Dourados – MS sábado, 15 de agosto de 2020
Dourados
27º max
19º min
Segurança e Saúde JBS
Informe C

Lama começou a espirrar mais

11 Mai 2016 - 06h00
Lama começou a espirrar mais -
Apesar de ser madrugador, o ex-governador André Puccinelli (PMDB) acordou com a Polícia Federal na porta do seu apartamento no 22º andar do edifício Champs Elisées com um mandado de busca e apreensão. Foi um desdobramento da Operação Lama Asfáltica, na segunda fase, que investiga corrupção no seu governo. Os contratos sob investigação envolvem mais de R$ 2 bilhões. O empreiteiro João Amorim, da Proteco e o ex-secretário estadual de Obras, Edson Girotto, o ex-secretário-adjunto de Fazenda, André Luiz Cance, entre outros foram "visitados" pelos federais. A Operação Fazenda de Lama faz referência a procedimentos usados pelos investigados na compra de fazendas em Rio Negro com recursos públicos desviados de contratos de obras públicas, fraudes em licitações e recebimento de propinas, ou seja, crime de lavagem de dinheiro. A PF fechou a Secretaria de Infraestrutura do Estado, atrás de documentos. A ação policial contou com 201 policiais federais, 25 da Controladoria Geral da União e 44 da Receita Federal. Outros alvos da operação foram em Curitiba e Maringá (PR) e Presidente Prudente e Tanabi (SP).



##### Engrossou


O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), disse que protocolou pedido de cassação de mandato do vereador Roberto Durães (PSC) por quebra de decoro parlamentar, por conta de declaração de Durães, que durante discurso em sessão na Câmara fez declarações pejorativas contra a sua mãe.  Depois das declarações, Durães se desculpou e pediu que a fala fosse retirada da ata da sessão. O presidente da Câmara, João Rocha (PSDB) informou que para efeitos legais, com essa retirada é como se o ato não tivesse ocorrido. Por isso, o prefeito pediu também a cassação de Rocha.

##### À distancia


Na manhã de segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, inauguraram oficialmente, lá de Brasília, 41 campi de institutos federais, entre eles os de Dourados e de Jardim, do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).  No evento, a presidente também assinou projeto que cria mais cinco universidades federais – Rondonópolis (MT), Catalão (GO), Jataí (GO), Delta do Parnaíba (PI) e Norte de Tocantins (TO).

##### Sina


Foi por água abaixo, literalmente, os reparos nas ruas de terra de Dourados com as intensas chuvas dos últimos dias. Até ontem cedo tinha chovido na cidade 65 milímetros; a media histórica para maio é de 105,7 de acordo com a Embrapa Agropecuária Oeste. Os serviços de patrolamento e cascalhamento dos bairros sem asfalto se acabaram com tanta água, obrigando os moradores a enfrentar a lama e atoleiros. E a situação não é diferente nas estradas da zona rural.

##### Intempérie


A falta de chuvas resultou na redução da produtividade das safras de soja e milho, apontou o 8º levantamento da safra 2015/2016, divulgado ontem pela Conab. Com isso, a estimativa para a produção brasileira passou a ser de 202,4 milhões de toneladas, queda de 2,5% ou 5,3 milhões de toneladas em relação à safra passada. A queda deve-se principalmente ao milho safrinha, fortemente afetado pela seca em abril. A expectativa é de uma produção de 52,9 milhões de toneladas, 3,1% a menos.


##### Esperança


É grande expectativa da classe policial de Dourados quanto as ações do secretário de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa. Um dos pontos é o funcionamento do Instituto Medico legal (IML) um belíssimo ‘elefante branco’, pronto, mas que não funciona por causa de detalhes. É inconcebível que uma cidade do porte de Dourados não tem o IML, como se aqui não morresse tanta gente.


### BATE REBATE


Até esta sexta-feira, todos os Estados já terão recebido 100% das doses da vacina (54 milhões) para imunizar as 49,8 milhões de pessoas que fazem parte do público-alvo da campanha contra gripe, assegurou o Ministério da Saúde. 

O frio chegou também ao escaldante Mato Grosso. Na Chapada dos Guimarães, vizinha de Cuiabá, as temperaturas mínimas previstas para os próximos dias  são de 6 e 7 graus.

Médicos do estratégico Hospital Regional, em Campo Grande, não aceitaram proposta de reajuste salarial do Estado e decidiram manter a greve. A proposta era de R$ 100 no valor da hora do plantão. A categoria pede R$ 15 e reposição inflacionária de 17% no salário base.

A Receita Federal iniciou no dia 4 de maio, a Operação Muro Alto para combater o contrabando na fronteira de Mato Grosso do Sul. As ações vão durar dois meses.


### INFORME CURURU


Como diria o deputado Maranhão, decidi que não vou mais naquela reunião que foi desmarcada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

“Festival Mba’e Porã” em prol dos Guarani e Kaiowá começa nesta sexta-feira (7)
Cultura solidária

“Festival Mba’e Porã” em prol dos Guarani e Kaiowá começa nesta sexta-feira (7)

07/08/2020 09:15
“Festival Mba’e Porã” em prol dos Guarani e Kaiowá começa nesta sexta-feira (7)
Últimas Notícias