmara Municipal); e Três Lagoas (15h - Praça Ramez Tebet).


##### Garantia


O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) disse que pediu ao Ministério da Justiça proteção às manifestações no dia 13 de março. "É inadmissível que um evento marcado há 90 dias sofra agora ameaças porque a operação Lava Jato chegou até o ex-presidente Lula. Vimos o presidente do PT e líderes do partido por meio de pronunciamentos e das redes sociais incitando a militância a um enfrentamento com movimento que tem todo o direito de manifestar sua insatisfação com o triste momento que o país vive."

##### Esmagadora


A ultima enquete do jornal eletrônico Douradosagora, citou que governo Dilma quer reativar mais um imposto, a Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF), o chamado "imposto do cheque". E 89,3% dos leitores se manifestaram contra a medida; a favor, 8,7%; não entendo isso respondeu 1%; e tem dúvidas, 0,33%.   

##### Na mira


O Conselho de Ética do Senado vai discutir e votar na próxima semana o relatório do senador Telmário Mota (PDT-RR), relator do processo contra o senador Delcídio do Amaral (PT) que deu parecer pela sua cassação por quebra de decoro parlamentar. Se for aprovado, o conselho abrirá em definitivo o processo contra o senador. Telmário citou que a defesa alegou que, "naquela conversa, o senador estava tendo uma conversa particular, familiar. O senador é senador no banheiro, no futebol, no plenário. Ele é senador a todo momento. Então, não tem conversa particular".


##### A terra é redonda


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) declinou convite da companheira Dilma Rousseff (PT) para virar ministro e ter foto privilegiado em caso de julgamento. Mas, fica a frase indelével de Lula em 1988: "No Brasil é assim: pobre quando rouba, vai para a cadeia. Quando um rico rouba vira ministro". A se ele soubesse como o mundo gira...

##### Turrão


Três avenidas de grande movimento em Campo Grande necessitam de recapeamento urgente. O governo do Estado pretende auxiliar a prefeitura na recuperação das avenidas Bandeirantes, Euler de Azevedo (saída para Rochedo) e Cônsul Assaf Trad (saída para Cuiabá). Mas ao que parece, não existe interesse da administração municipal nessa ajuda, noticiou o Correio do Estado. Tanto que todas as reuniões marcadas pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), interessado em resolver o problema, com o prefeito Alcides Bernal (PP) foram desmarcadas. Esse Bernal prá burro só falta pena...

##### Vai mexer


O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) deve ser obrigado a mexer com o seu 1º escalão. Ocorre que o secretário de Justiça e Segurança Pública, Silvio Maluf é promotor de Justiça e a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucional a nomeação de membros do Ministério Público em cargos do Executivo. A ação era referente ao caso envolvendo o ministro da Justiça, Wellington César Lima, procurador de Justiça na Bahia. Ele foi nomeado pelo governo valendo-se da mesma brecha usada por Azambuja para colocar Maluf na Sejusp. Existe um dispositivo legal que permite aos servidores do MP a exercerem cargos no governo desde que compatíveis com a finalidade.


### BATE REBATE


O negro de 38 anos que escalou o mastro e queimou um pedaço da bandeira nacional na Praça dos Três Poderes, em Brasília, foi encaminhado ontem para a Papuda. O ato foi "para chamar a atenção para as questões raciais no Brasil".

No Rio de Janeiro, manifestantes do PCdoB também queimaram a bandeira do Brasil em apoio ao Lula. Nos dois casos, os responsáveis cometeram crime.

O deputado João Grandão (PT) não conseguiu emplacar projeto que previa aulas de capoeira na grade escolar das escolas estaduais. Reinaldo Azambuja vetou a proposta, alegando que isso seria atribuição do governo.

Zé Teixeira (DEM) disse que já esperava veto a projeto apresentado por ele sobre isenção de Fundersul e ICMS para fazendas invadidas. "Sei que o projeto é inconstitucional, o que fiz foi uma provocação, inclusive sugeri que o depósito do imposto fosse em juízo, pois quando atinge a arrecadação do Estado o poder público toma providências", disse ele.


### INFORME CURURU


Uma sociedade de carneiros só pode acabar gerando um governo de lobos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Atualizado regulamento para produção de orgânicos no Brasil
SANIDADE VEGETAL

Atualizado regulamento para produção de orgânicos no Brasil

24/03/2021 12:00
Atualizado regulamento para produção de orgânicos no Brasil
Últimas Notícias